História Minha vida se baseia apenas em você - Chaelisa - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oláaaaa!!!
Voltei denovo com um novo cap para vocês espero que gostem♡

Capítulo 3 - Conhecendo a prisão


POV Lalisa

Depois de implorar ao meu pai para não ir ao colégio e ele não aceitar fui para o meu quarto,resolvi conhecer um pouco daquele colégio.

Primeiro procurei fotos dele,era grande,tinha quase o tamanho de uma cidade,era como de fosse uma,mas era uma estrutura muito antiga,nas janelas da frente daquele enorme colégio tinham várias grades,a porta também tinha uma grade,por isso resolvi chamar aquele lugar de prisão.

As paredes eram de tijolos e tinham sido pintadas de vermelho,mas com o tempo aquela cor passou a ser uma cor morta,sem vida.

Depois de ver as fotos do colégio procurei saber como era por dentro,vi tudo o que podia ser encontrado na internet sobre a sua estrutura interior,e realmente era enorme,tinha um local exposto a céu aberto,ficava no centro do colégio e lá se encontravam várias lojas e outros pontos que vários adolecentes gostam de ir,haviam construido aquilo porque ninguém podia sair de lá,não era permitido,todos deviam ficar na escola o ano todo e só poderiam sair nas férias no fim do ano para voltar a suas devidas residências.


Mais uma prova de que aquilo é uma prisão.


Fiz outras pesquisas para saber mais sobre as regras daquela prisão.Ela funcionava na base das notas,algo que me deixou surpresa,eu realmente nunca tinha visto um colégio assim.

Basicamente tudo tinha a ver com suas notas.Se você é um bom aluno com boas notas e um bom comportamento você ganha muitos pontos.

Esses pontos funcionavam como dinheiro,para pagar lanches,comprar aparelhos eletrônicos,comprar material escolar,comprar tudo o que você pudesse imaginar.

Também tem os quartos,os quartos não são comprados com pontos,são escolhidos com base nas notas,se você quer um quarto bom precisa ter boas notas,tem que estudar bastante,ou simplesmente colar como eu fazia na minha antiga escola,mas nunca dava certo porque eu sempre era flagrada fazendo isso.

Passei grande parte do meu tempo procurando sobre esse colégio,descobri também que conseguir uma bolça de estudos lá é dificil,por isso a maioria das pessoas que estudam lá são ricas e mimadas.

Tentando saber mais sobre o meu novo campo de batalha passei o resto da tarde lá trancada em meu quarto e nem vi quando escureceu,logo minha irmã mais nova apareceu.

- Você devia sair desse quarto e tomar um ar,você está aqui o dia todo. - Minha irmã falou.

Me virei em direção a ela. 

- É...eu acabei de perceber,daqui a pouco vou descer para comer algo e tomar um ar lá fora - Falei.

- O que você passou o dia fazendo hein? - Falou em um tom brincalhão,esse tom me lembrava da mamãe...

- Estava conhecendo o meu novo campo de batalha. - Respondi

- Olha lá! Não vai fazer merda não,o papai já não está mais te aguentando! - Disse com um tom autoritário.

Soltei uma risada.

- Minha irmã mais nova querendo mandar em mim,tão fofa! - Falei e depois começei a rir denovo.

- Posso ser mais nova,mas sou mais responsável,mais obediente e tenho mais juizo que você! - Falou com um pouco de raiva.

- Tá bom,tá bom! Agora que já me encheu vai assistir seus desenhos e me deixa em paz...pequena adulta. - Começei a rir denovo e ela saiu com raiva,odiava quando eu debochava dela.

Depois de rir um pouco resolvi ir até a cozinha e comer algo,tinha passado a tarde inteira sem comer nada então peguei muita  comida da cozinha e fui em direção ao jardim de trás,me sentei na grama e fiquei observando o céu enquanto lotava a minha boca com os doces que eu havia pegado na cozinha.

Começei a pensar em como a minha vida seria quando estivesse estudando naquele colégio,eu teria que estudar muito para conseguir uma vida boa lá,teria que conhecer pessoas e eu não era muito boa nisso,eu não tinha amigos no meu colégio antigo,o único amigo que já tive era a minha irmã,ela fazia bem o seu papel,mesmo com a diferença de idade eu podia contar tudo a ela,é uma menina muito esperta e madura.

Eu também tive a minha mãe,mas ela passava muito tempo fora trabalhando e dificilmente me via,mas quando eu podia conversar com ela eu passava todo o tempo possível com ela.

Tive uma infância triste e solitária,ninguém queria amizade com alguém rico na minha escola,achavam que fossem mimados e não queriam estar perto,por isso sempre odiei o fato de ser rica.

Percebi que estava chorando,lágrimas escorriam em meu rosto,estava soluçando e chorando muito,não conseguia parar por mais que eu tentasse.

Minha irmã apareceu no local e me pegou chorando.

- Por que está assim? - Perguntou assustada.

- É que...eu...estou sozinha,nunca tive amigos e lembrar disso me deixa triste... - Falei com uma voz triste.

- A bom! Pensei que tivesse se machucado ou coisa pior! - Falou

Eu a encarei com raiva.

- Você não tem sentimentos! - Gritei.

- Isso é só drama seu,você nunca teve amigos mas nem se importou com isso.Você é uma garota forte e só está querendo fazer drama. - Falou debochada.

- Você me irrita! - Gritei mais calma,aquele jeito dela havia me animado.

- Legal agora passa os doces! - Pegou o pote que estava do meu lado e começou a enfiar tudo na boca.

- Você me irrita muito! 

- Sei disso - Falou com a boca cheia de doce - Aliás... - Mastigou um pouco - Como que você vai pro colégio com as visitas? - Perguntou.

- Eles ainda estão presos? - Perguntei

- Sim,o que vai fazer?

- Você pode cuidar deles para mim? - Perguntei com uma voz fofa.

Me encarou.

- Táa! - Revirou os olhos.


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...