1. Spirit Fanfics >
  2. Minha salvação >
  3. Meus dias no poço

História Minha salvação - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Oi oi ,voltei depois de muito tempo espero que ainda acompanhem essa fic

Queria me desculpar por abandonar a história mas eu tive que enfrentar alguns problemas e com isso não consegui pensar em escrever

Mas agora eu voltei, só não prometo postar todos os dias

É isso

Espero que gostem do cap bjs ❤

Capítulo 26 - Meus dias no poço


Sofia

Acordei por volta das 10horas eu fiquei tão exausta com o que aconteceu ontem que nem ouvi o despertador,me espreguiçei e mesmo um pouco dolorida resolvi levantar,as lembranças da noite passada me vieram a mente me fazendo lembrar que foi a última vez que eu vi a emilly e senti ela perto de mim , fui pegar meu celular na cômoda do lado da cama e vi um bilhete, sem prestar muita atenção naquele pedaço de papel eu fui pro banheiro lavar o rosto,Enquanto eu lavava o rosto fiquei curiosa com o bilhete afinal meus pais não tinham mania de fazer isso e a emy também não, foi aí que eu pensei que ela foi embora sem nem se despedir me deixando pensar que tudo aquilo foi só um sonho meu, mas aquele bilhete só podia ser dela .

Sai do banheiro e peguei o bilhete,me sentei na cama mas quando fui ler não tive coragem,não  tive coragem pra ler a despedida escrita ou a desculpa esfarrapada que tinha nesse bilhete então apenas abri minha gaveta e joguei lá, trancando com todo o resto que já me fez mal algum dia. Depois de um tempo deitada processando toda a informação que meu cérebro negava e todo o sentimento que meu coração sentia decidi levantar, e mesmo não querendo forcei meu corpo a viver a realidade em que se encontrava .

Fui pra cozinha pegar alguma coisa pra comer,abri a geladeira e mesmo tendo tudo ali nada me atraia o suficiente pra me dar fome então peguei só uma garrafa de água e fui pra sala assistir. Passei a tarde toda no sofá assistindo e quando me cansei de assistir fiz a pior escolha da minha vida ouvir música, e claramente quando eu coloquei na minha playlist da bad no spotify cada música me fazia lembra que eu tinha levado um pé na bunda e dos piores, me lembrava de tudo que eu passei do lado dela,só pra piorar minha mente fez questão de lembra só dos piores momentos e isso me trouxe certa raiva /mágoa dela mesmo não querendo sentir nada disso eu vi certo  fundamento nesses sentimentos,tinha lógica afinal eu sofri muito estando nesse relacionamento e se não acreditam é só analisar teve de tudo tempo,quase morte,traição,tempos difíceis e o pior deles o término.
.....

Já era noite quando minha mãe chegou,depois da minha seção fossa eu decidi fazer alguma coisa pra me distrair então eu limpei a casa,organizei um pouco as coisas e fiz a janta a tristeza me tornou uma ótima dona de casa . Tentei jantar com a minha mãe mas a comida simplesmente não decia e isso fazia tudo que eu tava tentando disfarçar ficar mais aparente fazendo minha mãe virar o Sherlock e começar uma investigação mesmo já sabendo todas as respostas

- Sofia não vai comer meu anjo? (Eu até queria mas...)

- Não tô com muita fome mãe,tô meio sem apetite hoje

- Você sabe que não pode ficar "sem apetite" pra sempre né,uma hora você vai ter que comer

- Eu sei mãe só não tô com fome agora,não se preocupa mais tarde eu como alguma coisa (dei meu melhor sorriso forçado)

- Você vai ficar bem ? (Pelo jeito não passei credibilidade )

- Vou sim mãe, só acordei indisposta hoje amanhã já vou tá melhor ( levantei pra colocar os pratos na pia pra lavar)

- Vou lavar aqui e já vou deitar tá bom

- Não precisa filha deixa aí,vai descansar que pra quem acordou indisposta você já fez até demais (Ela olhou em volta conferindo minha limpeza )

- É acho que eu tô enferrujada nisso de fingir (falei rindo meio que de desespero enquanto tentava segurar o choro )

- Olha filha tudo bem estar mal agora você acabou de perder alguém que você ama muito, não se sinta culpada por sentir qualquer sentimento ruim (nesse momento olhei pra ela e comecei a chorar, minha mãe se aproximou me abraçando)

- Eu sei mãe,mas doi  tanto parece que meu peito vai explodir (abracei ela apertado sentindo minhas lágrimas molhando seu ombro )

- Eu sei meu anjo,mas um dia a dor vai embora e só vai ficar as lembranças boas de vocês, infelizmente você precisa viver o momento ruim pro bom chegar


Tudo que minha mãe falou era verdade, eu precisava viver aquela dor se não ela nunca iria embora ,depois dessa epifania banhada a lágrimas eu fui tomar um banho quente pra relaxar e depois do banho eu deitei, tentei dormir mesmo com a dor sufocante no meu peito e a saudade de senti-la perto de mim velando meu sono , passei a noite acordada pensando na emilly e no maldito bilhete que eu não consegui ler . Dessa vez eu não acordei dolorida nem levantei,hoje vou me forçar a ficar o dia inteiro na cama é a única certeza que eu tinha sobre o dia inteiro,no meio dessa merda toda decidi escrever colocar no papel tudo que eu não podia falar então eu escrevi

"Você está dispersada em cada parte da minha mente ,do meu corpo 

E em cada lugar que eu olho 

E em cada música que eu ouço 

Todas me trazem uma parte de você 

Não há nada mais ao meu redor que não te tenha 

Você é tudo "


Eu queria muito resumir toda loucura que foi namorar com ela,mas não existiam palavras no mundo suficientes pra isso,eu me sentia tão completa e as vezes tão vazia , era como uma montanha russa com seus altos e baixos mas era amor, um amor que eu nunca vou sentir denovo porque foi o primeiro, pra mim O amor nunca mais vai ser tão puro quanto esse foi,nunca vai ter uma pessoa que eu ame mais do que amei ela ,nunca vai existir um relacionamento tão louco e tão gostoso quanto o nosso . Eu sei que agora eu posso estar magoada porque ela partiu sem um bom motivo e isso foi quase como desistir da única coisa boa que ela sentiria na vida, foi como desistir de me amar ...

E mesmo com tudo desabando na minha cabeça eu sei que vou continuar amando ela por um tempo, e isso infelizmente vai ir se apagando com o mesmo tempo, e mesmo eu não querendo aceitar no final de tudo só vai restar mágoas e sentimentos incompreendidos dentro de nós duas . E com esse pensamento eu segui meu dia deitada mais uma vez no sofá,assistindo um desenho que me lembrava ela e escutando músicas que me faziam odia-la , e assim eu levei minha semana .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...