1. Spirit Fanfics >
  2. Minha Vida Mudou (malec) >
  3. O pedido

História Minha Vida Mudou (malec) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


NÃO GNT,MANU NÃO MORREU!
Desculpa ficar tanto tempo sem postar, minha criatividade tá 0, e agora com as voltas às aulas tá um inferno! Espero que me perdoem💙

Não sei se já avisei isso,mas se avisei vou avisar de novo. Ah fanfic está chegando ao fim,vou sentir falta de escrever pra vocês 🤧💙

fiz esse capítulo com carinho,espero que vocês gostem

Capítulo 19 - O pedido


A essa altura eu já estava tremendo da cabeça aos pés. Será que ela não iria aceitar? Será que eu teria estragado tudo? Eu não sabia o que fazer, a ansiedade estava me matando!

-Então, eu posso me casar com o seu filho?-perguntei de novo,meio trêmulo.

Em um pulo, Lilith saiu do sofá e me deu um forte abraço.

-Mas é claro que sim, Alec!-disse ela com um longo sorriso no rosto e com várias lágrimas escorrendo.

-Se-sério?-disse gaguejando,não acreditava no que estava acontecendo.

-É claro, eu sei que nenhum homem faria o meu filho tão feliz. E também porque seria uma honra ter você como meu filho.

-Obrigada, Lilith. Isso é realmente muito importante para mim.-disse sorrindo e a abraçando de novo.

-Eu que lhe agradeço por amar tanto o meu filho!

Era tão bom ouvir aquilo,saber que eu fazia alguém feliz, saber que eu poderia construir uma família,não importa o que o mundo inteiro pensa.

Duas semanas depois

Essas últimas semanas foram uma tortura para mim! Havia planejado cada detalhe com a Clary,mas ainda tinha medo de que algo desse errado. E a ansiedade? Eu nem conseguia dormir direito de tão nervoso que eu estava. Mas agora isso acabou,pois hoje é o grande dia!

-Bom dia!-disse no ouvido de Magnus

-Bom dia!-disse Magnus com um enorme sorriso no rosto.

Eu nunca me cansava daquilo,sabe? Acordar e ver aquele lindo sorriso de Magnus e sua cara inchada de sono. As coisas mais simples em Magnus,eram as mais manificantes para mim.

-Sabe que dia é hoje?-Disse encostando a cabeça em seu ombro.

-Páscoa?- disse Magnus fingindo dúvida.

-Nossa, Magnus! Que engraçado, o circo podia te contratar.

-Eu sei, eu sei. Muito obrigada!

-Ai, meu Deus!-disse revirando os olhos,o que fez Magnus sorrir.

-É meu aniversário!-disse ele parecendo meio em choque.-nem acredito que já vou fazer 18 anos!

-A idade chega para todos,Magnus!-disse meio que rindo do modo que ele agia.

-É, realmente!-disse Magnus sorrindo e virando para mim.-Vou tomar um banho,ok?

-Ok,te espero lá embaixo,pode ser?

-Está bem.-disse Magnus me dando um rápido beijo,e em seguida indo em direção ao banheiro.

Quando Magnus entrou no banheiro, eu rapidamente desci as escadas em direção a cozinha.

-Ele entrou no banho,tudo pronto?

-Lilith, Clary e minha mãe, me olharam como se tivessem tomado um susto. Elas estavam bem empenhadas em preparar a festa surpresa.

-Sim, só falta o bolo che...-lilith foi interrompida pelo barulho da campainha.

-Eu pego!-gritou Clary indo em direção a porta e logo em seguida,voltando com o bolo.

-Tudo pronto?disse olhando para minha mãe.

-Sim!-respondeu ela empolgada.

-Otimo, fechem as cortinas e apaguem as luzes,ele deve estar vindo!

-Rapidamente, Clary fechou todas as cortinas, e minha mãe apagou as luzes.

Todos foram para seus lugares e esperaram por Magnus, alguns minutos depois,ouvimos uma voz.

-Mãe? Alec?-disse Magnus descendo as escadas.-Cadê você...- Magnus não conseguiu terminar sua frase,pois quando acendeu as luzes,tomou um enorme susto.

-SUPRESA!-todos gritamos ao mesmo tempo.

-Meu pai amado!-disse Magnus botando a mão no coração com uma expressão assustada.

-Feliz aniversário, Magnus!-disse Clary animada e correndo em direção a ele,para logo em seguida lhe dar um enorme e apertado abraço.

-Obrigada, pequena!-disse Magnus apertando mais ainda o abraço.

Depois foi a vez de minha mãe.

-Feliz aniversário, Magnus!-disse ela dando um enorme abraço nele.

-Obrigada, Sra.Lightwood.

Minha mãe olhou para Magnus de forma indignada.

-Estou brincando. Obrigada,sogrinha.-disse Magnus com um enorme sorriso no rosto.

-Bem melhor!-disse Maryse retribuindo o sorriso.

Eu ficava tão feliz em ver como eles dois se davam bem. Ele, Clary e minha mãe eram tudo o que eu tinha, não ia conseguir viver bem se eles não se gostassem.

E em seguida, obviamente foi a vez de Lilith.

-Feliz aniversário, bebê de mamãezinha.-Disse Lilith, fazendo Magnus corar.

-Mãe...-disse Magnus quase que implorando.

-Ah, não precisa ficar com vergonha,bebê de mamãe.-disse Clary rindo da expressão dele.

-O que disse, cenoura?-disse Magnus olhando para Clary,que logo em seguida fez uma careta para ele.

-Obrigada, mãe. Amo você.-disse Magnus voltando o olhar para Lilith.

-Eu também te amo,filho!

Agora era a minha vez.

-Feliz aniversário, bebê de momolado.-disse fazendo biquinho.

-Cê quer levar um soco agora ou quer deixar pra mais tarde?-disse Magnus com cara de raiva.

-Ai desculpa, bebezinho.

-Sua sorta é que você é bonito demais pra ficar com um olho roxo.-disse Magnus,me fazendo sorrir.

-Feliz aniversário,Mags!-disse o abraçando.

-Obrigada, Alec.

-Eu que te agradeço por fazer parte da minha vida!-eu disse em seu ouvido,o que fez ele aprofundar mais ainda o abraço.

-Eu te amo, Alec!

-Eu também me amo. Ops,te amo

-Idiota!-disse Magnus rindo.

-Então...já pode comer?-disse clary.- É que eu tô morta de fome...

-Clarissa Fairchild sendo Clarissa Fairchild-disse olhando para ela, que revirou os olhos.

O resto do dia foi maravilhoso. Rimos,brincamos, vimos os vídeos de quando Magnus era bebê ( ele era muito fofo). O dia foi simplesmente incrível.

Mas as supresas não acabaram por aí. Eu ainda tinha que fazer mais uma coisa. 

Botei um venda em Magnus e botei ele no carro. Eu ia fazer uma surpresa para ele,e pra isso, ele não poderia saber pra onde está indo.

Falei com o direto que permitiu que eu fizesse a surpresa na escola. Rapidamente tirei Magnus do carro, e com cuidado,levei ele para dentro.

-Pode tirar a venda.-disse e observei ele tirar a venda, pra logo em seguida,uma expressão de dúvida surgir em seu olhar.

-Reconhece esse lugar,Mags?

-É a escolha...-disse ele meio confuso

-Mas específicamente,esse lugar?disse e vi que Magnus tinha entendido tudo.

-Foi aqui que nos vimos pela primeira vez.

-Sim,no primeiro dia de aula,quando um garoto desastrado veio e esbarrou em mim.-Magnus e eu rimos ao lembrar daquilo.

-Eu nunca senti tanta vergonha na minha vida.-Magnus disse,me fazendo rir.

-Só que,eu nunca imaginei que esse garoto desatrado,mudaria minha vida. Magnus,quando eu te conheci eu não sabia muito bem o que estava procurando. Eu sabia que queria um amor,afinal de contas,todos querem. Mas eu não sabia de verdade o que eu queria, consegue entender?- Magnus acenou com a cabeça,já estava com lágrimas nos olhos.

-Eu nunca pensei que eu me apaixonaria tanto por alguém,igual eu sou apaixonado por você. Eu nunca pensei que eu iria amar tanto alguém, igual eu amo você. E quando pensei que iria te perder...foi uma das piores dores da minha vida.-magnus apenas me observava, em total silêncio.

-Você é muito especial para mim,Mags.-disse com lágrimas que insistiam em cair.- E eu quero viver o resto da minha vida com você.

Eu botei a mão no bolso,estava prestes a pegar a aliança, quando eu não senti ela lá.

-Não, não, não. Não pode ser!-disse procurando desesperado em meu bolso

-O que foi,Alec?

-Eu tinha que te dar algo,eu devo ter deixado cair!-disse procurando por todo o corredor.

-Está procurando isso aqui?-disse Magnus segurando a caixinha com as alianças.

-Mas...

-Eu já sei do seu plano a muito tempo, Alec. A alguns dias quando você usou o computador lá de casa, você não desligou. E depois quando eu fui usar, eu vi uma janela escrito "Como fazer o melhor pedido de casamento", foi então que eu entendi tudo.

Eu não conseguia dizer nada,eu estava paralisado.

-Bom,acho que é a minha vez de falar...















Notas Finais


Mais uma vez mil perdões pela demora, vou tentar postar o mais rápido possível.

Espero que tenham gostado do capítulo e até logo💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...