1. Spirit Fanfics >
  2. Minha vida (baseado em fatos reais) >
  3. 5 pensamentos (parte 2), nova vida

História Minha vida (baseado em fatos reais) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Era drama que faltava ta ai
E logo tem love 💕

Capítulo 5 - 5 pensamentos (parte 2), nova vida



   Hoje eu estou com meus 17 anos, ja estou prestes a me formar, a escola esta sossegada meus amigos estao sempre comigo, indo a roles e vindo em casa, meus pais ainda nao se falaram mais ja se faz 2 anos, meus pensamentos vagam soltos por ai.

Teorias, essas coisas mexem comigo, quando penso em algo que tenha um motivo ou algum impecilio eu me pergunto ate descobrir, e se nao descubro crio eu mesma cada resposta.

 Minha familia nao curte muito o povo lgbt, eles so não interferem, mas nao acha certo e isso pra mim é o mesmo que julgar, porque tem que ser assim?!.

    Minha mae ja sabe que sou lesbica, meu pai ja me pegou vendo videos na internet mas quando ainda era pequena, penso eu que quando for de maior, ou seja, tiver meus 18 anos direi tudo a ele com calma, pois ai ele nao podera dizer nada.

   O tempo, o tempo passa muito rapido, ainda a uns capitulos a trás, eu tinha meus 13 anos, agora ja 17 e logo 18, poxa a vida é curta, e pra onde vamos depois?!.  Eu nao quero  saber, porque e se eu for pra algum lugar ruim, nao vou poder impedir, e se eu for pra algum lugar muito bom, essa é uma chance de 50%, vou apostar que se eu for boa a todos e nao fizer mal à alguém nao vou pro lugar ruim, então nao preciso deixar de viver pra isso.

    Estou afim de uma menina, mas ela nao liga muito pra mim, eu nao sei se vai rolar nada sabe as vezes eu sou tao insegura que esqueço de ser persistente e acabo desistindo de tentar.   O problema é que ela é sensacional, e eu nao sei reagir de outra forma sem ser sincera e transparente, espero que aconteça algo logo, pois ja ja poderei partir pra proxima, sarjitarianos sao assim, nao todos mas a maior parte.

  

Alguns anos depois

  Oi gente, ainda nao contei como fiz meus 18 mas chego la, vocês ainda estao ai, olha só quem diria, bom minha vida deu uma virada radical, sabe a menina que eu falei, estou me casando com ela, meus pais, meu pai se casou com um homem muito legal e esta sendo verdadeiramente feliz agora, minha mãe se mudou pro continente do marido dela e eu quase nao falo com ela, moro em um apê no centro do rio de janeiro.

    Eu queria ter tido mais aventuras para contar mas minha mulher me impediu, pois antes dela eu fiquei com mais umas 3 garotas e deu bem ruim, e ela nao me deixou falar, agora esta sendo meu casamento pra falar a verdade, mas eu preciso falar pra vocês que eu nao sei se ela ta muito afim, ja faz 1 hora que estou no altar a espera dela, achei que ela realmente iria vir mas acho que nao.

Juiz_ jhesaly?? A sr. Esta bem? A sua amada nao virá? ??_   disse ele balançando a mao no meu rosto

    Eu_ ahn, eu nao sei senhor, mas eu achava que sim_    falo tirando algumas lágrimas do meu rosto

   Juiz_ bom eu nao posso demorar, a senhorita me pediu pra ser breve aqui e eu marquei outro casamento, e ja ja da a minha hora tenho so mais 20min_   Disse ele me olhando de forma que eu nao ficasse pior

  Eu_ tudo bem, o senhor pode ir eu vou ir pra casa, será que o senhor pode avisar o povo que esta nos olhando que a outra noiva nao quis comparecer, eu agradeceria muito_   Digo me retirando

 Juiz_ Senhores e senhoras, pesso para que se dispessam uns dos outros porque nao havera mais casamento, uma das noivas nao se fez presente e sendo assim estao todos liberados_ e ele se retira tambem

   Poxa agora que eu ja estava quase me casando, o que eu vou fazer agora?!. Nao posso ficar triste por isso, nao é um direito meu, se ela nao quis, acontece né so podia ter dito em off pra mim.


     Uma semana depois


Alguem bate na porta, eu grito;

_quem é???

   Melissa_ jhe, abre a porta, você esta ai a mais de 7 dias, sem contar que seus pais estao preocupados_   Disse minha melhor amiga

  Eu_ NAO QUERO VOCÊS ME PERTURBANDO, EU TO BEM, JA PODE IR._ Digo alto e em bom son

    Mas melissa era persistente e chata, ela iria entrar de qualquer forma, foi ate minha janela e a abriu por dentro com um cabo de vassoura e entrou

  _Qualé jhesaly, para de ser chata, eu vim te dar algumas coisas pra comer e te levar pro meu apartamento, você nao pode ficar sosinha aqui de jeito nem um_         

   disse ela indo ate mim me tirando de baixo do cobertor

  _melissa me deixaaaaaaaa, eu vou te bater guria_ Falo manhosa sem querer ver nem a luz do dia

_HA HA HA jhesaly sofrendo por causa de um par de chifres, eu nao esperaria isso de você, de mim tudo bem por que Sérgio é um Mané, mas de você não!_   Ela olha pra mim ja me levantando com uma cara de ódio pra ela

   _Quer ler meus pensamentos? _

  _quero, o que você esta pensando?_   Diz ela chegando perto de mim

_Eu estou pensando que eu vou enfiar a mao na sua cara!!!, me deixa sofrer por quem nao ta nem ai pra mimmmm_    Falo colocando a coberta de novo na cabeça.

   _olha se você nao sair dai eu vou chamar ela pra vir te tirar daqui!, ouviu?_

_Nem no próprio casamento ela apareceu você acha que ela viria aqui so pra pedir pra eu sair da cama, você esta muito enganada bb_    digo pondo so o rosto pra fora.

_Ai eu desisto, eu ja tenho problema de mais pra ter que cuidar dos teus, eu vou embora_    ela se vira de costas e eu começo a chorar

  Ela percebe e se vira de volta e senta pondo minha cabeça em suas pernas, me acariciando e dizendo palavras de conforto

_Olha se servir de consolo, se eu foçe ela nao iria te deixar la iria logo pedindo pra ele perguntar se sim ou se nao, pra te dizer sim, nao fica assim, ela nem era tao bonita_ ela olha pra mim

  Eu olho seria pra ela e ela logo diz

   _Ta bom, ela era um mulherão da porra, mas ela nao quis esse mulherão da porra aqui_ Diz pondo a mao no meu peito_ E ela vai se arrepender você vai ver.

_Olha melissa eu nao quero mais falar nela ta bom, deixa ela com o mundo que faz suas translações, pra ele girar e dar a ela o que ela merece_    me levando e vou pro banheiro e antes de eu ir ela bate na minha bunda e argumenta

_É assim que eu gosto, essa é a jhesaly que eu conheço, agora vai logo pro chuveiro que eu vou preparar algo pra vc comer_   diz ela se levando e indo pra cozinha

    No chuveiro eu so me perguntava porque Sérgio era tao Mané, mano melissa era um anjo, e nao por ser minha amiga mas, ela era gostosa pra porra, mas dava uma de hetero entao nunca tetei nada, e ela nao parecia gostar assim de mim.  Termino meu banho vou pro guarda-roupa, ja estava um tanto mais magra por nao me alimentar direito e entao peguei uma roupa bem justinha e coloquei, uma calça de pano fino com um elastico pra amarrar, uma blusa de manga curta e uma blusa de moletom, por que eu amoooo! moletom.

 Ja indo pra cozinha gritei ela _Melissaaaaa! Nao bagunça minha casa sua vaca, ja deixou toda a pia suja!, aff nao daria pra casar com você nem morta_      eu disse berrando a ela e ela estava na mesa com um sorriso de irritar no rosto como se foçe de propósito aquilo

_Que isso jhé, nao trata assim a pessoa que mais te ama no mundo inteiro_    Diz ela fazendo biquinho e vindo apertar minha bochecha.

   _SAI! SAI PRAGA SAI!_      Falo me desviando das duas mãos.

Ela ri e mostra a mesa. 

_Ja estou sem fome do de ver que foi você que fez_      Falo a olhando com cara de nojo, ela sabia que eu era assim so pra implicar com ela mas, ela achou que eu teria mudado depois do casório mal rezolvido

   _Ha palhaça, para de ser chata senta e engole logo essa comida, eu vou fazer uma lição e depois que você comer vamos ao shopping_       Disse ela com um sorriso lindo e encantador no rosto indo pra fora com o celular

    Me aproximei da mesa, vi o prato era macarrao ao molho branco com bacon, eu esperimentei e achei que ficou maravilhoso, percebi que tava sendo muito implicante com ela, e rezolvi a elogiar mas, da forma que eu a elogiei uma vez....

      Ela estava la fora, terminei de comer e fui ao banheiro rapidinho dei uma geral na boca, e fui pra perto dela de fininho, cheguei atrás dela e a agarrei dando um beijo em seu pescoço, ela ficou arrepiada

_Aaahhh,  PORRA JHESALYNE, VAI SE FODER MEU!_      Ela gritou toda sem rumo pois o primeiro aaahhh dela saiu em um áudio para Serigo que ja visualizou

_Me desculpa, eu so queria te agradecer por ter cuidado de mim_       Disse vendo ela seria e puta da vida comigo

  _Meu o audio foi pro Sérgio e adivinha, PARECE UM GEMIDO, ele vai criar um inferno pra saber onde e com quem eu estou._  Ela pegou minha mao e ja me levou pro carro, eu ja havia trancado o apê então eu a segui.

Chegando no carro ela ainda estava seria entao eu dei um beijo na bochecha dela pra ela parar de ficar bicuda, ela me olhou e disse;

    _para de me agradar to com raiva de você, coisa esquisita_     ela diz de forma cómica

  _Ta bom, e pra onde vamos dona de Paris?_

  _Vamos pra um clube onde eu e o resto das suas amigas frequentamos, depois que você se fechou elas abriram um, e nem te falaram porque você nao quis ouvir_

_Mas por que vamos pra lá? _      pergunto ja fazendo bico pra nao querer ir

_Tem alguém que quero que conheça_ olhou pra mim com cara de safada

_e esse alguem tem uma vagina?_ Devolvo o seu olhar na mesma intensidade

  _Sim, mas, ela nao é flor pra você a cheirar, e tambem não é sorvete pra você chupar, ela tem namorado e ele é dos mais violentos possivel_  Disse ela me encarando tentando me por medo

_Um se ela é isso tudo ou não, vamos descobrir, agora que ela tem um pisicopata como namorar ai o azar é dele se eu gostar dela_      Dou uma risada e ela fica com a cara fechada

Parece que ela gosta de mim, mas eu nao posso chegar nela e beija-la tanto é que Sérgio é muito chato e vai querer me matar se souber mas, vou deixar ela chegar em mim, vou continuar a provocando..., ela acelerou e fomos bem rápido pro clube, só tinha meninas nele, e umas 10 ex minhas, antes dela estacionar eu fiquei indignada

  _Meu como assim que rebuceteio é aquele la dentro, tem pelomenos umas 10 ex que eu conheço e se nao tiver mais umas peguetes la, eu nao vou entrar_ Disse e ela olhou pra mim com cara de quem nao estava pedindo nada e sim mandando

   _jhesalyne, você vai querendo ou não, vocês precisa se divertir e so essas garotas pra te fazer exquecer sua ex recente_    ela diz como se foçe normal

_EX RECENTE, mano e as EX do passado nao conta aqui?_    digo e me viro pra frente

  _Você precisa ir, e outra nao tem outra pessoa que possa te ajudar sem ser elas_     Ela diz virando meu rosto pro dela


Eu digo bem baixinho quase que nao da pra ouvir, _tem mas ela é hetero_ e ela olha pra mim assustada

_O que você disse?_ ela faz uma csra muito sinistra

_Eu n-não d-disse n-nada_ Digo nervosa e gaguejando

_Voce sabe que eu sei que você mente quando esta gaguejando nao é?_    ela arqueia uma sobrancelha

_mas..._ ela me para e abre a porta _sai jhesalye vai para aquele clube agora!_ ela sai do carro toda mandona e eu fico na porta do carro me negando a ir

  _Porra jhesaly anda logo meu, eu vou ter que chamar umas meia duzia de ex sua pra vir te pegar no colo e levar pra dentro?_ Ela diz se aproximando de mim olhando bem seria pro meu rosto

 _Nao eu nao quero ir, e você nao vai me obrigar, nao manda em mim_ quando eu disse a ultima palavra ela ficou brava mais ainda

_A nao é?!_  

_é_ falo bem proxima a boca dela, sentindo sua respiração ofegante e descontrolada

     Foi quando eu percebi que tinha feito merda de novo, PUTZ a beijei

   _JHESALY VOCÊ SABE QUE EU SOU COMPROMISADA COM O SÉRGIO_     Ela gritou brava e saiu de perto de mim

  _Me desculpa melissa eu nao quis..._ E ela se foi mais uma que se foi, eita e agora


    Eu entrei na porra do clube e fiquei sentada la ate de noite em um pufe, tava ate confortável, as minhas ex nao tinha nada contra mim, eu nunca fiz mal a nem uma menina com quem me relacionei elas apenas não queriam nada serio e eu sim, ai eu adormeci lá


Notas Finais


Ate o próximo 😉💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...