História Minha Pequena Rosada (Reescrevendo) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruhina, Sasusaku
Visualizações 901
Palavras 1.887
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Beijo ou Beijinho


O clima ali naquela sala não estava muito legal, Sakura percebeu que estava sendo disputada por dois homens ou dizendo melhor sendo disputada pelo seu Ex e seus Chefe, isso estava muito confuso,  confuso até demais, e para completar Daisuke apoiava o pai que absurdo era aquilo? onde já se viu um filho incentivando o pai a brigar com outra pessoa.

-Deixa eu ver se entendi, você está afim de mim ? –Perguntou a rosada mais vermelha que uma pimenta-.

-Sim.–Respondeu o moreno, ele estava tão tranqüilo que nem parecia que havia acabado de espancar um certo ruivo que estava ali olhando a cena com fogo nos olhos-.

-Se você pensa que vai ficar com a Sakura está enganado.–Disse Sasori-.

-Sasuke depois a gente conversa sobre esse assunto. –Disse a rosada olhando para o moreno e depois passou a olhar para Sasori que a encarava – Sasori vê se entende nosso relacionamento não tem mais volta, eu não quero mais nada com você, eu não te amo, somente lhe vejo como amigo .

-Sakura, Eu.–Disse Sasori que foi interrompido -.

-Por favor para de me seguir se não vou chamar a polícia. –Disse a Rosada- Já disse que a gente não vai voltar então vê se coloca isso na sua cabeça, agora se puder me fazer o favor saia da minha casa.

-Tudo bem então. –Disse o Ruivo encarando o moreno que via a cena com um pequeno sorriso nos lábios- Mas isso não vai ficar assim, ainda vou ter você de volta.

-Nem precisa tentar pois você não vai conseguir. –Disse a rosada- Você sabe o caminho, então pode sair.

-Ok, Só lhe desejo um feliz aniversário. –Disse o Ruivo passando por ela e saindo da casa mas antes ele olhou para Sasuke como se fosse o matar, ao sair o Ruivo bateu a porta com tanta força que poderia jurar que a porta havia quebrado-.

-Me Desculpe pelo Sasori, ele é meio louco por minha causa. –Disse a rosada um pouco sem graça- Você aceita um café Sasuke ? Ou talvez um chá ?

-Eu aceito um suco. –Disse o moreno- É se tiver também quero torta de tomate, daquela que Daisuke levou para mim a alguns dias atrás .

-Você deu sorte pois fiz torta ontem.–Disse a rosada sem graça- É você Daisuke quer alguma coisa ?

-Quero torta de tomate e suco também. –Disse o pequeno dando um grande sorriso-.

-Tudo bem,vou lá buscar. –Disse a rosada saindo da sala indo para a cozinha-.

-Viu Papai agora a mamãe e nossa. –Disse o pequeno com um enorme sorriso-.

-Sim filho, agora ela é nossa –Respondeu o moreno- Agora só basta eu a conquistar, só espero que não seja difícil como parece ser.

-Fica tranqüilo papai, eu conquistei a mamãe bem fácil, você também vai conquistar.–Disse o pequeno – Quando o senhor conseguir promete que vai se casar com a mamãe ?

-Prometo sim. –Respondeu o moreno ajeitando o cabelo do seu filho-.

-É depois vocês vão me dar um monte de irmãozinhos? –Perguntou o pequeno -.

-Filho é melhor você não pensar nisso agora, mas caso tudo der certo com certeza vamos lhe dar um irmãozinho.–Respondeu o moreno mais velho-

-Aqui está a torta.–Disse a rosada chegando na sala com uma vasilha cheia de torta de tomate, e junto tinha dois copos com suco de laranja – Espero que gostem .

-Mamãe, o Papai disse que se ele conseguir conquistar a senhora vocês vão me dar um irmãozinho. –Disse o pequeno Daisuke na maior inocência indo até a mesinha onde Sakura tinha colocado a bandeja com as coisas e pegou um pedaço de torta-.

-Um irmãozinho ? –Perguntou a rosada olhando para Daisuke e depois para Sasuke, o moreno mais velho sorria abertamente não estava com vergonha de nada que seu filho havia falado, já a rosada estava com tanta vergonha que sentia que seu rosto estava queimando – Sasuke explique ao Daisuke que isso é impossível .

-Desculpe Sakura, mas isso não é impossível caso você se apaixone por mim, aí a gente vai ficar juntos para sempre. –Disse o moreno rindo- Depois vamos dar um irmão para o Daisuke.

-Nem parece que você acabou de terminar seu casamento.–Disse a rosada toda vermelha olhando para o moreno mais velho –Vou ir pentear meu cabelo e beber um copo com água.

-Pode ir vamos te espera aqui, não é mesmo filho ? –Perguntou Sasuke olhando para Daisuke que comia sua torta -.

-Vamos esperar você mamãe, daí depois vamos conversar sobre meu irmãozinho que você e o papai vão me dar. –Disse Daisuke com a boca toda cheia-.

Sakura não disse nada só saiu dali e foi para seu quarto, não estava acreditando no que estava acontecendo, sabia que tinha seu próprio charme pois não e todos os dias que se encontra uma mulher com o cabelo rosa e com um corpo invejado por algumas pessoas, Talvez Sasuke só a desejasse na cama com certeza era isso.

-------

Sakura demorou 25 minutos lá no seu quarto, penteou seu cabelo e ficou pensando a palavra ‘’Fica’’ não saia da sua cabeça o pior era que estava escutando aquela palavra sendo pronunciada pela voz de Sasuke em sua própria mente,  tinha certeza que hoje seu aniversário havia sido um verdadeiro desastre pois tinha levado vários ovos na cabeça junto com farinha, fora que Sasori foi até a sua casa e brigou com o seu chefe por causa dela, e para completar Sasuke disse que queria ficar com ela e que ambos iam dar um irmãozinho para Daisuke.

A rosada saiu de seu quarto e foi para a sala onde Sasuke e Daisuke ainda se encontravam,  estava nervosa até demais com aquilo tudo, ainda mais por causa do seu chefe super gostoso que estava afim dela, ela  foi se aproximando e se sentou no outro sofá da sala.

-Mamãe eu posso ir ao banheiro? Quero fazer xixi. –Disse o pequeno-.

-Claro, eu vou com você para ajudar. –Disse a rosada se levantando de novo-.

-Não precisa mamãe,já sou um homem e sei fazer xixi sozinho.–Disse o pequeno saindo correndo dali a mil, deixando Sasuke e Sakura sozinhos, a rosada começou a suar pois estava com medo do que iria acontecer, talvez agora seria a sua morte-.

-Acho que vou pegar mais suco. –Disse a rosada passando a caminhar mas foi puxada por alguém que ela já imaginava -.

-Não fuja de mim. – Disse o moreno- Quero conversar com você.

-Sobre o que ? –Perguntou a rosada se fazendo de boba-.

-Senta aqui,eu não mordo –Disse o Moreno  a puxando para se sentar no sofá- Mas se você quiser eu mordo.

-Sobre o que você quer conversar comigo ? –Perguntou a rosada super nervosa,  estava com vergonha pois quem estava ali era seu Chefe, aquele lindo de olhos ônix ,e cabelos pretos, esse homem sim era um Deus grego -.

-Quero esclarecer algumas coisas. –Disse o moreno olhando para ela-.

-Pode dizer então. –Disse a rosada-.

-Eu estou apaixonado por você. –Disse o mesmo e a rosada ficou com vontade de sair correndo dali – Sinto que você me completa, pode ser até inacreditável mas me sinto atraído por você a muito tempo desde que te conheci .

-Só tem duas semanas que nos conhecemos, eu acho neh. –Disse Sakura com uma gota no alto da cabeça-.

-Não somente duas semanas. –Disse o moreno- Me interessei por você quando o Daisuke me contou que tinha uma moça de cabelos rosa que o tratava bem, depois disso só o via sorrir e sempre estava feliz, eu me senti como se estivesse criando um laço com você mesmo que não a conhecesse, mas isso mudou quando lhe vi pessoalmente .

-O Deus.–Disse a rosada- Sasuke, acho que está cedo demais para você dizer que está apaixonado por mim,  foi ontem mesmo que você terminou com a Kaori.

-Talvez você tenha razão, mas como se diz não mandamos no coração. –Disse o moreno a olhando- E sempre que estou ao seu lado meu coração acelera, isso é amor.

-Talvez você esteja com problema no coração, o senhor deve ir no hospital. –Disse a rosada tentando mudar de assunto- Estudo medicina e sei que aceleração no coração e normal, mas se for demais você tem problema .

-Então esse meu problema no coração se chama Sakura Haruno. –Disse Sasuke dando um grande sorriso- Sakura, eu tenho certeza que gosto de você.

-Também gosto de você Sasuke, você é um ótimo chefe. –Disse a rosada-.

-Gosto de você como mulher. –Disse Sasuke se aproximando da rosada que nem notou pois estava concentrada demais inventando uma desculpa-.

-Acho que esta tarde. –Disse a rosada-.

-Ainda está cedo. –Respondeu o moreno-.

Do nada a rosada foi surpreendida pois o moreno a agarrou pela cintura e a puxou para perto dele fazendo com que os lábios de ambos se juntassem, a rosada ficou em choque nem sabia o que fazer então foi  Sasuke que tomou a iniciativa do beijo.


Sasuke começou a fazer movimentos com a língua dentro da boca dela enquanto a rosada só o seguiu fazendo o mesmo, Sakura estava no outro mundo pois se estivesse nesse com certeza tinha empurrado o moreno, Sasuke era o que estava tendo vantagem naquilo tudo pois estava apaixonado pela rosada, descobriu seus sentimentos a pouco tempo só estava os escondendo .

-MAMÃE.–Gritou Daisuke, e a rosada empurrou o moreno-.

-O que foi, aconteceu alguma coisa ? –Perguntou a rosada se levantando do sofá e indo em direção ao filho que estava no alto da escada com grande sorriso-.

-Quero um beijinho também.–Disse Daisuke virando o rosto para que a rosada desse um beijo no rosto dele, Sakura foi até ele se abaixou um pouco e depositou um beijo na bochecha do pequeno que estava todo animado-.

-Estou tão feliz.–Disse o pequeno-.

-É mesmo? porque dessa felicidade toda? –Perguntou a rosada um pouco sem graça-.

-Porque amanhã vou poder contar para os meus coleguinhas que meu pai e minha mamãe deram beijinho que nem os pais deles. –Disse Daisuke dando pulinhos de alegria, ele deixou a mãe ali no alto da escada e foi até seu pai que estava sentado no sofá – Papai você deu um Beijo ou um Beijinho na mamãe ?

-Eu dei um beijão filho.–Disse Sasuke rindo , Daisuke também riu pois achou engraçado o jeito que seu pai tinha falado- Mamãe porque você está vermelha ?

-Acho que estou com um pouco de febre. –Disse a rosada dando um pequeno sorriso- Mas não se preocupe daqui a pouco passa.

-Você quer que o Papai te de outro beijão? Com beijo tudo pode melhorar? –Perguntou o pequeno na maior inocência -.

-Não se preocupe já estou ótima. –Disse Sakura que estava extremamente corada, tinha acabado de se lembrar que alguns minutos atrás ela e seu chefe haviam se beijado, só de lembrar ficava sem graça pois o beijo havia sido muito bom, o gosto da boca dele era de torta mas também depois de comer torta de tomate , a boca dele também tinha um gosto diferente de menta que era muito bom mesmo. – Tira isso da cabeça Sakura.

Disse em um sussurro para que ninguém ali escutasse, ela olhou para Sasuke e o mesmo a encarava todo sorridente,  havia ficado encantada pois não era de ver o moreno sorrindo mas quando ele sorria podia se dizer que aquele era o ‘’Sorriso ‘’ de tão bonito que era, com certeza o moreno já seduziu muitos com aquele sorriso safado.

-Sakura quero que coloque aquela presente que lhe dei.–Disse o moreno fazendo com que a rosada saísse de seus sonhos pensamentos-.
-----------



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...