História Minha Professora ( Kim Taehyung) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Bangtanboys, Bts, Drama, Hoseok, Hot, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Romance, Tae, Taehyung, Yoongi
Visualizações 160
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Capítulo IV


Fanfic / Fanfiction Minha Professora ( Kim Taehyung) - Capítulo 4 - Capítulo IV

      Kim Taehyung P.O.V 

A imagem da minha professora com aquele mini shortinho e aquela blusa coladinha estava me deixando atordoado. Rolava e rolava na cama tentando tirar aquela imagem tentadora da minha mente, mas não adiantava. A situação lá em baixo estava crítica.😈 Meu amiguinho clamava por atenção e o único jeito de acabar com a ereção era eu mesmo me aliviar. E assim fiz. Abaixei a calça moletom, como já estava sem cueca facilitou mais o trabalho. Começo a me tocar pesando naquela delícia. AAH Min Yuna...Eu preciso de você, eu necessito de você. Sentir as veias do meus membro engrossarem, estou prestes a gozar. Mais uma vez gozo pensando na minha querida professora. Depois do duro trabalho que tive resolvo dormir.

...

12:30 AM 

Acordo na primeira tilintada do despertador. Me levanto da minha bendita cama e vou para o banheiro. Faço todas as higienes nescessário. Tiro minha peça de roupa e entro debaixo do chuveiro. Depois de um banho geladinho, enxugo-me e vou até meu closet. Optei em pôr uma camisa social azul e uma calça jeans preta. Fiz as o que restava e seguir caminho até a faculdade.

... 

13:02

Estaciono o carro em frente a faculdade. Desço e vou direto para sala. Acho que cheguei cedo demais pois não chegou quase ninguém ainda. Ao chegar na sala já tenho uma bela visão para começar minha  tarde. Min Yuna agachada com sua bundinha empinada perto do armário de livros, parecia estar procurando algo. Entro na sala e ela logo notou minha presença alí.

- Boa tarde senhorita Yuna. 

Coloco minhas pastas na bancada.

Yuna - Boa Tarde Taehyung.

Ela se levanta e puxa sua saia que estava um pouco levantada.

Yuna - Chegou cedo hoje.

- É, né? 

Sorrio para ela que retribui com o mesmo. Ela se vira e vai até sua mesa.

- E...nosso café ainda está de pé? 

Yuna - Está sim. Já marcou o dia?

- Tá livre hoje a noite?

Yuna - Tou sim.

- E então porque não jantamos ao invés do café.

Yuna - Ta bom. Tá combinado, hoje a noite. 

- Te pego as 19:30.

Yuna - Okay.

Alguns alunos começaram a chegar. Yuna foi para sua bancada e eu fui para a minha. Eu estou na fase Internato do curso de medicina. O internato é quando nós alunos colocamos em prática nossos conhecimentos. 

Durante o internato nós  passamos a maior parte do tempo em hospitais, fazendo plantões e escalas em todas as especialidades médicas. No meu caso eu não passo muito tempo em hospitais. Somente 2 dias, as sextas e os sábados.


18:49

Já estava em casa. Vou até o banheiro, me barbeio e tomo meu banho. Após terminar o banho, vou até o closet pego várias peças de roupas, coloco cada uma em cima da cama. Observo todos para escolher somente uma. Optei em pôr uma camisa  de mangas  curtas de cor branca e um blazer azul escuro por cima. Na parte de baixo usei uma calça jeans preta com alguns rasgos. Penteio os cabelos deixando um topete. Passo uma colônia japonesa e pronto.

... 

19:22

Já estava em frente a casa da Yuna. Respirei fundo, dei uma checada em mim pelo vidro espelhado do carro e toquei a campainha.

Não demorou muito para ela abrir a porta. Ao vê-la acabo deixando sair um sorrisinho bobo.

Ela estava perfeitamente linda naquele vestidinho vermelho escuro que não ficava tão juntos em seu corpo. 

Yuna - Olá Taehyung.

- O-Olá Yuna. Vo-Você está linda!

 Yuna - Obrigado. Você também está muito bonito!

- O-Obrigado. * Sorriso* Vamos ?

Yuna - Vamos.

Saímos da casa dela em cima direto para o carro. Abro a porta para mostrar que sou "cavalheiro" ( S Q N ). Dou a volta e entro também.

...

Já em frente ao restaurante, descemos do carro e entramos. Nos sentamos em uma mesa perto a uma janela. Fiz o pedido e para acompanhar a comida pedi também uma garrafa de soju. Enquanto não chegava os pedidos nós dois ficamos conversando.

- Como vai os plantões?

Que merda de pergunta é essa Kim Taehyung?

Yuna - Normal. Esses últimos dias foram muito puxados. 

Esqueci de mencionar que a Yuna e eu trabalhamos no mesmo hospital, mas em dias e horários diferentes.

...

A comida chega e ela e eu começamos a comer. Yuna bebeu praticamente toda a garrafa de soju. Percebi também que ela é um pouco fraca para bebidas.

Yuna - Kim vamos beber mais?

- Você passou do limite. Já está bêbada.

Yuna -  mais uma vai...

 Ela faz biquinho. Não conseguir resistir aquela fofura. Pedi mais uma garrafa de soju e assim ela bebeu.

Yuna -  Vamos embora.

- Já ? Pensei que quisesse ficar mais um pouco. Vamos então.

Quando ela se levanta me aproximo caso ela caia. Envolvo meus braços em sua cintura e a levo até o carro. Yuna praticamente se jogou no banco do carro e seu vestido acabou levando um pouco assim dando a visão de sua calcinha. 

Taehyung

Taehyung

Respira fundo...

Se Controla cara, ela está bêbada. 

Dou a volta e entro no carro também.

Yuna - Kim

- Hum ?

Yuna - Se eu fizesse uma coisa você ficaria bravo comigo?

- Nunca! Jamais!

Por essa eu não esperava. A mulher me agarrou pelo blazer e atacou meus lábios. Eu estava em choque, mas lógico que eu não negaria um beijo da minha Deusa.

Yuna - TaeTae eu estou com fome.

- Mas você acabou de comer agorinha.

Yuna - Mais é fome de outra coisa... :¶

- Ata entendi. Não pera aí...OW...

Sem pensar duas vezes puxo a garota pro meu colo num piscar de olhos. Apertava sua cintura, fiz uma leve pressão da sua intimidade em meu membro grosso e rígido. Estava prestes a transar dentro do carro, mas me dei conta do que eu estava prestes a fazer.

Ela estava bêbada. 

Eu queria transar com ela. Queria muito, mas com ela em sã consciência. Parei o beijo e com muita tristeza no coração falei :

- Yuna não devemos.

Yuna - Por que não?

- Você está bêbada. 

Yuna - Isso não interfere em nada. Com um pouquinho de bebida a brincadeira fica mais legal. Vai...por favor?

- Não. Não podemos. Eu queria muito, mas acredito que se eu fizesse isso você nem iria lembrar.

Yuna -  Seu mal.

- Eu não sou mal! 

Riu

Yuna - É sim.

- Não fica assim Yun

Ela vira o rosto para a janela.

...

Ao chegar olho para o lado e vejo que a Yun estava em um sono profundo. Pego as chaves de sua casa. Primeiro abro a porta e depois volto para o carro para pegá-la. Pego-a no colo e a levo.

Meu Deus que mulher pesada. Quase que não consigo subir as escadas com ela. Como um corpo de boneca desses pode pesar tanto? Procuro o quarto, ao achar entro e a coloco deitada na cama. Vi que seu vestido parecia estar desconfortável então me opus a tirar. Tirei seu vestido delicadamente para não acorda-la.

QUE VISÃO...

Calma Tae. Calma.

Não acho suas roupas de dormi. Para não deixar lá naquele está, só de calcinha e sutiã, tirei a camisa branca que estava e vesti nela. Joguei o edredom em seu corpo e  sair da sua casa e fui embora para a minha, mas antes disso deixei um bilhete explicando o básico, sobre o acontecido. Não sei se vou contar sobre o beijo.

    AH O BEIJO. MEU PRIMEIRO BEIJO COM MIN YUNA<3











Notas Finais


Espero que gostem bebês ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...