História Minha Vida Mudou Quando te Conheci. (Reescrevendo) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Capitão América, Deadpool, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton (Gavião Arqueiro), Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Buchanan "Bucky" Barnes, Loki, Natasha Romanoff, Pietro Maximoff (Mercúrio), Steve Rogers, Thor, Wade Willson (Deadpool)
Tags Clietro, Mattucky, Spideypool, Stony, Thorki
Visualizações 171
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie bolinhos ^-^
Tive uma pequena demora para revisar tudo, mas aqui estou.

Capítulo 8 - Segredo Revelado?


Mesmo estando muito irritado por ter perdido o nosso querido amigo da vizinhança de vista Wade, retornou para sua nova casa em busca de um pouco de paz mesmo sabendo que não era isso que iria encontrar. Já na sua nov casa Wade passeia pelos cômodos tentando entender o motivo de Harry o ter contratado para proteger e vigiar esse garoto que não tinha nada de especial. Mas ele tinha uma pequena noção já que viu a pele do garoto com vários hematomas pelo corpo, até mais do que ele considerava normal. 

*-*

Wade On

 Ainda não consigo acreditar que perdi meus dois milhões de dólares de vista, aquele desgraçado sumiu igual fumaça.

(Quanto ódio no coração.)

{Essa autora ainda esta viva}

[MORTE A AUTORA]

- Se a autora morrer podemos nos livrar mais rápido do pequeno Homem-Aranha. - Digo já ficando irritado.

(Se eu morrer, vocês irão morrer também. 

[Por isso é bom ser imortal.]

(Eu havia me esquecido desse pequeno detalhe. Por isso posso fazer da vida de vocês um inferno.)

- Alguém esta querendo morrer. - Digo de novo. As vezes eu conseguia me perder nas conversas dessas vozes, mas na maioria das vezes elas me irritavam. 

Eu estou começando a ficar com mais tédio que o normal aqui nessa casa, tudo muito certinho, nada fora do lugar. Muita arrumação para um jovem que esta voltando para faculdade. Alem do tédio eu estou morto de fome e não tem nada aqui que eu goste de comer, mas fingir ser alguém comum é um porre. 

(Mas olhe pelo lado bom.)

{Que lado bom? Não existe lado bom nessa porra!}

(Já viu a bunda linda dele? Aquele pedaço de mal caminho.)

[Mas a bunda dele é linda mesmo.] 

(Não sei como o Wade ainda quer matar o Homem-Aranha, sera que ele ja se esqueceu do amor incondicional que ele sente pelo outro?) 

- Calem a porra da boca. - Grito. Senti que poderia explodir de raiva agora, mas me toquei de que eu não estava na minha casa e notei que o garoto estava me olhando assustado. - Ótimo mais um!

- Com quem está falando? - Ele pergunta. 

- Com as malditas vozes! - Digo com raiva vendo o outro se encolher um pouco. 

- Me desculpa! - Ele diz meio envergonhado, mas apenas o ignorei e sai dali. 

(Você anda muito ranzinza 'Deadpoolzinho', assim nunca vão dar certo.)

[E agora eu quero tocar naquela bunda.]

{Não pode fazer isso conosco. Também vivemos com você.}

(Sinto que plantei a semente da discórdia e que a estou semeando.)

[Só acho que agora devia botar o Peter na nossa adorável cama.]

- Olha ai já começou a putaria. - Digo. 

(Tenho do pena Peter, morar com você não vai ser fácil.)


*-*

Peter On


Acho que não é uma boa hora para tentar conversar com o Wade, então apenas me levantei e fui para o meu quarto, mas saber que ele tem esquizofrenia assim me deixou um pouco assustado, mas nada que eu não possa resolver com o tempo. Mas que ele continua lindo isso eu não posso negar, mas eu não queria me envolver com ninguém não depois da Gwen ter terminado comigo.

Parei de pensar nessas coisas e peguei uma muda de roupa para tomar o meu banho, pois amanhã seria o meu ultimo final de semana em casa e já voltariam as aulas e eu estou precisando relaxar um pouco já que essa mudança me deixou todo dolorido. Entrei no banheiro tirando a minha roupa a jogando pelo chão e liguei o chuveiro para que a água esquentasse antes de tocar a minha pele, enquanto tomava um banho bem caprichado eu ia me distraindo cantando musicas aleatórias que eu mal me lembrava do final.

Ao sair do banho coloquei a minha roupa e voltei para o meu quarto me deitando na minha cama e logo tive a sensação de estar sendo vigiado por alguém, me levantei da cama e fechei as cortinas, mas a sensação não me abandonava porém acabei apagando.

*-*

Acordei me sentindo mais sonolento que o normal, mas o Sr. Wilson estava me chamando do outro lado da porta. Rapidamente levantei da cama para ver o que tinha acontecido, mas acabo caindo no chão pela tontura momentânea, me levanto novamente com mais calma e vou abrir a porta sendo recebido por um olhar fixo e meio estranho do homem a minha frente.

- Bom dia Sr. Wade. - Digo fazendo ele sair do seu pequeno transe.

- Bom dia Petey. - Ele diz sorrindo como se estivesse zombando de mim.

- É Peter e não Petey. - Digo um irritado por ele ter errado o meu nome, mas ele não pareceu feliz com a minha reação. Ele vira de costas para mim dando a impressão de que iria embora. - Me desculpe, não fiz por mal.

- Claro que nao fez Peter ou devo Homem-Aranha? - Ele diz se virando novamente com uma Glock 19 apontada para a minha cabeça. - Mas nunca mais isso irá se repetir. - Ele continua a dizer se preparando para apeetar o gatilho.


Notas Finais


Espero que gostem!! 💜
Obrigada por lerem!! 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...