1. Spirit Fanfics >
  2. Minha sogra é um anjo >
  3. Kaisoo(especial)

História Minha sogra é um anjo - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - Kaisoo(especial)


Fanfic / Fanfiction Minha sogra é um anjo - Capítulo 22 - Kaisoo(especial)

Narradora on

Um ano atrás

Ele estava puto. Kai estava muito puto, era a ultima vez que ele faria isso. Ele e Hyo eram duplas em um trabalho, mas, especificamente em Biologia e o desgraçado acabara de mandar mensagem que não iria fazer sua parte no trabalho, pois estava ocupado e que depois compensaria o Kai. O ruim que se ele não fizesse iria tirar nota 0 e se sua mãe descobrisse ele taria mais ferrado ainda.

Ele não tinha escolha,tinha que fazer esse trabalho, era sempre assim, quando ele faltava na escola Chanyeol fazia dupla com outro e ele tinha fazer com o maldito Hyo.Ele estava estressado pois não encontrava de jeito nenhum seu tema naqueles livros da biblioteca

- ODIO - grita Kai e joga seu caderno que sem querer acaba por atingir um aluno

- d-desculpa - fala se aproximando

- ash - o aluno reclama colocando a mão na cabeça

- me perdoe, não era a minha intenção

- tudo bem - o aluno levanta e seus olhares se cruzem, deixando Jongin morrendo de vergonha

- me chamo Kyungsoo e voce?

- Jongin

- vejo que está bem estressado, né?

- s-sim, tenho que fazer um trabalho de biologia e não encontro meu tema nesses livros - responde Kai

- e por que não faz pela internet? 

- porque a professora é um cão e não aceita - fala sussurando - e a irmã dela trabalha aqui ou seja não tem como enrolar ela

- e por que ela não dá um trabalho de dupla? - pergunta Kyungsoo sussurando 

- e por que voce esta sussurando? - pergunta Kai rindo

Kyungsoo nada responde apenas sorri

-o trabalho é de dupla, mas o meu não vem e eu não to afim de tirar zero 

- que cuzão

- é ele é...mais uma vez, me perdoe

Kai pega seu caderno e se vira para ir p-ara sua mesa, mas, sente seu braço segurado e olha para trás

- deixa que eu te ajudo

Eles ficaram até tarde fazendo o trabalho e no final Kyungsoo levou Kai até em casa alegando ter medo de alguém sequestrar ele. No caminho descobriram que D.O tinha um primo/irmão que mora e trabalha no Japão e que nas férias ele iria para lá. Kai falou que não iria para lugar nenhum já que ele era pobre. Na frente da recidencia dos Kim's eles trocam seus numeros.

Nos proximos quatro meses eles se encontravam semanalmente e ficavam horas conversando sobre varias coisas, eles curtiam ir muito no cinema e foi lá que rolou o primeiro beijo deles.

Era um sabado e como de costume Kai estava irritado e de bonus estava nervoso e com medo, tinha combinado com o Kyungsoo de irem assistir a estreia de um filme, mas ele estava atrasado há uma hora e tudo culpa do taxista e da benção da chuva, e para piorar ele tomou um breve banho de chuva até poder entrar no shopping.

Como esperado D.O assim como ele chamava não estava o esperando no lugar de sempre, ele mandou mensagem e nada do garoto responder. Tinha duas hipoteses uma ele foi assistir sozinho ou foi embora. Ele estava mais confiante de ser a primeira, mas mudou de opinião quando viu o garoto vindo em sua direção com um sorvete nas mãos.

- m-me desculpa

- tudo bem, eu já comprei dois ingressos para a segunda sessão, mas vai demorar um pouco

Kai dá um sorrisso sem graça, mas Kyungsoo o abraça indo com ele até uma sorveteria.

O filme já tinha começado a uns 20 minutos quando Kai sentiu a mão do D.O passar por trás de si, ele sabia o que o outro queria, mas como nunca tinha feito isso tinha medo

- D.O estou com medo

- medo?

- e-eu nunca beijei na vida

- e o que faz voce pensar que vou beijar voce?

Na hora Kai ficou vermelho igual um pimentão e muito chateado quando D.O tirou sua mão de trás de si. Ele pensou em ir embora, mas mudou de ideia e preferiu continuar assistir enquanto segurava suas lagrimas para não chorar. Antes do filme acabar Kyungsoo vira o rosto do Kai em sua direção e dá um beijo nele, deixando o outro confuso

- me perdoe por antes, mas não sabia o que dizer, não queria parecer muito obvio

- tudo bem

 A partir daquele dia eles começaram a ficar, e Kai não podia estar mais feliz. Porém sua alegria durou pouco quando começou a perceber que Kyungsoo não falava de si paras seus amigos mais distantes e ele teve a comprovação quando um deles perguntou sobre algum ficante e ele disse que não tinha ninguém por enquanto. A partir dai Kai descobriu que Kyungsoo não cotava para ninguém sobre os dois principalmente para seus amigos, e essa atitude deixava ele triste.

Por muitas vezes tentou falar o que sentia para o Kyungsoo mas sempre amarelava quando chegava a hora. Mas tudo mudou quando Chanyeol decidiu o confrontar e isso o deixou tão feliz e ao mesmo tempo com medo dele desistir de tudo. Mas não foi o que isso aconteceu, ele gritou para a escola toda que iria me assumir. E de fato isso aconteceu.

No mesmo dia ele pediu para os pais do Jongin em namoro e eles aceitaram e no dia seguinte contou ao seus amigos sobre seu namoro e contava pra quem perguntasse. Era de verdade, agora Chanyeol poderia dizer:

"Kaisoo é real"

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...