1. Spirit Fanfics >
  2. Minha vida com Sasuke Uchiha >
  3. O retorno para casa. Eu preciso te confessar uma coisa

História Minha vida com Sasuke Uchiha - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - O retorno para casa. Eu preciso te confessar uma coisa


Depois de ter ficado por mais de três meses longe de casa, Sasuke retornou para a vila.

Mas antes de ver sua filha e a Andye, ele foi falar com Naruto.

- Naruto, como estão as coisas por aqui? Ele pergunta.

- Tudo tranquilo Sasuke. Como foi? Descobriu alguma coisa além do pergaminho que você trouxe? Nanadaime pergunta.

- Por enquanto só encontrei o pergaminho. Sasuke responde.

- Vou mandar verificar o conteúdo dele Sasuke. E você precisa ir pra casa descansar. Sua filha deve estar sentindo sua falta.

- Será que só ela? Sasuke pergunta.

- Você está falando de mais quem? Ah... Já sei... Da Andye né? Você me pediu para entregar uma mensagem pra ela também. O que houve Sasuke? Pode confiar em mim. Sou seu amigo. Naruto diz.

- Eu não sei explicar o que aconteceu nesse meio tempo. O que eu sei é que ela esteve em meus pensamentos o tempo todo. Diz Sasuke ao Naruto.

- Então diz pra ela ue. Você tem que aprender a demonstrar o que sente Sasuke. Você se lembra de como a Sakura ficava por você ser tão frio. 

- É verdade. Não posso agir da mesma forma. Sasuke responde.

- Bem, vou pra casa. Até logo. Sasuke se despede.

- Até logo Sasuke. E vê se conversa com a Andye.

Depois disso, Sasuke foi até a floricultura da vila.

Chegando lá, ele viu um lindo buquê de rosas vermelhas. 

- Tomara que ela goste. Pensou ele.

Ele pegou as flores e foi pra casa.

Quando chegou lá, Sasuke tocou a campainha.

- Ja vou. Sarada disse, indo em direção à porta.

Quando ela abriu fez uma cara de surpresa.

- Pai, você voltou. Que bom. Como você está? A menina disse.

- Bem. Só um pouco cansado. O rapaz diz. Onde a Andye está?

- Ela foi até sua casa. Precisou pegar um livro que ela tem sobre técnicas ninja pra me emprestar. Disse a garota. - Pai, e essas flores? São pra ela né?

- Na verdade são. Sasuke diz.

Em seguida, Andye chega e fica surpresa ao rever Sasuke.

- Sasuke, bem vindo de volta. Quando você chegou?

- Hoje mesmo. Mas antes tive que ir falar com o Naruto.  Sasuke responde.

Estava bem visível ao Sasuke que a garota ficou feliz em revê- lo.

Sasuke olhou pra ela e deu aquele sorriso que ele sabe que a Andye adora.

- São pra você. O rapaz entrega as rosas para Andye.

Ela fica muito surpresa com o gesto de Sasuke.

- Nossa. São maravilhosas. Muito obrigada pelas rosas, Sasuke. Andye diz pra ele enquanto coloca as rosas na água.

- São sim. Mas... Não tanto quanto você. Sasuke responde.

Nessa hora, a garota achou que seu coração fosse sair de dentro dela. Ela começou a ficar muito vermelha.

- Olha Andye, preciso muito conversar com você. Mas não aqui em casa. Disse ele.

- Cla... Claro... Sasuke. Ela responde. 

- Vem comigo. Vamos a um lugar. 

- Sarada, filha. Vou sair com a Andye. Voltamos mais tarde. Ele diz.

- Ok papai. Sarada diz. Ela sabia sobre o que seu pai iria conversar com a Andye.

- Tomara que eles se acertem. Pensou ela.

Sasuke levou Andye até um local que tinha uma vista incrível para o mar. Aquele lugar era especial para ele. Ele tinha estado ali com a Sakura a muito tempo atrás, antes de se casar com ela.

- Esse lugar é lindo. Andye diz.

- É muito especial pra mim. O rapaz responde, olhando para o imenso mar azul.

- Eu sei Sasuke. Você veio aqui com a Sakura, não foi?

- Sim. Bem antes de nos casarmos. Ele diz.

- Então... O que... Você precisa me dizer? A jovem pergunta.

O rapaz olha pra ela e diz:

- Andye, é difícil pra mim dizer esse tipo de coisa. Pois nunca foi meu jeito. Mas depois que a Sakura se foi, eu me dei conta de que eu preciso aprender a expressar melhor meus sentimentos. Depois do que houve com meu clã, eu me tornei um cara fechado, frio e, por muitas vezes até um pouco cruel. Isso me custou muito caro. Sabe, eu não posso mais continuar escondendo o que sinto. Por isso te mandei aquele bilhete e também pela mesma razão, pedi que você viesse aqui comigo.

- O que você está tentando me dizer Sasuke? 

- Sinceramente ainda não entendo como cheguei a esse ponto. Mas eu fui percebendo que você se tornou uma pessoa muito importante na minha vida. Você sempre apoiou minha família, ajudou a cuidar da Sarada e foi muito leal a Sakura.

Desde quando você sorriu pra mim daquele jeito eu não te tirei dos meus pensamentos. Durante a minha missão eu pensava em você. No começo eu achei que era só por gratidão, por tudo o que você faz por nós. Mas depois de um tempo, eu me dei conta que não era por isso.

- Então... É por quê? Ela pergunta.

- Andye... Eu... Eu...

- Me diz Sasuke... O que foi? 

Ele segurou a mão dela, olhou em seus olhos e disse: 

- Me apaixonei por você.

Naquela hora ela ficou sem saber o que fazer ou dizer. 

Ficaram em silêncio por um minuto. Quando Andye conseguiu falar,  ela perguntou:

- Vo... Você está falando sério?  Sasuke... Me diz... É verdade?

- Sim. Eu estou falando sério. Não pensei que isso aconteceria assim, tão de repente. Mas aconteceu. Eu disse pra mim mesmo que, quando voltasse para a vila, eu iria falar com você sobre meus sentimentos. Mas... E você? O que sente por mim? Ele pergunta.

- Sasuke... Eu também preciso ser sincera. Guardei isso dentro de mim durante vários anos pra não magoar a Sakura. Mas... Eu... Eu...

- Você... O quê?

- Eu sempre te amei, Sasuke. Andye disse.

Sasuke ficou surpreso. - Sempre... Me amou?

- Sim. Me apaixonei por você desde que te vi pela primeira vez. Mas quando a Sakura me disse o que sentia por você, eu acabei deixando esse sentimento pra lá. Não queria perder a amizade dela. E no fundo, eu percebi que você sentia o mesmo por ela. Mas não quis viver isso na época porque só pensava na sua vingança.

- É verdade. Sasuke disse.

- Anos depois quando vocês finalmente se casaram, eu fui a primeira a ficar muito feliz com isso. Porque eu sabia que ela continuaria cuidando de você, como ela fez a vida toda.

- Eu continuei guardando meu amor por você dentro de mim durante esse tempo todo.

- A Sakura sabia disso, porque eu quis ser sincera com ela. Abri meu coração e disse que te amava, mas que não iria me colocar entre vocês. 

- O que ela disse Andye? O rapaz perguntou.

- Ela me abraçou e me agradeceu pela sinceridade. Quando Sakura foi para o hospital, um pouco antes de morrer, ela me fez prometer que continuaria cuidando da família dela. É obvio que eu jamais recusaria um pedido dela. Porque eu amo a Sarada como se ela fosse minha filha. Nos tornamos muito amigas e temos uma ligação muito forte.

Sasuke ficou ainda mais surpreso.

- Ela não me disse nada. Ele diz.

- Eu pedi a Sakura que não contasse. Se ela dissesse a você, eu ficaria muito constrangida. Andye responde. - A verdade Sasuke, é essa. Meu amor por você é sincero.

Ele sorriu pra ela e aproximou seu rosto do dela. 

Com esse gesto, ela pode sentir a respiração do Sasuke. Bem mais profunda do que o normal. Ela podia ouvir o coração dele batendo mais rápido. E era música para seus ouvidos. 

Ele também podia ouvir o coração dela batendo acelerado.  

Então os dois ficaram por um bom tempo se olhando nos olhos, sem desviar o olhar em nenhum instante. 

Aquele momento foi tão intenso para o Sasuke que, sem querer, ele ativou seu Sharingan.

- Sasuke... O Sharingan... Ele se ativou. Ela disse.

- Eu sei... Você sabe que com ele eu consigo gravar qualquer lembrança né?

- Sim. Eu sei. Andye responde.

- Eu quero guardar essa lembrança. Sasuke disse, enquanto se aproximava mais do rosto da Andye.

Então ele a abraçou, fechou os olhos e, com muito amor,  a beijou.

Não foi um beijo apressado e intenso. Foi um beijo calmo, mas cheio de paixão.

Enquanto eles se beijavam, ela entrelaçou seus dedos nos cabelos do Sasuke. Com isso ela encostou seu peito no dele.

Ficaram vários minutos assim. Entregues a esse beijo. Sentindo a respiração um do outro. E sem parar de beijar.

Depois, Sasuke deu um selinho na Andye. E bem devagar os dois abriram os olhos. O Sharingan do Sasuke ainda estava ativado. 

- Que lembrança mais linda. Ele disse, enquanto mexia no cabelo dela.

Andye tirou uma mecha de cabelo que cobria o olho do Rinnegan do Sasuke usando o dedo indicador.

- Gosto dos seus olhos. Ela disse, dando um lindo sorriso para o Sasuke. - Mas... Me diz uma coisa: o que vamos fazer agora Sasuke? Andye pergunta.

- Eu quero ser teu namorado. O rapaz responde.- Você aceita  princesa?

Foi a primeira vez que o Sasuke a chamou assim.

- Aceito com o maior prazer, meu ninja lindo. Ela disse e, em seguida deu um selinho no rapaz.

- Obrigado por me aceitar. Prometo que não vai se arrepender. 

- Eu sei meu amor. Andye diz ao Sasuke.

Os dois ficaram por mais um tempo lá, sentados e abraçados olhando o mar. 

A partir daquele instante, Sasuke começou reconstruir sua vida novamente.

Ele sabia que seria um longo caminho que os dois iriam percorrer. Mas o que importava mesmo era o sentimento que um tinha pelo outro.

- Agora vem a parte mais legal princesa.

- O quê? Ela perguntou.

- Contar pra minha filha. Sasuke disse, dando uma risada.

- Ela vai adorar, porque ela sabe do meu amor por você. 

- Verdade? Ele perguntou.

- Sim. Ela percebeu isso quando você viajou.

- Então será mais fácil de contar. O rapaz diz.- Vamos pra casa amor. Ele a toma pela mão e assim vão para casa.











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...