1. Spirit Fanfics >
  2. Minha secretária >
  3. Capítulo 3 - O reencontro

História Minha secretária - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 3 - O reencontro


Fanfic / Fanfiction Minha secretária - Capítulo 3 - Capítulo 3 - O reencontro

POV Merlin


Depois que eu conheci aquele ruivo não paro de pensar nele. Ele me deu seu número, então ligo sem nem pensar.


— Alô? — Fecho os olhos nervosa — Alô? Quem é?


— Sou eu! A garota de antes.


Ah, é você linda. Tudo bem? — Sorrio com seu elogio


Tudo sim, e você?


Melhor agora! — Ele rir


Eu liguei para saber se podemos nos encontrar denovo, oque acha?


Claro! Quando e onde?


— Amanhã. Pode ser no mesmo lugar, e depois sairmos para dar uma volta.


Certo. Pode ser antes do almoço?


Tudo bem para mim.


— Beijo linda! Amanhã vejo você. Gostei de te conhecer.


— Também gostei de te conhecer!


Tchau! Até amanhã!


— Até!


Desligo o celular e, deito na cama completamente apaixonada.


Dia seguinte


Num pulo saio da cama só pensando no encontro que eu vou ter. Será que ele tá com o mesmo sentimento que eu?
Espero que sim. Me arrumo nas pressas; coloco um vestido preto de alças, e um salto preto de bico fino.


Saio do quarto e Diane percebe minha presença.


— Merlin! Onde você vai? — Ela pergunta chamando a atenção das garotas


— Vou sair Ué.


— Vai num encontro? — Elaine pergunta


— É mais ou menos isso sim.


— Boa sorte! — Elizabeth sorri gentil


— Obrigado, Elizabeth! — Dou-lhe um sorriso


— Tchau Merlin! — Todas falam em uníssono


— Tchau garotas!


Saio do apartamento e desço pelo elevador. Chego no estacionamento e entro no meu carro dando partida para o Shopping.


***


Chego no shopping e estaciono meu carro. Desço do carro o trancando e entrando no shopping toda nervosa.
Olhando para a frente, dou de cara com o ruivo me encarando com um sorriso animado.


— Meu Deus... Você tá linda! — Ele me olha com os olhos arregalados


— Obrigado! — Lhe dou um beijo na bochecha


— Pra onde você quer ir?


— Pode ser naquele restaurante que abriu agora pouco? Estou curiosa com a comida de lá. Me dizem que a comida de lá é muito boa! — Falo animada


— Claro! Vamos lá sim.


Saímos de mãos dadas como um verdadeiro casal apaixonado.


***


Autora On


As meninas estão conversando sobre a saída de Merlin e com quem ela estaria.


— Gente! Será que é aquele ruivo gato que apareceu no shopping?! — Elaine pergunta surpresa


— Meu Deus! Se for ele, eu apoio totalmente — Diane fala animada


— Eu também — Gelda concorda


— Eu estou curiosa pra saber quem é esse tal ruivo ai — Elizabeth comenta


— Vamos procurar nas redes sociais? — Diane sugere


— Vamos! — Elizabeth concorda


Elas começam a pesquisar por “Arthur” no Facebook. Até que chega um momento que elas vêem um ruivo de óculos escuros e de bermuda na praia.


— Diane! Clica nesse! — Elaine fala eufórica


Assim Diane faz, clica no perfil e dá de cara com o nome do garoto: Arthur Pendragon.


— Mentira! — Elaine tapa a boca com as duas mãos


— Oque foi mulher?! — Gelda estranha a reação da amiga


— E-Esse Arthur ai... Ele é podre de rico, moça!


— Mentira! — As garotas falam em uníssono


— Sério! Ele é amigo do meu irmão!


— Ah vai! Todos são amigos do seu irmão! — Diane fecha a cara cruzando os braços


— Diane, você sabe que meu irmão é um homem de alta sociedade e conhece quase todos. São raros os amigos em que ele pode confiar.


— Ela tem razão Diane! — Elizabeth fala


— Ta bom! Agora vamos procurar pelo gato do Meliodas! — Diane começa a digitar


— OQUE?! — Elizabeth solta um grito estérico


— Precisa gritar?! — Diane massageia os ouvidos


— Pra que você quer procurar meu novo chefe?!


— Só pra saber!


— Ta bom Diane, pesquisa logo aí! — Gelda fala


— Tá tá!


***


POV Merlin


Chegamos no restaurante, e eu já estava animada pra fazer meu pedido. Meu filho, pra me levar para comer fora precisa ser rico mesmo viu.


— Você já sabe oque vai pedir, Merlin? — Ele pergunta me tirando de meus pensamentos


— Ah, claro. Eu vou comer; peixe grelhado, com arroz e feijão com um suco de maracujá. Ah! E de sobremesa um bolo de chocolate com cobertura por cima com um moranguinho daqueles, sabe?


— Minha nossa! — Ele rir — Você é a garota perfeita!


Eu coro um pouco com o seu elogio e ele chama o garçom.


— Moço, traga isso para a dama e para mim o mesmo.


O garçom assente e sai para pegar os pedidos, enquanto o Arthur Fica me encarando com aquele sorriso galanteador.


— Sabe Arthur... — Puxo assunto — Essa é a primeira vez que me chamam para sair.


— Sério?! — Ele parece mesmo surpreso — Ninguém percebeu sua beleza e sua carisma?!


Sorrio com o seu elogio.


— Obrigado. Mas, eu não deixava ninguém se aproximar muito. Os homens me chamavam para sair e depois ir para um motel.


— Nem um namorado teve? — Ele parece curioso


— Já tive um. Só que ele era muito mulherengo e já me traiu várias vezes e eu não sabia. Quando descobrir, decidi terminar — Mexo na colher tentando não mostrar o quanto eu estava encomodada com isso


— Se não se sente pronta, não vou insistir...


— Arthur. Se realmente não estivesse pronta, não estaria aqui almoçando com você! — Sorrio e ele sorri em seguida


— Okay. Então não vou te desapontar, minha Merlin!


— Sou sua Merlin agora? — Sorrio arqueando a sobrancelha


— Claro, Merlin... — Ele fica sério — Eu realmente quero ter algo sério com você. Desde a primeira vez que te vi não paro de pensar em você nem por um segundo se quer. Quero formar uma família com você, quero que você me namore, me noive e se case comigo — Ele se declara e arregalo os olhos surpresa. Não esperava por uma declaração agora.


— Nossa Arthur...


— Desculpa se fui rápido demais! — Ele fica nervoso


— Não! Eu amei oque você disse. Eu sinto a mesma coisa. Quero formar uma família com você... Vamos sair para nos conhecermos melhor.


— Claro... Vamos sim... — Ele sorri


O pedido chega e começamos a comer e conversar sobre várias coisas. A vida dele e eu sobre a minha vida. Depois de umas duas horas, terminamos de comer e conversar, e ele decide me acompanhar até o estacionamento.


— Merlin — Ele me chama — Eu adorei nosso dia hoje. Espero que tenhamos de novo isso.


Ele diz e começa a aproximar seu corpo no meu. Cada vez mais e seu rosto fica quase colado e acabo sentindo sua respiração quente no meu rosto, e isso me causou um arrepio gostoso.


— Merlin... Posso fazer isso? — Ele pergunta fechando os olhos


— Sim...


Ele me beija. Pedindo espaço da sua língua na minha, e aceito de bom grado nossas línguas coladas uma na outra. Como se estivessem dançando uma música.


Esse beijo foi como se tivesse sido horas para mim. É como se o tempo tivesse parado de vez. Só nos desgrudamos pela falta de ar.


— Nossa... Amei... — Ele diz ofegante


— Eu também! — Digo ofegante e em seguida lhe rouba um selinho


— Até o próximo encontro.


Ele me abraça e entro no carro toda feliz.
Aceno e dou partida para casa.


POV Arthur


Meu Deus! Eu beijei ela! Ai como eu to apaixonado. Nunca pensei que amaria alguém nessa intensidade. Como queria ficar com ela por mais algum tempo.


Vou pro estacionamento e pego meu carro dando partida para casa.


***


Chegando em casa tiro meus sapatos e os jogo por aí. Não estava afim de tomar banho então só botei uma roupa confortável e deitei na casa preguiçoso pensando no dia incrível que eu tive com ela.


— Merlin... — Suspiro lembrando de seus traços sensuais


***


POV Merlin


Chego em casa e tomo um susto vendo minhas amigas em pé me encarando.


— Que susto meninas! Oque vocês fazem aqui a essa hora?


— Estávamos preocupadas! Pensamos que tinha acontecido alguma coisa de ruim. Mas vendo você com esse sorriso no rosto, com certeza o dia foi maravilhoso — Diane fala


— Ah e como foi! — Sorrio feito uma boba sentando no sofá e elas fazem o mesmo me encarando curiosas — Eita que eu vou ter que explicar como foi né? — Digo desanimada


— Claro! — Todas dizem em uníssono e eu bufo vencida — Tá bom! Começou assim...


Termino de explicar tudo e elas me olham surpresas.


— Minha nossa Merlin! No segundo dia que conheceu o cara e já beijou?! Você é rápida! — Elaine brinca


— Não se faz de Santa Elaine! Eu sei sua quedinha pelo Ban!


— Q-Quem di-disse que eu gosto daquele poste músculoso?! — Ela fala indignada


Todas menos Elaine caímos na gargalhada.


— Vou pro quarto que é melhor.


Digo e vou em direção ao quarto escutando o boa noite das minhas amigas.


Tiro o vestido e o salto e entro no banheiro enxendo a banheira com água morna e entro relaxando meus músculos. Depois de uns minutos saio da banheira. Me seco com a toalha e visto meu pijama me deitando na cama e sonhando com meu ruivo lindo dos olhos ametistas.


Notas Finais


Até o próximo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...