1. Spirit Fanfics >
  2. Minha princesa do Taekwondo - Imagine Yuta (NCT 127) >
  3. Capítulo 19 - "Vocês vão me ajudar, né?!"

História Minha princesa do Taekwondo - Imagine Yuta (NCT 127) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Tive um imprevisto, por isso demorei a postar, espero que entendam gente!

Espero que gostem! ♡

Amo vocês!♡

Capítulo 19 - Capítulo 19 - "Vocês vão me ajudar, né?!"


Fanfic / Fanfiction Minha princesa do Taekwondo - Imagine Yuta (NCT 127) - Capítulo 19 - Capítulo 19 - "Vocês vão me ajudar, né?!"

Capítulo 19 - " Vocês vão me ajudar, não é?"

_

Depois de passar raiva com aquela víbora, decidi mandar uma mensagem para minhas amigas para podermos conversar, ou melhor, fofocar sobre os outros, porém, a mensagem nem chegava. Então elas obviamente devem ter saído juntas, ou não. Suspiro andando pelo corredor olhando para o chão pensando em algumas coisas que andam acontecendo comigo. A cada dia que passava, mas apaixonada pelo Yuta eu ficava. Ele a cada dia ficava mas bonito e mais fofo, ele era perfeito. Começo a sorrir ao me lembrar dele na minha janela mais cedo, até me esbarrar com força em alguém.

- Aí. - massageio meu ombro com uma careta no rosto. - Desculpa, estava distraída. - olho para cima vendo Johnny sorrindo para mim. Arregalo meus olhos. 

Johnny: - Sem problemas, fazia tempo que não nos víamos. - sorri de leve. - Como você está?

Isso que era chato. Ele começava a falar e não parava nunca mais. Se Yuta me visse aqui com ele, iria inventar um monte de baboseiras em sua mente perversa. 

- Estou bem, eu acho. - falo simples. - Nunca mais te vi por aqui, achei que tinha saído da faculdade. 

Ele passa a mão em seu cabelo olhando em volta.

Johnny: - Eu tenho ficado mais em meu quarto enquanto o Treinador Choi não me chama para conversar sobre o que vai ser de mim na equipe. - morde o lábio. 

- Entendi. - falo rápido. - Bom, eu tenho que ir, me desculpa mais uma vez por ter esbarrado em você. - sorrio fraco me despedindo pronta para ir embora. 

Johnny: - Não tem problema, é assim que a gente sempre se encontra mesmo. - Olha para baixo sorrindo. - Até um dia. - acena.

- Até! - sorrio indo para o lado de fora da faculdade olhando o movimento das pessoas por lá.

Johnny era bonito, gente boa, mas eu não gostava muito de ficar com ele. Eu sabia de longe que gostava de mim, Yuta sempre estava certo em relação a ele. Espero que ele encontre a garota certa para ele.

Vejo Chaeryoung tirando diversas fotos perto das árvores, sorrio e me aproximo dela. 

- Oi, está muito ocupada? - olho para ela sorrindo. 

Chaeryoung: - Claro que não, na verdade, já terminei. - guarda o celular e me olha. - Mas o que faz aqui? 

- Bem, minhas amigas saíram, e eu tô procurando alguém pra me fazer companhia. - falo sem jeito.

Chaeryoung: - Você encontrou a pessoa certa pra isso, sou ótima com assuntos! Venha. - ela me puxa para um banco vazio e me faz sentar na mesma me olhando sorrindo. - Como vai ser relacionamento com o Yuta? 

Chaeryoung era linda, divertida, engraçada e gente boa também. Apesar de eu não ter muito contato com ela, só nesses últimos dias, ela já se tornou uma pessoa especial para mim. Com esse jeitinho ela encanta muita gente.

- Bem, a gente ainda tá ficando...- olho para o lado. - Sabe, a nossa relação está boa assim, não sei se estou pronta para outro passo. - olho para ela. - Eu nunca fui boa com meninos, é a minha primeira relação séria com algum garoto, um garoto que me ama de verdade. - sorrio sem graça.

Chaeryoung: - Aigoo! Vocês são muito fofos juntos! Não vejo a hora de vocês começarem a namorar de uma vez. Eu vou shippar tanto! - fala empolgada. - Imagina o estrondo que vai ser vocês dois juntos? Eu já vejo tudo. - ri.

- Meu Deus! Você cria muitas expectativas para uma coisa que nós duas nem sabemos se vai acontecer ou não. - sorrio. 

Chaeryoung: - Claro que vai, já tô até vendo você esfregar seu namoro com o Yuta na cara das invejosas. Principalmente Irene. - ri. - Essa eu quero ver de camarote. 

Começo a rir diante das palavras de Chaeryoung, ela é mesmo muito gente fina. Olho para frente ainda rindo e vejo Yuta conversando com uma garota todo animadindo. Meu sorriso desaparece e a raiva cresce dentro de mim. O que diabos ele está fazendo com essa garota para estarem rindo tanto assim? Cerro meus punhos.

Chaeryoung: - Então amiga, é melhor você se acalmar. - passa a mão no meu braço. - Talvez eles não estejam falando nada demais. - sorri fraco. 

- Duvido que não seja nada demais. Olha o jeito que eles estão se olhando!  Aí que raiva. - desvio o olhar deles olhando para o chão. - Ela é bem mais bonita que eu, olha o corpo que ela tem. Aish! - meus olhos se enchem de lágrimas.

Chaeryoung: - Ei, calma, vai que é uma parente, uma irmã, prima sei lá. Não tire conclusões precipitadas Jeon. - passa a mão nas minhas costas tentando me acalmar. - Relaxa, eu mesmo sei o quanto ele gosta de você e que não te trocaria por nenhum rabo de saia. - sorri.

- Sério? - levanto minha cabeça olhando para ela.

Chaeryoung: - Sim, o Yuta te ama. - passa a mão no meu rosto. - Você sabe bem disso. - sorri de leve. 

Encaro ela. O que ela falou fax um pouco de sentido. O Yuta me ama, e eu sei bem disso, mas isso não vai fazer com que eu não o mate quando o encontrar sozinho. 

- Obrigada Chaer. Você é incrível. - sorrio para ela. 

Chaeryoung: - Não foi nada. 

Olho para frente novamente e não vejo mais Yuta e nem aquela garota. Será que eles estão ainda juntos? O que eles devem estar fazendo? Afasto esses pensamentos da minha mente suspirando pesadamente tentando pensar em outras coisas.

_

 - Mas eu tenho que ser muito romântico? Jantar a luz de velas? Decorar um textinho bem fofo? - olho para a garota cujo nome era Wendy que estava meio que me ajudando a como fazer o pedido de namoro para a Jeon.

Wendy: - Olha, tem que ser algo do coração, sabe? Escolha um lugar que tenha só vocês, não precisa ser um jantar a luz de velas, pode ser apenas uma janta super fofa no terraço de um prédio. Isso seria tão fofo! Com certeza ela iria gostar. - sorri para mim.

 - É a primeira vez que eu me apaixono de verdade por uma garota, isso é meio estranho, mas eu tenho certeza de que vou me sair bem. 

Wendy: - Se tiver alguns problemas, consulte os cupidos da faculdade, eles com certeza vão te ajudar também. - fala.

- Cupidos? - olho para ela sem entender. - Que cupidos? - arqueio a sobrancelha.

Wendy: - Ue, o Jaemin e a Chaeryoung. Eles estão ajudando os casais por aí na faculdade. - fala simples. 

Olho para ela nem surpreso. Quem diria que Chaeryoung e Jaemin iriam se dar tão bem assim a ponto de ajudar os casais na faculdade. Sorrio.

- Oh sim, vou pedir ajuda deles também. Muito obrigado Wendy, você já me ajudou bastante. - bato de leve no ombro dela e ela sai me deixando sozinho.

Bem, acho que agora vou falar com os cupidos da faculdade. Pego meu celular e mando uma mensagem para o Jaemin. 

"Já que virou cupido, poderia me ajudar num pedido de namoro para a Jeon. Você e sua amiguinha Chaer."

_

Como esse Yuta é mala. Reviro os olhos vendo a mensagem que havia me mandado. Idiota. Já que ele precisa da minha ajuda e da Chaer também, preciso chamar ela. Disco o número de telefone da mesma e espero ela atender. 

Fala.

Yuta precisa da nossa ajuda.

Yuta...? O que ele quer?

Ele quer pedir a Jeon em namoro. 

EU SABIA! AAAAAAAAAAAAAAAAAA!

NÃO GRITA NO CELULAR CHAERYOUNG! EU VOU ACABAR FICANDO SURDO COM ESSES SEUS ATAQUES!

Tá bom, parei.

Nos encontramos daqui meia hora no parque. 

Pode ser. Até lá, Nana.

Não me chame a...

Ela desliga o celular na minha cara. Ela era bem mais difícil do que eu imaginava. Mando uma mensagem para Yuta falando para nos encontrar no parque daqui meia hora. Só de saber que até ele vai namorar também e eu ainda não, já fico indignado.

_

Haechan: - Você come muito né?! - me olha meio assustado. - Não vai morrer não, né?! 

- Relaxa, eu preciso de proteína mesmo. - coloco mais uma pedaço grande de bolo na minha boca.

Haechan: - Só de saber que você se alimenta assim, tão bem, eu já fico feliz. - sorri pra mim. - Te amo.

- Também te amo Dongsookie. - me aproximo do rosto do mesmo e lhe dou um selinho rápido. - fofo. - aperto sua bochecha voltando a comer. 

Haechan: - Está gostando do passeio? - me olha. 

- Amando. - sorrio.

Só de saber que eu estava namorando com o Haechan, meu coração se enche de alegria. Ele me amava de verdade e estava disposto a fazer de tudo para me fazer ainda mais feliz. 

Pego meu celular e vejo uma uma mensagem de Jeon. Me culpo por não ter visto antes, e o pior é que eu nem tinha avisado a ela que iria sair. 

- Temos que voltar, minha amiga precisa de mim. - me levanto. 

Haechan: - Claro. - se levanta rapidamente do chão me ajudando a escolher as coisas do chão. 

_

Quando cheguei já vi Jaemin e a amiguinha dele sentandos me olhando. Me aproximo deles e me sento.

 Então...tem que ser maravilhoso gente. - falo simples.

Jaemin: - A gente tá ligado que tem que ser maravilhoso, por isso a gente tem umas ideias. - olha para mim. 

Chaeryoung: - Sim, se você quer impressionar, tem que fazer o que a gente mandar. Entendeu? - avança o seu rosto para cima de mim.

-  Calma, entendi. - reviro os olhos. - Vocês vão me ajudar, não  é? 

Jaemin, Chaeryoung: - Sim, vamos,  então...-

Eles começaram a falar as ideias deles para mim, era uma mais melhor que a outra, eram inegáveis! Maravilhosas! Eu iria arrasar nesse pedido.

Quando chego na faculdade novamente, dou de cara com Jeon na porta do meu quarto me olhando mortalmente. Dou um sorriso fraco para ela.

- Minha vida, meu amor, minha princesa do Taekwondo, o que faz aqui? - olho para ela sorrindo falsamente. 

_______: - Quem era aquela garota de mais cedo? - fala com os dentes cerrados. 

Meu coração parecia que iria parar a qualquer momento. Hoje era meu fim, adeus pedido de namoro. 

- Jeon, era só uma amiga que precisava de ajuda. - abro a porta do meu quarto e a coloco dentro nele, ali teríamos um pouco mais de privacidade.

_______: - Ajuda? Parecia bem mais que uma simples ajuda! Vocês estavam rindo, parecia um assunto bem mais íntimo do que uma simples ajuda. - bate com força no meu ombro. - Fala logo!

- Falar o que meu bem? Falar que eu estava falando pra ela meu amor por você? - olho para ela com um biquinho nos lábios. - Acredite se quiser, mas eu estava falando de você para ela, ela é uma amiga minha e ela namora Jeon. - suspiro. 

_______: - N-namora? -me olha.

- Sim meu bem, ela namora. - sorrio. - Você com ciúmes é a coisa mais fofa desse mundo. - abraço ela fortemente.

_______: - Aí Yuta, me solta. - Se debate. - Meu ombro está doendo! Aí! 

Quando ela fala aquilo, eu rapidamente me separo dela a olhando. Ela caiu? 

- Você se machucou? - olho para ela preocupado. 

_______: - Não exatamente, eu esbarrei numa pessoa e acabei me machucando. - passa a mão em seu ombro. - Ainda dói um pouco. - faz bico.

- Oh meu bem, vem cá. - puxo ela para um abraço carinhoso passando a mão em seu cabelo desalinhado. - Desculpa se fiz doer ainda mais. 

_______: - Tudo bem, só de estar assim com você, já me sinto bem. 

Sorrio ao ouvir essas palavras. Me separo dela e a encaro. 

- Quem é a princesa mais forte e foda desse mundo que eu amo demais? Quem é? Quem? - *gif*

_______: - Sou eu. - fala envergonhada abaixando a cabeça.

- Sim, é você. - levanto sua cabeça lentamente a olhando, me aproximo de seus lábios e lhe dou um beijo calmo. - Eu te amo, nunca se esqueça disso. - olho para ela sussurrando.

_______: - Não vou me esquecer. - sorri levemente. - Também te amo, não se esqueça também. - bate de leve em meu peitoral. 

_

Taeyong me beijava calorosamente, me prendendo contra a parede passando a mão em meu corpo enquanto eu puxava seu cabelo. Depois de conversamos, decidimos ir para a casa dele, conhecer os pais dele, mas não havia ninguém, ainda. Então acabamos nos empolgando um pouco. 

Taeyong: - Putz Ryujin, assim você fode comigo! - me olha de uma forma maliciosa. - Você vai me deixar te tocar? Te sentir? Uh? - deposita selares em meu pescoço. 

- S-sim, Tae, eu vou. - tombo minha cabeça para o lado fechando meus olhos. 




Notas Finais


Até mais🌷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...