História Minhas vidas passadas. (Vkook -Taekook) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Taekook, Vkook
Visualizações 101
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Festival- Lembranças perdidas


Fanfic / Fanfiction Minhas vidas passadas. (Vkook -Taekook) - Capítulo 9 - Festival- Lembranças perdidas

" Eu sei bem, lembranças tristes são as piores, mas você esta bem com isso certo? Foi você quem decidiu vir ate mim. Eu nunca te procurei, mas sei quando esta perto por isso vou ate você. Se eu te mostrar lembranças tristes você se afasta? Tenho certeza que é melhor assim, pelo menos, poderá sorrir mais. Sei que não quero que se afaste, mas também, não quero que se aproxime de mim, então vamos aproveitar o tempo assim já que não podemos parar."

~ Jungkook On ~

Acordei com alguém batendo na porta, mas estava me sentindo tão confortável onde estava que não queria nem sair dali. Me mexi um pouco para tentar me ajeitar mais confortavelmente e percebi que tinha alguma coisa errada. * Se me lembro bem, quando acordei antes, o Taehyung havia chegado e eu fui chama-lo para alguma coisa, mas onde foi que eu dormi se eu me levantei?* Abri os olhos e olhei para onde estava e quando vi dei um pulo para fora da cama e quase bati a cabeça.

- Jungkook? Taehyung? – Escutei a voz do Jimin do outro lado da porta. – Esta tudo bem?

- Ah esta sim Jimin... – Falei assim que abri a porta. – Mas o que é que você quer? – Perguntei enquanto me espreguiçava.

- Não acredito que vocês estavam dormindo ainda... – Ele entrou no quarto. – Taehyung acorda. – falou no olvido dele quase gritando.

- O que? o que, acordei... – O garoto se levantou na maior tranquilidade. – Ah não, que horas são? – Se levantou da cama.

- 18:45 e você ainda nem tomou banho. – Jimin parecia que estava com raiva.

- Peço desculpas por isso, Jungkook eu vou tomar banho primeiro e colocar a roupa para o festival, quando eu sair você entra, eu o Jimin te ajudamos a colocar tudo esta bem. – Pegou as coisas e saiu correndo para o banheiro.

- Tudo bem... – Voltei minha atenção ao Jimin e o olhe de cima a baixo. – Jimin, você sabia que esta parecendo uma garota? – Falei rindo.

- HA HA muito engraçado você, quero ver quando colocar a sua roupa... – Fiquei confuso. – Você ficou lento depois que o Taehyung se mudou para esse quarto? O festival é a caráter.

- Ah então é isso...

Quando o Taehyung saiu do banheiro, eu entrei e fui tomar meu banho, que acabou me acordando de vez. Assim que sai do banho e voltei para o quarto, dei de cara com o Taehyung já vestido a caráter e fiquei surpreso. * Porque nele parece já tinha o visto assim, mas com o Jimin só da vontade de rir?* Fui colocar minha roupa e os dois tentaram me ajudar com a peruca. Assim que saímos do dormitório, fomos direto para o lugar onde seria o festival e eu fiquei surpreso com o resultado.

- Parece que voltamos no tempo... Isso ficou incrível. – Sai andando a frente deles.

- Eu sei... Mas vai com calma Jungkook.- Tentei me conter e esperar o Jimin e o Taehyung, mas quase não conseguia, queria ver tudo. * Isso me trouxe uma sensação tão boa.*

- Jimin você se lembra dessas mascaras? – Peguei uma e coloquei no rosto.

- Claro que sim, te assustei com uma dessas quando te conheci... Mas pensei que não existisse mais. – Acabei prestando atenção no Taehyung que parecia não se divertindo.

- Taehyung... – Assim que o chamei ele me olhou e não sabia o que fazer, então olhei em volta. * Já sei... só espero que der certo.* - Vamos assistir o teatro de sombras?

- Oh sim, sim, pode ser. – Falou confuso. – Assim que nós sentamos a Historia começou.

“Há muito tempo atrás, vivia na província de Cholla,o filho de um homem com muitas posses chamado Yi Minhyuk . Ele tinha um talento esplendido para musica e quando podia tocava para o seu pai e a medida que o tempo foi passando, o garoto desenvolvia cada vez mais seu talento, ao mesmo tento sua beleza ficava cada vez mais conhecida por aqueles que o ouviam tocar e cantar. Um dia o Jovem Minhyuk, foi chamado pelo rei para tocar em uma de suas muitas festas, mas o garoto não queria ir, pois sabia que o rei não estava o chamando apenas por causa de sua musica. Infelizmente seu pai o obrigou a ir a tal festa...”

- Poxa coitado... – Falei baixinho.

- O que foi Jungkook, porque essa cara por causa de uma historia? – Taehyung perguntou me olhando.

- O personagem principal me lembra um pouco o Jimin. – Falei voltando a olhar para o palco.

- Serio? Em que parte?

- Deixa para lá, eu quero ver a apresentação agora... – Eu estava um pouco chateado com aquela historia, mas aquilo foi do nada.

“ Aquela noite Yi Minhyuk tocou musicas tristes para o rei, que ouvia com muita atenção e o olhava com malicia. Assim que Minhyuk  terminou de tocar, guardou seu instrumento e foi tentar aproveitar a festa, mas não conseguia ficar tranquilo com os olhares do rei sobre ele, então foi ate o Jardim do palácio onde encontrou o seu novo amigo, o mesmo que o guiou pelos corredores daquele lugar algumas horas atrás. Sentou-se perto do rapaz e começou uma conversa que durou horas, sobre a vida deles e o que esperavam para o futuro ate que um deles falou para o outro que já haviam se conhecido em outras vidas. Assim que escutou aquilo Yi Minhyuk  riu um pouco e disse ao amigo que já estava melhor ele não precisava fazer piadas para anima-lo...”

- Jungkook, eu conheço essa historia temos que sair daqui... – Taehyung estava serio.

- O que aconteceu? Não gosta dessa historia? – Perguntei tentando entender o motivo dele estar começando a se agitar.

- É serio Jungkook, essa historia é triste e me incomoda um pouco. – Falou já se levantando e saindo do local.

- Ei me espera... – Sai andando atrás dele. – Taehyung? Esta chorando? Ei olha para mim... – Segurei o rosto dele e o fiz olhar para mim, mas ele desviou o olhar. * Sabia, ele esta chorando? Fiz coisa errada de novo.* - Taehyung, me desculpa esta bem, não deveria ter te chamado para assistir essa peça. – O larguei.

- Não precisa se preocupar, já esta passando, mas se quiser mesmo se redimir... – Ele sorriu maliciosamente.

- Ei olha lá o que vai pedir viu, eu não prometo nada. – Disse serio.

- Não se preocupa Kook, não é nada de mais. – Falou animado.

- Kook?

- Sim e a partir de agora você vai me chamar de Tae. – Falou autoritário.

- Nem pensar... – Cruzei os braços, mas assim que ele começou a fazer carinha de cachorro abandonado tive que sede.- Tudo bem, mas não vai pensando que somos melhores amigos não.

- Tudo bem... – Ele deu uns pulinhos de felicidade – Agora vamos, tem uns jogos por ali que você vai gostar. – Saiu me puxando.

- Vai com calma ai taehyu... – Ele me olhou com os olhos estreitos. – Tae, não precisa se apresar.

- Ok Kook, você tem razão, temos que aproveitar a caminhada ate lá.

~ Jungkook Off ~


Notas Finais


Desculpem os erros ou outra coisa.
O que achou?
Pode comentar se quiser.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...