História Minha Vida Maluca - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aleatóriedades De Bianca, Bia, Diário, História
Visualizações 16
Palavras 403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi cerejinhas! Eu demorei?
Sim? Não?

De qualquer forma...
Aproveitem ≧﹏≦

Capítulo 4 - IV


Fanfic / Fanfiction Minha Vida Maluca - Capítulo 4 - IV


Querido diário? 

Quanto tempo, não?


Bom, hoje é dia 16 de maio. E o que eu fiz nesse tempo? Não muita coisa devo dizer.

Vamos falar sobre meu dia esquisito. Somente hoje eu fui molhada, mordida, babada, insultada e mais algumas coisas com ada. No final da aula tudo o que eu queria era dormir, somente deitar no meu maravilhoso fichário -que se chama Matheus- e dormir, afinal era aula vaga.

E eu consegui dormir? A resposta é não, tudo o que conseguí foi uma bela dor de cabeça e um cabelo bagunçado. 

Acontece que enquanto tentava dormir todos da sala parecem terem achado conveniente me pedir folha para trabalho, me entregar algum bilhete, me acorda de propósito e até mesmo a diretora me acordou para perguntar algo inútil (sério, ela me perguntou se eu estava usando uma jaqueta vermelha) 

E bem, depois de um dia estressante, "sendo tudo com ada", trabalhos para fazer, preocupações em mente e meu sono interrompido mais de cinco vezes eu fiz o que qualquer adolecente da minha idade normal faria... 

Eu começei a chorar.

Y disse que todos da sala estavam rindo do motivo besta que eu estava chorando, e eu realmente não me importo. Eu também daria muita risada se uma doida começa-se a chorar porquê não deixaram ela dormir. E agora tenho certeza que todos vão pensar bastante antes de me acordarem.

Por falar em chorar, eu devo ser o ser humano que mais chorar na face da Terra. Quer dizer, eu choro até mesmo quando a professora passa muita atividade ou quando meu vizinho que já fez muita burrada na vida passou o natal sozinho. Mas acho que essas coisas fazem parte de quem eu sou, e com certeza é muito engraçado e eu sempre me divirto lembrando das idiotices que eu já chorei.

No fim eu não choro por coisas que a maioria das pessoas choram. Eu realmente não sou normal?!

Enquanto escrevo isso estou ouvindo músicas aleatórias de desenhos animado, como as músicas de Steven Universo. São tão gostosas de ouvir. 

Mudando de assunto, sábado passado eu e minha mãe formos comprar o presente de dia das mães da minha vó. Nós compramos um perfume, e isso me faz pensar o porquê os perfumes são tão caros.

Qual o sentido de uns potes bonitos com água cheirosa serem tão caros?

Acho que devo encerrar por aqui, mas antes...

Pensamento do dia:

Se seu dia está ruim talvez devesse chorar.

Notas Finais


Beijinhos caramelados o(^^o)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...