História Minha Perdição - Taekook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Kooktae, Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 27
Palavras 991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fic, espero que gostem❤❤

Capítulo 1 - Cap. 1 - Novidades


Fanfic / Fanfiction Minha Perdição - Taekook - Capítulo 1 - Cap. 1 - Novidades

    9 de julho, 6:30

Meu despertador do celular toca como normalmente fazia, me levanto da cama um pouco sonolento, pego a toalha e vou para o banheiro, me despi ao lado da banheira, logo entrando na mesma e sentindo a água gelada em meu corpo, tomo um banho meio demorado, saiu e vou direto para meu quarto, visto uma calça moletom e uma camisa de manga cumprida qualquer, apesar de ter tomado banho gelado, hoje estava um pouco mais friu que o normal.

Quando estava prestes a descer a escada, escuto uma discussão vinda do quarto de meu pais, me aproximei um pouco para saber do que se tratava

- NÃO SEI PORQUE VOCÊ NÃO ACEITOU A IDEIA DE ABORTAR, AGORA O MENINO TA AI, PRATICAMENTE SEM RUMO, NÃO FAZ NADA DA VIDA! - gritava meu pai grosseiramente com minha mãe

- ELE TAMBÉM É SEU FILHO, SAIU DE VOCÊ, ENTÃO NÃO FALE ISSO DELE! - devolvel minha mãe no mesmo tom

Suspirei e desci as escadas passando pela porta e finalmente saindo daquela casa que mais se parecia com o inferno, meus pais brigam por minha causa todos os dias, coloco meus fones de ouvido e aumento o volume deixando no máximo, e saio caminhando tentando esquecer dos meus problemas por um minuto.

Quebra de tempo

Cheguei na escola e fui para sala, percebi que ainda era meio cedo, então decidi ficar só usando o celular até o professor chegar na sala.

Eu como ser humano preguiçoso que sou, estava recostado na cadeira olhando pra cima e pensando

_se meus pais me odeiam tanto, eu devo ser realmente inútil, e todas as outras coisas que eles me xingam em casa todos os dias de manhã, não posso fazer nada por eles, eu não pedi para nascer, eles que fizeram coisas inapropriadas e me ganharam como castigo na vida deles, o melhor/pior castigo, um filho inútil que não faz nada a não ser ficar trancado num quarto, ótimo castigo pra se ganhar_

Sou tirado de meus pensamentos com o professor estalando os dedos na frente de meu rosto, pauso a música e tiro os fones

Desculpe professor, me perdi nos meus pensamentos, não vi o senhor entrando - dei um sorriso mais falso que minha vida e o mesmo suspirou decepcionado

- O diretor está lhe chamando Taehyung, ele quer falar com você

Okay professor

Me lavanto com preguiça e vou até a sala do diretor, dou três batidas de leve e escuto um murmúrio falando "entre", entrei e me sentei em sua frente

Mandou chamar diretor?

- sim, você vai mudar de sala Kim Taehyung, vai sair do terceiro ano do andar de baixo e vai para o primeiro andar, lá tem poucas pessoas e sorteei alguns poucos nomes para mudar de sala e igualar a quantidade de alunos - disse mexendo em uns papéis em sua mesa, provavelmente com os nomes dos alunos que mudariam de sala

Sim senhor, mas eu tenho uma dúvida

- pode perguntar Kim

Eu vou para lá hoje ainda ou começo a estudar lá amanhã?

- acho melhor você terminar suas aulas hoje lá, mas amanhã você passa para a outra sala, entendido?

Sim diretor, até mais

Sai de sua sala e fui para a aula, me sentei em meu lugar e fiquei lá até terminar esse maldito dia de volta às aulas depois do recesso junino.

9 de julho, 13:00

Quem foi que chegou em casa e foi logo se jogar na cama pra não ouvir as discussões dos pais?

Exatamente, Kim Taehyung

Ficar jogado na cama era uma das coisas que eu mais gostava de fazer, e era o que eu mais fazia o dia todo enquanto escutava música no celular, me fazia esquecer da vidinha chata e inútil que eu odeio tanto.

Minha cabeça doeu de tantos pensamentos que rodavam dentro dela, abaixo o volume da música só pra não piorar a dor de cabeça que estava sentindo, fecho os olhos e me concentro em pensar só nas músicas que tocavam, começou a tocar Hug Me, que eu sabia a letra toda, comecei a cantar junto com a música, até que escuto batidas fortes na porta, reviro os olhos e pauso a música, levanto da cama e vou abrir a porta, me deparando com a figura da minha mãe puta da vida.

Achou algum xingamento novo e veio me xingar foi?

A mesma me olhou furiosa e começou berrar comigo - HAHAHA, MUITO ENGRAÇADO SUA BESTA INÚTIL, você vai ficar sozinho em casa por duas semanas a partir de amanhã, basta continuar sendo esse inútil, desgraçado, - e lá vamos nós, revirei os olhos - preguiçoso, sem vergonha, resto de aborto, via...

Já acabou? - cortei sua fala, afinal, ninguém suporta escutar alguém com voz irritante lhe xingando dos pés a cabeça - se não, não posso fazer nada, agora tchau, eu prefiro ouvir músicas ao invés de escutar sua voz - entrei novamente para meu quarto e bati a porta em sua cara, me jogando na novamente na cama e despausando a música.

9 de julho, 20:45

Acordei depois de um cochilo de algumas horas e escutei minha barriga roncar, pausei a música, - pela terceira ou é quarta vez hoje - desci, peguei uma caixinha de nescau e um pacote de bolacha, subi e fiquei vendo anime enquanto comia

Quebra de tempo

Já eram 01:35 da manhã quando meu celular deu sinal de bateria fraca, suspirei e fui colocar no carregador, enquanto procurava o bendito carregador lembrei que iria mudar de sala amanhã, fiquei cogitando a ideia de que provavelmente teria alguém pra eu ter amizade lá, mas lembrei que merdas como eu fazem um amigo a cada mil anos, e eu não vivo mil anos, achei o carregador coloquei na tomada e conectei no celular logo me deitando e indo dormir

Espero que tenha algo de bom na sala que eu vou... - sussurrei pra mim mesmo antes de pegar no sono


Notas Finais


Obrigado por lerem, já estou escrevendo o próximo cap, não se decepcionem cmg nem com a fic❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...