História Minha vida em cartas - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Kawaiimith
Visualizações 10
Palavras 497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Faz tempo,não?


Fanfic / Fanfiction Minha vida em cartas - Capítulo 7 - Faz tempo,não?

Olá querido sei lá quem! Tudo bem?

Bom há tanto a lhe contar. Pensei em te contar minha infância, o que originou a pessoa que sou hoje.

Eu era uma bebê fofa e Muito chorona,eu vivia doente, refluxo,11 otites(infecção de ouvido) o que ocasionou perda auditiva de 40% no ouvido direito. Chorava quase 24 horas por dia,vivia indo em médicos.

Fui crescendo, era uma menina radiante,alegre e bondosa,brincalhona e que ama(até hoje) o maravilhoso mundo da leitura.

Vivia cercada de mimos e parentes,principalmente minha vó e o meu irmão.Amava minha vida e vivia como se não houvesse o amanhã,se não havia nada para fazer inventava uma.

Sempre cantando,dançando,desenhando e estilo!

Na  creche ( 3,4 anos) levantava cedo,assistia desenhos e quando a van chegava minha vó me gritava,e sempre ganhava doce do motorista(não ele não era pedófilo,era só bonzinho).

No começo do ano seguinte acordei com meu irmão esperando eu acordar, e disse que havia duas surpresas: primeiro ele havia tampado o formigueiro(tinha medo de formigas) e segunda eu iria pra escola!Eu fiquei MUITO feliz, bom até eu entrar na escola....

A professora gritava e era malvada comigo,eu me isolei por um ano inteiro.

No ano seguinte foi um ano  maravilhoso,tudo era ótimo e o preconceito que tinha comigo não me importava,tinha uma amiga!E uma professora que eu amava, que me ensinou a ler de verdade!- em menos de seis meses com ela eu sabia ler.

Os anos se passavam e o bullying só aumentava.No quarto ano minha vó morreu de câncer.

No quinto ano não tinha amigos decentes.E havia problemas em casa.Fiquei deprimida mas não era algo ruim de verdade.Eu tina meu irmão e internet.

Sétimo ano chegou.O bullying havia realmente avançado muito! Não tinha amigos de verdade,só uma que só falava de problemas e como a vida dela era pior que a minha.´´Você devia ser mais grata,eu fiquei sua amiga,as meninas me falaram que não era pra ser sua amiga e mesmo assim eu virei e agora eu sofro bullying``

Mais problemas em casa,más amizades,bullying,eu deprimida há anos.Os problemas são como neve, se você não os retira eles deixam as coisas mais difíceis, e se você ficar enrolando vira uma grande bola de neve.

Adivinhe?

Depressão e ansiedade a mil.

Não se preocupe, não precisa escrever ´´Seja forte`´ ou coisas do tipo.

Já não era a mesma menininha alegre e bondosa, e meu irmão sempre mais prestativo então mina mãe me comparava com tudo!

Meu pai só reclamava e tal.

Passei pelo início de depressão sozinha,por 2 meses.Comece a me cortar e etc. minha diretora falsa como uma cobra tentou me ajudar mas ela só piorava.E quando os agressores descobriram usaram isso como mais motivo para bullying.

Tomei coragem e contei pro meu irmão,meu melhor amigo.Ele me aconselhou a fazer uma lista de desejos.Não o ouvi.

Depois de uma semana contei a minha mãe,que ligou pra minha psicóloga e com um psiquiatra.

Meu pai  descobriu só depois.BEM depois.

A história eu continuarei depois.

Abraços e beijos

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...