1. Spirit Fanfics >
  2. Minhas Preciosidades >
  3. Minhas Preciosidades

História Minhas Preciosidades - Capítulo 1


Escrita por: Aline_Black_Lih

Notas do Autor


Fanfic escrita em reposta ao desafio do grupo Severo Snape Fanfictions - Advento da Vitória.
Prompt: Teclas de piano

Avisos:
1. O universo de Harry Potter pertence a J. K. Rowling.
2. História sem fins lucrativos.
3. Fanfic de Severus e Hermione.
4. Créditos da imagem ao fotógrafo, imagem tirada do Unsplash.

Capítulo 1 - Minhas Preciosidades


Fanfic / Fanfiction Minhas Preciosidades - Capítulo 1 - Minhas Preciosidades

Os dedos dele deslizavam hábeis e coordenados sobre aquelas teclas de piano, fazendo com que uma doce e harmoniosa melodia invadisse o ambiente. Ele tocava o instrumento com emoção, pois o fazia para sua amada, que estava sentada ao seu lado, apreciando a música.

— Sabe, Severus, — disse ela quando ele deu uma pausa na música — acho que uma das coisas que me fez apaixonar-me por você foi ouvi-lo tocar piano.

Snape virou-se para a esposa e a encarou.

— Antes de “declarar-se para mim”, você me viu tocar piano apenas uma vez. Já foi suficiente para apaixonar-se? — Ele a encarava com a sobrancelha arqueada e um leve ar sarcástico perpassando por suas palavras.

— Sim, foi suficiente. — Respondeu Hermione sorrindo. — Algo na forma em como você estava tocando me cativou. Eu não sei explicar exatamente o que era, mas vê-lo tão concentrado na melodia, fez meu coração bater mais forte naquela tarde.

— Eu ainda lembro no que eu estava pensando enquanto tocava piano naquele dia. — Disse Snape.

— Lembra? — Perguntou Hermione surpresa.

— Sim, minha querida, eu lembro. — Snape reafirmou.

— Eu gostaria de saber quais eram seus pensamentos, claro, se desejar dividir comigo. — Hermione disse.

Severus beijou a testa da esposa e respondeu:

— Se deseja saber, minha querida, é claro que irei compartilhar com você.

Snape passou levemente a mão sobre uma das bochechas da esposa e, com ar distraído, falou:

— Eu estava tocando aquela triste melodia pensando em como eu tinha certeza de que iria passar o restante de meus dias sozinho. Em como a minha ridícula existência havia sido salva para que eu acabasse não fazendo nada de útil com ela.

Hermione segurou a mão do marido, que estava sobre sua bochecha, e beijou com delicadeza. Mas não falou nada, esperou ele terminar seu relato.

— Eu estava pensando em como você havia perdido seu tempo, salvando a mim, alguém que estava condenado a viver recluso dentro de si mesmo.

Severus parou de falar. Então Hermione tomou a palavra.

— Saiba que salvá-lo nunca foi perda de tempo, meu amor. Eu salvaria sua vida quantas vezes fossem necessárias para que eu pudesse tê-lo comigo para sempre.

Hermione beijou os lábios do marido.

— Severus, eu quero que você tenha em mente que, desde aquele dia que nos beijamos pela primeira vez, eu não tinha intenção nenhuma de te deixar partir. Tanto que me casei com você. — Hermione levantou a mão esquerda e com a mão direita apontou a aliança que estava em seu dedo anelar. — Você nunca mais estará sozinho.

Hermione pegou a mão do marido e colocou sobre a própria barriga.

— Eu e nossa garotinha sempre estaremos ao seu lado, meu amor. Você nunca mais estará só, mesmo que queira. — Ela terminou a frase com ar divertido.

Severus deu um meio sorriso.

— Agora, volte a tocar para nós, eu e sua filha amamos quando dedica suas canções a nós. — Disse Hermione.

— É claro, minha querida. — Disse à Hermione, depois acariciou a barriga da esposa e completou. — É claro que vou tocar para minhas preciosidades.


Notas Finais


Espero que tenham curtido essa pequena drabble!
Beijo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...