1. Spirit Fanfics >
  2. Miniatura de inspetor. >
  3. É proibido correr

História Miniatura de inspetor. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, pessoal. Espero que gostem!

Capítulo 1 - É proibido correr


Fanfic / Fanfiction Miniatura de inspetor. - Capítulo 1 - É proibido correr

Park Jinyoung estava fazendo a sua patrulha rotineira pelo corredor quando o som de passos rápidos e pesados começaram a ecoar pelo ambiente se intensificando cada vez mais nos seus ouvidos, olhando por cima dos ombros ele pode ver Bambam correndo com um Skate na mão e Jaebeom logo atrás perseguindo o mais novo.  

O inspetor apenas esperou calmamente até que ambos se aproximassem para enfim estender uma das perna para frente fazendo com que os dois tropessassem antes que tivessem tempo de freiar. 

 No final, ele tinha conseguido dois rapazes caídos no chão e um skate rolando pelo corredor. 

"Yah! Park Jinyoung, você ficou louco?!" Exclamou JB enfurecido ainda no chão 

 "Hyung, Por que fez isso?" Reclamou Bambam enquanto checava se o joelho doido estava machucado ou não. 

 "É proibido correr pelos corredores, um acidente pior do que esse pode acontecer se continuarem fazendo isso." Explicou JinYoung 

 "Não teria acidente nenhum se você não tivesse provocado um!" Acusou JB se levantado já sem paciência 

 "De qualquer forma, correr nos corredores é proibido. Como punição vocês vão ficar na detenção hoje." Informou o Park enquanto anotava em seu bloco. 

 Em seguida ele destacou dois pedaços e entregou para cada um dos  meninos. Bambam apenas recebeu com uma expressão emburrada, mas JB não quis aceitar o papel empurrando a mão dele fazendo com que o aviso caísse no chão. O Park mordeu o canto da língua tentando manter a calma. 

 Jinyoung já tinha encotrado muitos valentões que tentavam passar por cima dele, aquela não era a primeira e nem seria a última vez que aquilo aconteceria e ele não pretendia perder a comportura só por causa do Lim Jaebeom. 

 "E se eu não quiser?" Desafiou JB se aproximando de forma intimidadora. O mais velho dos três se sentia completamente injustiçado, afinal ele apenas estava correndo atrás do outro para pegar o seu skate de volta. 

"Você aceitando o papel que eu te dei ou não, eu ainda tenho tudo anotado no meu bloco." Declarou o inspetor do corredor, para logo em seguida ver o outro rapidamente arrancar o bloco da sua mão, destacar algumas folhas e jogar o material no chão. 

 "Hyung, também não precisa disso tudo! Ninguém vai morrer por causa de uma detenção!" Bambam se colocou entre eles tentando chamar a atenção para si e amenizar a situação. 

 "Fica fora disso que a culpa sua!" Disse JB empurrando o mais novo no chão sem sequer desviar os olhos para ele, já que os mesmos estavam ocupados encarando intensamente os do Park enquanto sua mandíbula saltava de raiva. 

 Os três corações batiam cada vez mais rápido por conta do clímax das emoções despertadas. 

 Apesar de nervoso por dentro, Jinyoung se recusava a demostrar qualquer sinal de que estava desestabilizado por causa do Lim, mas tinham coisas em seu corpo que ele simplesmente não podia controlar, como a sua mão que apesar de fechada estava levemente trêmula e molhada com supor frio. Depois de poucos, porém longos segundos se negando a desviar os olhos dos do Lim, ele engoliu em seco e corajosamente decidiu se pronunciar. 

"Acha que fazendo isso vai apagar todas as provas, eu ainda tenho tudo na minha cabeça. E agora? Vai me bater até eu perder a memória?" Disse o Park firme, não se mostrando afetado pela expressão do outro. 

 Mais alguns segundos se passaram e Jaebeom permaneceu na mesma posição duro como uma estátua, a iniciativa partiu de Bambam que após se recuperar do choque se levantou e arrastou o outro para longe.


Notas Finais


Imagina todos os meninos Got7 adolescentes estudando na mesma escola, iam estabelecer o caos. Ainda bem que temos o inspetor Park pra colocar ordem na casa, isso quando não é ele quem está tacando o terror!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...