1. Spirit Fanfics >
  2. Miraculos: o desafio de salvar o mundo sendo pais >
  3. Duelo de espadas.

História Miraculos: o desafio de salvar o mundo sendo pais - Capítulo 13


Escrita por: BiaSouza868

Notas do Autor


Como eu disse nas outras fics.. mandaram um trava zap para o meu celular, tive que reiniciar e custei para lembrar a senha do aplicativo, sem contar que perdi os que já tinha feito. Por isso a demora.
Boa leitura ^^

Capítulo 13 - Duelo de espadas.


Fanfic / Fanfiction Miraculos: o desafio de salvar o mundo sendo pais - Capítulo 13 - Duelo de espadas.

                     ADRIEN 

Se arrependeu de ter saído daquela forma assim que cruzou a esquina, estava se sentindo um verdadeiro idiota por ter gritado com a própria esposa quando o errado por ter corrido para combater um sentimonstro sozinho fora ele. Sem Marinette talvez nem ele mesmo estivesse ali. Sabia que passará dos limites já que nem mesmo Plagg que amava implicar com suas escolhas erradas estava quieto dentro de seu casaco, e até Hugo em seu colo o encarava seriamente como se pedisse uma explicação. 

- Eu sei.. não foi nada legal.. - comentou arrumando o garotinho nos braços. Queria tanto alguém para conversar agora mais depois de pisar na bola estava com vergonha de olhar para a Marinette, tinha o Nino claro. Mas se eu ligar e ele contar para a Alya o que houve eu vou estar encrencado. - O que faço agora?

- Adrien? É você mesmo? - a voz atrás dele fez com que se virasse, a moça o olhava com a mesma expressão séria de quando eram adolescentes. - E esse bebê aí.. virou baba?? 

- O que?.. não.. esse é o meu filho, Kyoko.. eu não.. esperava te encontrar por aqui. - Hugo se agitou desconfortável quando ela tentou toca-lo e ameaçou chorar fazendo a azulada se afastar. 

- Devia dar mais educação a ele.. deixa eu adivinhar, a mãe é a Marinette? - Adrien assentiu. - Sabia.. esses olhos azuis confusos entregam tudo. Mas o que aconteceu? Você pare e bem acabado e prestes a chorar igual a um bebê. 

- Você não mudou nadinha. - falo rindo. - Eu.. briguei com a Marinette, na verdade eu fui o errado. Mais não sei como pedir desculpas agora. - confessou a ela. - Pensei que você tinha se mudado para o japao.

- Eu me mudei. Mas recebi uma proposta recentemente que me fez retornar. - falou de modo simples. 

- Olha Kyoko.. espero que mesmo que não tenhamos dado certo possomos ser bons amigos.. 

- Já superei você Agreste. Agora, que tal um duelo de espadas?? A menos que esteja enferrujado. - provocou de modo bombeiro, dou um sorriso é levanto balançando a cabeça.

- Nunca vou estar enferrujado para a esgrima.. vamos.. sei de um lugar onde podemos lutar a vontade. - disse ansioso, e se levantou caminhando com ela por Paris. 

                        * * * 

Hugo roncava no carrinho dá arquibancada sem nem se importar com o som das espadas vindas um pouco mais a frente, enquanto isso Adrien e Kyoko lutavam cara a cara na arte nobre das espadas. 

- Até que você não está tão ruim quanto eu pensei, andou praticando??

- Digamos que  a esgrima é algo presente no meu dia a dia. - respondeu se lembrando das lutas como CatNoir. 

- Ae?? Para trocar fraldas precisa de uma espada?? - ela atacou pela frente e ele defendeu com um movimento.

- Claro que não.. e a Marinette me mataria. - Dessa vez ele atacou pela direita mais foi bloqueado. 

- Ah.. ela.. continua fazendo o que os outros esperam de voce Adrein? - indagou o empurrando para trás com a espada. 

- Claro que não. - respondeu firme.

- Então ninguém esperava que você terminasse comigo? Ninguém esperava que namorasse e casasse com ela? Ou que virasse modelo quando na verdade gostaria de música??!

- O que..? E claro que nem todo mundo nos apoiava.. e eu gosto de música mais.. 

- Está vendo!? Nem você mesmo tem certeza!! - ela o tocou com a espada fazendo um ponto. - Um relacionamento do qual não tem certeza?.. isso parece justo para você??

- É claro que tenho certeza. Eu amo a Marinette e temos um filho juntos. 

- Então o casamento é pelo seu filho?!

- Claro que não!!

- Você só está se complicando mais. Quando cansar de mentir para si mesmo podemos conversar. - ela guardou a espada. - Vou esperar até lá. 

- Kyoko espera aí.. 

- Tenha uma boa tarde Adrien. - saiu do lugar batendo a porta, deixando o agreste com uma expressão confusa e a mente embaralhada como uma pergunta.. seus olhos correram até Hugo que agora  babava..E esse ela estiver certa?? 


Notas Finais


Obrigado por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...