1. Spirit Fanfics >
  2. Minha Última Esperança >
  3. Á Chegada em Mitsi

História Minha Última Esperança - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Á Chegada em Mitsi




Em casa, Brasil tinha que fazer a mesma técnica de sempre para ter a autorização de entrar nas terras de Mitsi.  

Mitsi, tinha entregado-lhe o cartão azul com letras verde florescente, os números estavam no verso, simplesmente era digitar os números no computador ou celular, assim será encaminhado para o Atendimento de Segurança Nacional, abreviando para TSN.

- Atendimento de Segurança Nacional, tem a função de proteger o país de hackers e ou estadunidenses. O que posso ser útil?

Brasil olhou estranho para o vídeo chamada. Na primeira vez que foi á Mitsi, não lembrava de ouvir a frase antes.

Brasil

Olá, sou Brasil, estou com o cartão da TSN. Mitsi tinha entregado-me. 

TSN

Poderia mostrar-me os números no verso. 

O mesmo obedece, os números estiveram em pares de : 46. 50.78.52-10

A mulher do TSN confirmou e apenas disse:

Está liberado para ir á Mitsi, o avião chegará em duas horas no aeroporto do CountryCenter.

Brasil suspira, e diz:

Obrigado.





 

Logo tinha arrumado as malas, levará tudo que for preciso para passar alguns dias na casa de Mitsi, estando ciente de que cuidará do Talib. 

Tive que levar o suficiente, pois no avião de Mitsi tem carregadores sem fios, automáticos e normais. Porém, se quiser carregar o celular sem um carredor, apenas terá que pagar na taxa de R$35,00. Seria impossível carregar o celular sem um carregador? Séria! Bem, como eu tinha dito antes, Mitsi é um paraíso tecnológico super avançado, as suas tecnologias estão em todo lugar no mundo, porém não conseguimos vê-las pois, algumas são miniaturas tecnológicas e outras são invisíveis, foi por isso que Mitsi tem acesso ao mundo todo, porém os estrangeiros não tem acesso á Mitsi, sabemos que o novo país é isolado, internacionalmente, que tem a intenção de ultrapassar as leis da física e bloquear sinais ou notícias sobre á Mitsi para os estrangeiros. 




Quebra de Tempo


Logo depois, Brasil tinha descido do avião em Prinsstraat em Mitsi. Um robô tinha acolhido as tuas bagagens. 

"Como é fantástico a terra de Mitsi" - ele pensa.

As tecnologias estavam em todo lugar nas terras de Mitsi. Por exemplo, os robôs que andam e voam, automóveis que desmontam-se ou montam-se automaticamente, ou muda de cores e ou tranformam-se em motos. 

Autora: "São automóveis ou Transformers?"

As ruas são cobertas por  tecnologias impressionantes, como você pode colocar o teu celular no chão, assim o sistema irá identificar que o aparelho estará no solo, abrirá uma tela de pesquisa sobre o ar, a pessoa irá pesquisar algo que lhe interessa, como se fosse uma tecnologia japonesa que funciona através dos vidros, porém a tecnologia Mitsineza funciona em qualquer lugar, pode ser sobre o ar ou nos vidros, e etc. 

Autora: Além disso, você pode gravar no TikTok ou em qualquer aplicativo teu, enquanto dança na rua? Sim! A tecnologia Mitsineza também tem a função de:  você deverá colocar o celular sobre o solo e colocar a música que desejá, assim o sistema irá tocar a música na rua enquanto você dança, além disso, você pode dançar sozinha(o) ou aplicar uma coreografia, o sistema irá identificar a música e a coreografia que você desejou adicionar. Por exemplo, Just Dance, porém seram hologramas do tamanho de uma pessoa com a imagem do tal artista que irá te ajudar a dançar. Estranho, não? Enfim, e ainda tem outras tecnologias, porém vou adicionar apenas essas tecnologias que são fantasias, mas quem nunca assistiu Wakanda, né! Um mundo fictício, assim como Mitsi. 

Mitsi, é um dos países que não tem crimes, e se cometer, a polícia mitsineza irá punir o(a) tal pessoa atravéz de torturas psicológicas e físicas, como resultado será eliminado. Incluindo estrangeiro(os) que visita(am) á Mitsi, bem, apenas ficara(am) vivo(os) se não contar(em) á ninguém sobre as terras de Mitsi, mas se ousar(em) em contar á todos, sera(am) procurado(os) pela polícia e Androides que trabalham juntos, como resultado sera(am) eliminado(os).








Ao chegar na casa da Mitsi, provavelmente, num palácio com portão enorme que fica de frente á rua. Toco no botão que chama a tal supervisora do lugar. 

Supervisora

Goeie middag. Posso saber o que está a fazer por aqui? - uma voz da tal mulher saia do outro lado da linha. 

Brasil

Ham, sou Brasil, amigo da Mitsi. Ela me chamou para cuidar do..... - antes que possa terminar de falar, o portão é aberto. 

Supervisora

Seja bem-vindo, Brasil.

Tinha um enorme Jardim de frente ao palácio, onde marcava a arte da simetria com fontes de cimento, outros para pássaros e alguns que ficam perto de flores e árvores silvestres, além disso, havia uma grande piscina com jato laminar atrás do palácio. Apesar te possuir grandes artigos decorativos históricos.

Um rapaz havia atendido Brasil de forma educada. Ambos entram no palácio. 

O lugar estará enfestado de luxúria. Até que Mitsi, desce das escadas flutuantes, falando com alguém pelo celular. 

Até ela notar a presença de Brasil.

Mitsi

Brasil, não tinha lhe visto, estou tão ocupada nos afazeres. - ambos se cumprimentam. - Obrigada pelo seu trabalho, Abraham. 

O mesmo cumprimentou antes de sair. 

Mitsi

E como foi a viajem?

Brasil

Foi boa. 

Mitsi suspira, antes de contar a verdade olhou nos olhos do brasileiro que ficou um pouco preocupado. 

Brasil

E-Está tudo bem?

Mitsi

Por favor, senta-se. - assim Brasil sentou-se no sofá e Mitsi ao seu lado. - Primeiramente, quero lhe agradeçer por aceitar em cuidar do meu irmão. Brasil, quero que você seja um artista. - ela sorrio.

Brasil ficou surpreso com a novidade.

Brasil

E-Espera...como assim?

Mitsi

Bem, vou lhe explicar melhor, mas antes, você já almoçou? 

Brasil 

Não, tive que vim para cá.

Mitsi

Oh, sim. Que falta de respeito eu tenho. - ela ri um pouco. - Abraham, querido. Poderia avisar ao chefe de cozinha para preparar Xinxim de Galinha, Acarajé, temaki e lamen.

Abraham

Sim Mitsi.

Brasil continua imóvel, olhando diretamente ao chão, pensando na tal notícia vinda de Mitsi.

Mitsi

Brasil, querido. Não precisa pensar nisso. Está tudo bem, vamos falar disso nos próximos minutos. - ela tranquilizou-o. 

Brasil assentiu com a cabeça.











 


















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...