História Minha Versão de Como Treinar o Seu Dragão - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Personagens Alvin, o Traiçoeiro, Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bocão, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Dente-de-Anzol, Fúria da Noite, Melequento, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Soluço
Visualizações 66
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu de volta!! Bem, acho que deveria ter postado antes né kkk mas só vamos galera !!

Capítulo 4 - Você?


  Em uma parte extremamente ao norte da ilha de Berk mora um homem muito glorificado no passado porém consumido pela solidão e bebida, esse homem se chama perna de peixe.

    Após de se apaixonar e se casar sua mulher sumiu e sua busca por ela era incessante, ele e seu dragão buscavam por cada canto e até fora do arquipélago até que um dia recebeu uma carta de sua ex-mulher dizendo que o deixou e nunca o amou, só queria seu dinheiro e já estava casada com outro

    Desde então perna de peixe parou de ser quem era, não estudava dragões, não se entusiasmava com os mesmo, passou a beber e ficar viciado no álcool o que o fez perder peso e ficar magro.Apesar de tudo ele ainda amava seu dragão porém sua cabeça foi consumida por mentiras e loucuras, passou a pensar que a culpa era do mais novo líder de Berk por dar uma recompensa por tantos anos juntos, que ele tinha que sentir a mesma dor que ele. E apartir deste ponto a sanidade de perna de peixe foi perdida.

 Logo depois de dormir que nem pedra, lá estava o líder de Berk levantando com cuidado da cama para não acordar a loira ao seu lado.Era rara as vezes que soluço acordava cedo mas dessa vez ele ia fazer algo diferente 

    Foi rapidamente a um local comprar algumas coisas para tomar café o que era quase impossível de acontecer normalmente já Soluço sempre comia em algum lugar indo resolver os problemas da ilha.Arrumou a mesa com coisas simples e ouviu passos descendo a escada 

-Bom dia loira- disse sorrindo

-Como você acorda de bom humor?- perguntou série e com a voz lenta 

-Você que é muito nervosa- deu um beijo na testa de Astrid- Vamos comer que eu estou faminto 

    Logo após comer eles acabaram por aproveitar o domingo para ir a um lago logo atrás da cabana de Soluço, e enquanto Astrid levava as coisas soluco falou com Banguela e Tempestade que se eles quisessem dar uma volta poderiam ir 

    Logo estavam a beira do rio aproveitando a manhã e conversando sobre o querem fazer mais pra frente na vida 

-Acho que quero fazer uma academia de luta- falou pensante Astrid 

-Já não basta a de dragões ? Você realmente gosta de ensinar- disse rindo- Bom acho que só vou ser um bom líder como meu pai foi, talvez até melhor- um sorriso bobo era óbvio de ser notado 

-Você é diferente do seu pai em muitos aspectos, quebrou tabus da ilha e sempre tentar ajudar e compreender o erro do outro, você é um ótimo líder Soluço- deu um selinho e o ruivo abriu um sorriso 

-Espero que todos gostem dessas diferenças- suspirou- Vou pegar algo pra comer quer ? 

-Quero!- disse sorrindo

-"Essa garota não tem fundo"- pensou foi pegar alguma coisa 

    Soluço foi pegar algumas frutas e coisas do tipo e quando voltou viu algume com Astrid mas não parecia alguem que ele reconhecia então chegou rápido e  viu essa pessoa segurando os braços dela com força 

-Ei quem é você ? Larga ela- disse empurrando o ser e Astrid se escondeu atrás dele 

-Soluço é ele- disse sussurrando no ouvido do ruivo o deixando confuso 

-Quem Astrid? - tentava buscar na sua me te algume parecido 

-É o perna de peixe - disse surpreendendo o líder 

-Soluço, já esqueceu do seu amigo ? Acho que nunca fomos mesmos - disse mostrando um sorrindo cínico 

-Como assim? Perna de peixe você mudou, o que aconteceu ?- se preocupou com o amigo 

-Ele disse que é sua culpa, que você vai sofrer como ele sofreu- Astrid continuou falando baixo 

-So lu ço - disse pausadamente- Você vai sofrer - gargalhou alto 

-Vai pra casa Astrid- disse baixo e Perna de Peixe avançou com uma adaga- VAI ASTRID- gritou desesperado e ela correu 

    Soluço também puxou uma adaga e começaram a defender e atacar com as mesmas, Perna de Peixe sempre opitava por tentar socar o rosto de Soluço e ele aproveitou a falta de defesa e deu uma rasteira e foi pra cima mas levou um chute no peito 

-Chega de brincadeira, não quero te matar Soluço... quero matar a Astrid- o coração de Soluço bateu mais rápido e congelou e sem tempo pra perguntar, Batatão já vinha em cima dele 

    Soluço desafio de vários ataques mas não tinha como contra um dragão e um homem bem treinado e então o dragão estava preparando para jogar magma em Soluço até que foi possível ouvir um barulho agudo e depois uma explosão 

-Banguela! Ótima hora amigão , vamos acabar com isso- Banguela se colocou em posição de luta 

    Ambos os lados já estavam machucados até que o ruivo fincou a adaga na barriga do Perna de Peixe mas abriu espaço e também recebeu uma facada no braço esquerdo, ambos recuaram e quando o loiro viu seu dragão machucado prefiriuo recuar 

    Soluço correu para casa vendo Astrid na cjanela já correndo pra abraça-lo preocupada com o que acontecerá 

-Você tá bem loira ?- perguntou mais calmo 

-Isso não importa, você tem uma faca fincada no braço!Vamos pra curandeira- já o pichação pelo braço

-Calma sinto bem -puchou a adaga e demeubde dor - Pronto, agora é só estancar e fazer o curativo

-Te certeza ? Não quer ir mesmo ?- disse ainda com o pé atrás 

-Não, eu dou conta - sorriu e a abraçou afagando seus cabelos - Eu te amo e não vou deixar nada acontecer com você- disse mais pra ele mesmo do que pra ela 

-Vamos comer eu tô com fome- disse ela ainda no abraço 

-Pelo visto você não tem fundo- dessa vez disse- Tá vamos 

    Já muito distante montado num dragão, um certo loiro machucado se culpava pelo seu plano ter falhado 

-Era pra eu ter matado Astrid quando tive chance, agora vai ser mais difícil - disse tirando a faca da da barriga e fazendo uma careta de dor- Mas quanto mais difícil o prêmio mais gratificante ele fica - riu histéricamente




Notas Finais


É isso galera, voltei a ter vontade de escrever e espero que todos vocês gostem

Até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...