História Minha Secretária - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovanna Antonelli
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Tags Romance
Visualizações 113
Palavras 1.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiíi meus amores , como tão? Desculpa pela demora , mais voltei . ( tá meio corrido por isso não tô postando todo dia ).
Bjss morecos boa leitura

A não podendo esquecer uma pessoa que me ajudo a escrever o capitulo se não fosse ela nem sei . Vlw Cris ( Gio1976)

Capítulo 20 - A gente tem química


   P.O.V NERO

É complicado depois de seis anos eu ainda a amo e por cima amo ela muito. Tanta coisa aconteceu nesse tempo, a gente tomo rumos diferentes em nossas vidas e isso é louco . Mais eu tenho uma certeza é que ainda a amo muito como nunca amei ninguém na minha vida . A Giovanna parece um oceano , ela é tão transparente mais também é profunda . Ela é minha calmaria . Ela é meu amor.

Fomos pro restaurante que a Giovanna sugeriu , sentamos em mesa de frente pro mar e é claro que fiquei do lado dela .


Passando algum tempo que estávamos ali percebi uns olhares de um homem pra Giovanna e ela respondia na mesma intensidade .

N: Da pra para com isso . - coloquei minha mão da perna dela e apertei.

G: Parar com o que. - finalmente ela me olha.



N: Giovanna , Giovanna não se faça de desentendida aquele homem não para de olhar pra você, e você tá retribuindo. - ela deu um sorisso de canto.

G: Aí Nero, não me faça rir , o que tem se eu tiver olhando pra ele , tu não tem nada a ver com isso meu querido .- ela me lançou uma piscada e volto a olhar o homem.


P.O.V GIOVANNA

Aí meu Deus o Nero mesmo disse que não teria motivo pra ter ciúmes de mim , mais tá aí se mordendo por causa daquele homem que não para de me olhar . Ela tem cabelos loiros , olhos azul , magro , alto . Que homem.

A: Gente é impressão minha ou aquele gostosão não para de olhar a Deusa.- Amora diz e todos direciona o olhar pra mim .

G: Ue gente coisa mais normal do mundo, deixa ele olha não vai arrancar pedaço, a não seja que ele quera .- nesse instante todos começam a rir menos Alexandre.

A: E você sua safada ia gostar né!

G: Achar ruim eu não ia né. - sinto que Nero aperta minha coxa com uma certa força agora sim vou provocar. Chamei o garçom pedi um papel e uma caneta anotei meu número e mandei ele entregar ao moço loiro . - Agora só esperar .

Não demorou muito e o dono do par de olhos azuis estava ao meu lado .

X: Muito prazer Ricardo .- me estendeu a mão.

G: Prazer Giovanna.

R: E ai gente como vão? - todos comprimentarao Ricardo até mesmo Alexandre que tava com uma cara de poucos amigos .

R: E ai garotão. - Ricardo se baixa e fala com Pietro.

P: Oi . - Pietro foi gentil

N: Já comemos né, vamos nessa .- Nero se levanta da mesa .

A/GIANE/C/O: Vamos . - se levantaram .

G: Gente vocês vão indo na frente tá, eu vou voltar pra casa , preciso pegar um negócio que esqueci . - por fim me levarei. - Gente vocês leva o Pietro.

A: Sim levamos . Vamos meu amorzinho .- Amora pega Pietro .

G: Tchau Ricardo foi um prazer te conhecer. - dei dois beijos um em cada quando do rosto .-

Me despedi e segui pra casa , chegando lá subi direto pro quarto procurar meus óculos e minha carteira . Até que vejo a Alexandre abrindo a porta.



G:Ei o que pensa que ta fazen.... - ele cala minha boca com um beijo ardente , colocando sua língua em cada parte da minha boca , foi parando dando selinhos e por final deu uma mordida em meus lábios .- me solta Nero - o tentei empurrar , mas ele me agarrou mais forte me prensando contra a parede .

N:Giovanna , não gostei nenhum pouco de ver você dando mole pra aquele Ricardo ele te comia com os olhos - ele passa o nariz pelo meu pescoço me fazendo arfar com o ato .

G: Me poupe ne cara você não tem que me cobrar Na...da aiii - gemi quando ele mordeu o lóbulo da minha orelha e foi chupando-a . - Agora me solta logo vai- foi em vão pedir pra ele me soltar , ele me beija novamente vai puxando meu vestido pra cima . - Pa...ra.. aii Nero.

N:Não vou para eu sei que você quer - ele tira meu vestido me deixando apenas de biquíni. -Ah como você é gostosa hein.- Ele vai subindo a mão pela minha cintura dando leves apertões ,até chegar no laço do meu biquíni o desamarrando e deixando meus seios a mostra -Eles são lindos , eu amo chupar eles -Abocanha um de meus seios .

G:Aiii, eu já fa...falei pra parar ANNNHHH. -ele desce uma mão até o laço do biquíni da parte de baixo , puxando e agora me deixando nua por completo.- Para vai -ele enfia dois dedos na minha intimidade sem aviso me fazendo soltar um grito com o ato . - ALEX...ANDRE me solta eu não to Brin...Brincando , sai ANNNnHHWWW - dei um gemido quando ele enfia mais os dedos em mim , e me prensando ainda mais contra a parede .

N:Ah Giovanna você é uma delícia, preciso te sentir agora -sem mais delongas ele me vira pra parede. Tiro o shorts e a sunga e me penetrou firme e forte me fazendo gemer com o ato .

G: Annnnwwwh pa....para eu não quer.... - ele começou a se movimentar dentro de mim, com movimentos rápidos me fazendo ir a loucura .

N: Eu ahhnn não vou parar aii eu sei que você quê, não negue é feio mentir. - aumenta os movimentos e meteu com mais força fazendo suas bolas baterem na minha bunda .

G: Eu annww não que...ro me sol...ta. - eu falava sem convicção a verdade é que estava maravilhoso.

N: Aii Giovanna você é tão apertadinha ahh isso me deixa louco .- sem sair de mim, ele me conduz até a cama e me joga ficando por cima , dando entocadas mais violentas .

G: Aii Nero assim annnwwh vai con..tinua . - ele sorri quando me viu ceder por inteira .- Aii - gemi quando ele desfere um tapa na minha bunda que certamente iria ficar marcado . Ele entocava freneticamente .

N: Aii Gio , annhw eu não vou aguentar por muito tempo .- dando mais algumas bombadas ele explodi num orgasmo ainda dentro de mim , e não demorou muito e eu tambem gozei .

G: Que isso hein?

N: Isso é Química a gente tem química. - ele deixa nossas respirações voltar ao normal e sai de dentro de mim provocando um gemido em ambos .

N: Eu quero isso pro resto da vida .- ele me da um beijo.

G: Resolve sua situação primeiro , vê o que você vai fazer a respeito da sua namorada depois a gente conversa. - me levantei.

N: Eu vou resolver . Ei onde você vai .

G:Banho eu vou pro banho .- ele se levanta e me agarra .- Olha senhor incansável eu não aguento outra então nem vem que não tem

N: Kkk , vamos logo toma banho  .

P.O.V NARRADOR 

E ali estava os dois, depois de seis anos, muito coisas mudaram mais o amor de ambos continuava vivo . Eles eram como imãs, não queria se desgrudar , eles apenas queria estar juntos e se amarem 


Notas Finais


E ai o que acharam?
Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...