História Minha Pequena, Sad - Amor Doce - Garota Suicida - Castiel - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Debrah, Dimitry, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Visualizações 53
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Amigos -


Fanfic / Fanfiction Minha Pequena, Sad - Amor Doce - Garota Suicida - Castiel - Capítulo 5 - Amigos -

"A mente guarda o que o coração quer esquecer"

Depois de ter ouvido atenciosamente tudo o que Lyana preferia falar a deixei dormi em meu quarto, sua febre já abaixava com um certo tempo, mas minha insônia não, tudo o que Lyana falará mais tarde me deixou confuso e sem chão, queria ter um motivo para odia-la e não toca-la como faço toda vez que a vejo, queria dessa vez ajudá-la e não fazer a mesma se sentir sozinha...-o celular tocou-

*A balada ainda está aberta, vai vim?-Logo abaixo- Estamos a sua espera-O Lysandre mandava uma foto com ambos Rosa e Armim

Dei uma olhada para Lyana. Respirei e sair na moto. Queria respirar e pensar...

***

-Demorou irmão-Lysandre veio até me 

-A noite tá só começando!-Comentei

-Isso mesmo-Rosa me puxava para o bar-Vai querer o que?

-Só uma cerveja!-Falei

-Ok! Uma cerveja e duas bebidas de morango cremoso bem forte-Ela falou

-Ok ok!-Armim chegava puxando Rosa-Vem cá sua loka!..-Sairam para conversar

-Temos duas gatinhas amarradas em você...-Lysandre comentou

-Quem são?-Perguntei

-Então ali!-Ele apontou com um copo a mão, Ambre e Lia- Acho que não vai se arrepender que não vai se arrepender!-Ele falou

-Tenho certeza!-Falei pegando o tal do morango cremoso que a Rosa havia pedido e provei- Hmm...bem forte mesmo-Falei para o garçom que nós servia e ele riu- Nada mal!-Falei por fim indo até às meninas

-Oi gatinho-A Ambre se jogou encima de mim-Quer dançar?

-Vamos-Falei. A mesma me puxou. Lysandre me olhava bebendo da cerveja logo Nina havia chegado perto dele é estavam só na conversa e então ela o puxou para uma dançar se Rosa ver essa cena vai mata-lo. Lysandre me olhou corado e espatado, "vai" susurrei e rir.

Depois de muito dançar Lysandre havia sumido e Ambre me puxava para um outro lugar longe de todos

-Tá bom Castiel!-Ela falou me dando um beijo e foi logo tirando minha camiseta...-Só falta você

-É mesmo?-Falei dessa vez aguarrando ela com mais força. Ambre e eu nunca haviamos trocado palavras mais olhares sim, a loira já havia dado para o Kenti, Alex, quase para o Lysandre...

-Vem logo!-Ela ordenou já sem  a parte de baixo subindo na pia

-Você é uma vadiazinha esperta!-Peguei a camisinha e pus, fiz o que a loira pedio sem dó, ouvindo a mesma gemer de surpresa, continuei indo e voltando dando entocadas fundas e fortes. A Loira por sua vez procurava algo para se apoiar enquanto gemia auto

***

Depois de gozar, sair de dentro dela, dei um nó na camisinha e sair junto a ela

-Preciso voutra para casa-Ela falou indo embora

A balada ainda estava bem movimentada, Rosa e Lysandre conversavam no bar andei até eles

-Cadê o Armim?-Perguntei

-Já foi!-Rosa falou

-É Lyana-Lysandre falou

-Ficou em casa-Falei

-Quem é essa?!-Rosa perguntou cuirosa

-É uma garota aí que ele tem que cuidar...

-Eu quero conhece-la-Rosa falou

-Obrigado Lynsadre!-Falei sarcástico

-De nada-Ele riu

- E tá bom da gente ir também!-Rosa falou e continuou-Onde vocês estavam?

-Aqui-Falei dando uma olhada para o Lysandre e saindo junto com eles

***

Voltei e me joguei na cama pegando no sono

-Ei acorda!-Chamei Lyana

-Hmm..-Ela acordava, olhou em volta- Por que eu dormi aqui?-Ela perguntou-Você dormia aqui? Na mesma cama que eu?

-Tinha outro jeito

-Hã...

-Já estamos atrasados!-Falei me levantando 

Lyana, agora havia acordado e como sempre tomou seu banho e se arrumou eu como sempre fui fazer o mesmo

-Bom dia -falou ela sentada a mesa comendo um pedaço de bolo

-Bom-Fui pro quarto pegar a bolsa e me arrumar voltando a cozinha- A noite não foi tão boa para mim-Falei me sentando junto a ela sentindo minha cabeça doer-Gosta de Rock?

-Meu pai não me deixa ouvir ele acha que é pra gente doida-Disse ela meio que sem graça-Mais gosto

-Por que?

-Por que sim ue-Falou sarcástica e como sempre estava com calsa e blusa de manga-Estamos atrasados?

-Um pouco, vamos?!-Peguntei ouvindo um "sim" Dragon ficava dentro como sempre. No caminho até a escola fui bem normal minha mão nos meus bolsos na frente e ela me seguindo

-Escuta- Me surgiu uma dúvida-Seu pai... Ele te priva de mais alguma coisa?

-De falar

-Por que?!

-Machista...-Ela falou com tanta depressão- ele acha que toda mulher deve ficar na cozinha-Sua voz suava fofa e triste

-É ruim-Falei ainda tentando deixa-la bem mas tinha a certeza que não

-Também de sair...-Falou ela

-Hã?! Sério?-Meio que isso me chamou atenção-Ele deve está querendo te proteger-Me pergunta agora o por que de ela está comigo?

-Talvez não...-Ela ficou cabisbaixa discordando do que eu disse-Ele é muito ciumento

-Como assim?-Peguntei querendo saber mais

-Ele meio que não me deixava estudar em escolas, sempre um professor particular, não me deixava mexer em celulares ou computadores

-Meu Deus-Eu rir-Isso já é de mais!-falei cassoando

-Obrigada- sentir que ela ficou desapontada e adentrou a escola indo pra sala fiz o mesmo...

Na hora do lanche não há vi em lugar nenhum com sempre Lysandre não veio hoje então me sentir sozinho e fui na sala de Lyana mais ela não estava lá, fui no refeitório mais não há vi também, fui pra quadra da escola mais também nada voltei pra escola

-Onde se meteu essa menina!?-Vi Ambre é suas escravas saírem do banheiro... Ambre

-Oi Castiel!-Ambre veio pra cima de mim

-Oi Ambre-A afastei-Tudo bom?

-Sim, melhor agora! E você?!

-Não!-Sair voltando pra sala de Lyana ouvindo Ambre resmungar

-Aquela garota ainda me paga!-Eu rir com o comentário dela logo o sinal tocou e tivemos que voltar as salas

Na hora da saída como sempre Lyana estava a me esperar

-É aí?-Perguntei

-Oi-Ela falou cabisbaixa, começamos a andar

-Tudo bem?-Falei

-Sim-Ela ficou calada depois durante a aula não me lembrei do que ela havia me dito naquela manhã mais agora...

-Me desculpa- falei. Não conseguir entender-la ela era meiga, fofa e divertida e mesmo assim seu pai a privava ou a priva de sair, de falar, de ouvir o que ela quer... Vi ela balançar a cabeça em afirmação de que me desculparia

-Ele odeia garotos

-É então por está aqui?!-Finalmente perguntei

-Minha mãe o convenceu

-Serio?

-Diz ele que tem medo de me perde

-Normal, pai e pai

-Só jeito dele não-Ela descordou

-Essa roupas-Ela olhou-Ele também não deixa você usar qualquer uma?

-Não...

-Legal! Quer dizer que você não tem vida-Concluir minha dúvida-Você não pode falar o que quer, não ouve o que quer, não veste o que quer, não tem os amigos que quer, não saí pra onde quere,não tem celular...

- Resumindo. Sou uma marionete

-Tch! Sério?! Você é um robô?

-Parece?

-Super-Por isso ela vive no quarto, não fala nada, não come, não tem amigos...-Então, aqui vai ser diferente

-Jura!-Vi ela animada

-Juro... Eu acho-Falei com medo de não conseguir cumprir...

Chegando em casa ela foi tomar um banho depois eu...

-Vamos sair?!-Falei

-Eu não vou atrapalhar?

-Não!-A puxei saindo de casa com o Dragon-Vamos ver o Lysandre

-Lysandre? Quem é?!-Ela perguntou

-Cê vai ver!-Andamos até chegar lá-Oi

-É aí irmão!-ele me comprimentou- Finalmente Castiel-Ele olhou pra Lyana que estava atrás de mim-Oi Lyana!-Ele falou com ela

-O-oi...-Ela saiu de trás-Tudo bom?

-Claro, e com você?

-Tô bem-O Lysandre deu espaço pra entramos

-Por que faltou hoje?!

-Por que fiquei um pouco doente?

-Ok! Vamos ensaiar?!

-Não-Ele olhou para Lyana que estava curiosa com a casa e o jeito as descrições-Esse rapaz aqui demorou muito pra nós apresentarmos

-Não foi ele!-Ela meio que tentou não jogar a culpa pra mim

-Ok ok

-Hey Leigh!-Ouvir a Rosa

-Rosa está aqui?

-Sim, por que?!

-Ferrou-Quando disse isso

-Oi Castiel!-Rosa veio me abraçar. Ficou paralisada com o que via em sua frente-Finalmente trouxe a garota!-Ela abraçou Lyana que ficou assustada-Tudo bom fofa?

 -Acho que sim-Ela respondeu com as bochechas rosadas

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...