História Miraculous: Coração dividido em dois - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, Chloé Bourgeois, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Sabrina
Tags Adrinette, Miraculous, Romance
Visualizações 172
Palavras 2.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, eu fiz uma "enquete" perguntando se vcs queriam este capítulo em que as meninas apenas chegavam na festa, porém o cap sairia hoje. Ou tudo de uma vez só, com um capítulo gigantesco que saíria daqui alguns dias.
Eu disse que deixaria algumas horas para vcs decidirem, mas nem foi preciso. A grande parte escolheu este cap hoje, então... Aqui extou!
Espero que gostem! ❤

Capítulo 59 - O início de uma noite badalada


P.O.V. MARINETTE

Enquanto as meninas ainda comiam, fui lavar minhas mãos na cozinha. Quando saio, quase esbarro em Luka.

Olho para o mais alto que sorri lindamente para mim, que retribuo.

Marinette: Oi, Luka! Não vi você hoje...

Luka: Oi! Pois é, hahaha meu grupo foi montado depois que o seu já tinha saído. Mas pelo que fiquei sabendo, chegamos primeiro. - ri, fofamente.

Rio com ele.

Marinette: É, digamos que meu grupo teve... Alguns contratempos. - rio novamente, lembrando do ocorrido.

Luka: Em todo caso, fiquei preocupado. Você está bem?

Antes de responder, meus olhos se cravam em uma figura específica que adentra o local junto à Nino e Plagg: Adrien.

Desvio o olhar rapidamente quando ele me nota, e volto a falar com Luka.

Marinette: Ah... Sim, estou ótima. E você, como vai?

Luka: Vou bem, apenas estava com saudades.

Sorrimos.

Antes que qualquer de nós disséssemos mais algo, dois garotos que eu não conheço entram e um deles coloca a mão sobre o ombro de Luka.

???: E aí, parceiro? Te espero lá na festa amanhã, ok?! - o rapaz sussurra a última parte.

Luka apenas o olha e assente, discretamente.

Os dois realmente acham que eu não percebi?

O outro garoto, calado até agora, parece me notar e sorri, educadamente.

Saio da frente de Luka enquanto ele está aos cochichos com seu amigo, e me aproximo do outro garoto.

Marinette: Oi! Sou a Marinette.

???: Oi! Meu nome é Igor.

Marinette: Prazer! Ei, que festa é essa que eles estão falando?

Igor: Uma festa escondida dos professores, diretores e tal. É tipo... Secreta, então, não conte a ninguém que possa nos denunciar, ta?

Marinette: É, claro! Obrigada por me contar. Quando vai ser?

Igor: Amanhã à meia noite nos encontraremos em meu chalé. Depois, seguiremos para a floresta.

Marinette: F-Floresta?

Igor: É, por causa do som e tal...

Marinette: Ah... Bom, em todo caso, boa festa pra vocês! - sorrio, educada.

Igor: Você não vai?

Marinette: Não sei, e, de qualquer maneira, não fui convidada.

Igor: Se este for o problema, eu estou convidando-a agora. - sorri fofamente.

Sorrio para ele também.

Marinette: Sério mesmo? - ele assente. - Ah... E eu posso levar duas amigas? Digo... Se eu for, né.

Igor: Claro! E quero que vá sim, viu?! Vou te esperar hahaha.

Marinette: Aah, muito obrigada! Pode deixar!

Luka: O que vocês estão cochichando aí?

Dou um pulo, e Igor também, tadinho hahahaha.

Igor: Eu só estava fal...

Marinette: Não é nada! Apenas fazendo amizade.

Sinto o olhar curioso de Igor sobre mim, mas ele não contesta.

Não sei porque menti, mas... Não sei. Achei melhor assim.

Luka e seu amigo nos olham, desconfiados.

Igor se coloca ao meu lado e me abraça pelos ombros.

Igor: É, estávamos fazendo amizade. Marinette é muito divertida hahaha.

Sorrio, mas estou suando, nervosa também.

???: Enfim, nos vemos depois, cara! De qualquer forma... Até amanhã!

Eles trocam um cumprimento e depois com Igor, que por fim, sorri e murmura um "até amanhã à noite.". Sorrio para ele e assinto discretamente.

Olho ao redor, para não encarar o olhar curioso de Luka. Aproveitando da situação, acabo percebendo que Adrien e os meninos não estão mais aqui. 

Ué... Aonde foram?

Aii! Que pergunta idiota, Marinette! Eles saíram da cozinha, ué, normal oshii.

Luka: Ta me ouvindo?

Hã?

Marinette: H-Hã?

O garoto ri.

Luka: Nada, não, deixa pra lá. Vêm, vamos sair daqui, está abafado.

Assinto, e saio junto à ele. A brisa noturna esvoaça meus cabelos.

Começamos a andar aleatóriamente, até que decido testar uma teoria.

Marinette: Sobre o quê estavam falando?

Luka: Q-Quem?

Marinette: Você e o outro garoto.

Luka: Ah... Estávamos apenas falando sobre alguns projetos de parceria entre nossas fraternidades.

Ahá! Mentiroso!

Marinette: Ah é?! Que legal! - sorrio. - E marcaram de se encontrar amanhã para resolverem isso? - pergunto "inocentemente".

Luka: Isso!

Marinette: Bom, que legal haha, tomare que dê tudo certo.

Luka: Verdade hahaha, dependendo, tem grandes chances de dar bem ruim hahaha.

Sei... Realmente, se os professores nos pegassem dando festa, daria muito ruim.

Marinette: É só manterem no máximo sigilo e tudo ficará bem.

Sinto o olhar de Luka sobre mim, mas permaneço sorrindo enquanto observo a imensa escuridão ao redor.

De canto de olho, vejo-o manear a cabeça, como se tentasse afastar algum pensamento.

Depois, voltamos a conversar sobre várias coisas, normalmente. Vez ou outra, eu dizia coisas com duplo sentido, me referindo à festa. Algumas o rapaz não percebia, mas as vezes me olhava estranho, confuso.

Depois de mais ou menos meia hora, ele me deixou em meu chalé. Me despedi com um abraço e depois entrei. As meninas, óbvio, me olharam maliciosas. Eu apenas revirei os olhos, mas estava sorrindo, coisa que quase as fizeram enloquecer.

Tikki: O que houve, hein? - diz enquanto sorri maliciosa.

Marinette: Aquietem esse fogo no rabo!  - Mylene, que estava deitada na cama, ri. - Eu descobri algo interessante para todas nós. 

Tikki: Então diga-me!

Ando até lá e me sento na cama, ao lado de Mylene. Tikki e Alya estavam sentadas no chão, aos pés da cama.

Conto tudo. Sobre a conversa com Luka, Adrien, os dois meninos, Igor, a festa e como esta seria.

Quando termino, Tikki parecia que ia explodir. Ela salta do chão e começa a correr de um lado à outro, gritando.

Tikki: AAAAAAAAAAAAAAA JÁ TAVA NA HORAAA! UM POUCO DE DIVERSÃO, AMÉM IGREJA! Uhuuuuuuuul!

Me levanto rápido e no impulso, pulo em cima da garota, derrubando nós duas no chão. Tampo sua boca, impedindo que dissesse mais coisas.

Marinette: CALA BOCA! É segredo! S-e-g-r-e-d-o! Sabe o que isso significa?!

Tikki revira os olhos.

Tiro então minha mão de sua boca e nos levantamos. A garota ainda carrega um sorriso de orelha a orelha.

Tikki: Nós vamos com certeza!

Marinette: Eu não sei, não... Sei lá, na floresta... É meio estranho.

Tikki: Acooooorda, amiga! Isso é como naqueles filmes de adolescente! Vai ser incrível!

Mylene: Eu não vou...

Marinette: Ué... Por que?

Mylene: Eu marquei festinha do pijama no chalé da Alix... - faz uma carinha travessa.

Rimos.

Alya: Tudo bem, então. Mas você não tem desculpa, Marinette. Você vai e pronto!

Marinette: Mas... 

Tikki: Sem "mas"! Você vai, nem que seja de pijama!

Reviro os olhos.

Marinette: Aff! Vocês são muito idiotas! - digo, sorrindo. As duas vêm e me abraçam.

"Sabemos disso!" - dizem em uníssono, nos fazendo rir.


Quebra de tempo

P.O.V. ALYA

Depois que saio do banheiro, dou um tapinha na testa de Tikki, que ainda dormia e um "Bom dia!" à Marinette que ia seguindo, sonolenta, para o banheiro.

Saí enrolada na toalha, então me dirijo à minha mala, para escolher uma roupa. Depois da langerie, pego um short jeans curto e uma camiseta bem grande, preta.

Passo desodorante e me visto. Passo perfume e pego minha escova de cabelo junto à uma xuxinha.

Quando termino de desembaraçar meu cabelo, Mari sai do banheiro e eu entro, usando o espelho para pentear um rabo de cavalo bem alto em meu cabelo.

Saio e dou novamente um peteleco em Tikki, que levanta, resmungando.

Vou até minha mala e pego um boné preto. Como ainda está muito cedo, apenas prendo-o ao cós de meu short.

Calço meu coturmo preto, divoso!

Quando termino de me arrumar, me sento à cama, observando Mari terminar de se aprontar. A garota veste uma blusinha amarela e uma jardineira jeans curta. Em seu cabelo, marias-chiquinhas; nos pés, um tênis botinha marrom.

Alya: Meu Deus, Mari! Você está vestida como se fosse passear.

Marinette: O que? Com essa roupinha?! É um look jardineiro, eu só não trouxe o chapéu.

Alya: Sério?

Marinette: É, eu trouxe e vai combinar bem com as atividades de hoje.

Alya: Quais serão?

Marinette: Iremos jardinar e colher frutos.

Alya: Legal.

Tikki passa por nós, toda animada, nos dando "bom dia". Mari e eu assistimos enquanto a ruiva se este com um short marrom e uma camiseta verde.

Alya: Ta parecendo um pinheirinho de natal! O tronco, as folhas e seu cabelo vermelho são as bolinhas. - opino.

Tikki: Te aquieta aí, Franga! Tu não vai me estressar hoje! - diz sorrindo.

Alya: Eu, hein! Tô até com medo de você. Esse seu sorrisão de palhaço assassino.

A garota simplesmente sai saltitando e cantarolando.

Tikki: Eu, quero que tu vááá, vá tomar no cu!

Rio com a música direcionada a mim. Seguimos todas para fora e fecho a porta atrás de nós. Vamos pro refeitório, tomar café.

De café da manhã, pego um copo de suco de laranja e um misto quente; Mari pega fatias de queijo branco e suco de maracujá; Tikki pega dois mistos quentes, queijo, uma fatia de bolo de chocolate, uvas e um copo de leite.

Marinette: Misericórdia! Você pegou café pra nós três?!

Tikki: Tira o olho, peste! - diz, ainda com o sorriso no rosto.

Nos sentamos em uma mesa e começamos a comer

Tikki: Gente... - mastiga. - eu passei a... - mastiga. - madrugada pensando eum um look pra hoje. - dá um gole no leite. - Eu acho, que irei... - uma mordida no sanduíche. - usar um vestido estampado cinza e preto, com uma jaqueta de couro preta - um pedaço de bolo.

Alya: Eu só estou conseguindo prestar atenção nesse tanto de comida.

Tikki: Eu, quero que tu vááá...

Marinette: Ta, já entendemos! - Mari ri.

Alya: Eu acho que vou com um vestido de couro preto.

Marinette: Meu Deus! Eu nem tenho roupa pra ir na festa, gente! Vocês vão todas gatas e eu vou parecendo uma menininha de três anos.

Tikki: Isso é porque você só compra roupas de menininhas de três anos, meu amor.

Mari emburra e eu rio.

Alya: Relaxe, mais tarde decidimos isso.

E assim, terminamos nosso café - o da Tikki poderíamos chamar de almoço - e nos dirigimos ao pátio, para recebermos as tarefas de hoje


Quebra de tempo

Tikki: Nãããão!

Alya: Nem pensar!

Marinette: Mas... Gente!?

Tikki: Negativo! Não vai parecendoba Barbie.

Maeinette bufa e volta a remexer em sua mala. Pega mais algumas coisas e retira seu vestidinho rosa, começando a vestir outra coisa.

É, o dia hoje foi cansativo. Maaaaaas... Como somos nós, não vamos perder esta festa NEM FERRANDO!

Todas já tomamod banho, estamos ajudando a Mari a se vestir. Coisa que está sendo difícil, diga-se de passagem. Eu não entendo essa menina! Ela tem altos moletons daoras, pretos e sombrios dos animes que ela curte e tal... Mas fora isso, as outras roupas são todas de princesinha: Tudo rosa e com ar infantil.

Marinette: Esse ta bom?

Olho e me surpreendo quando vejo Marinette vestindo uma saia rodadinha vermelha bordô com xadrez preto e cinza escuro. Uau! Taí uma coisa que se salva! Mas... Em compensação, uma blusinha azulzinha com estampa de gatinhos.

Tikki: ACERTOU EM CHEIO NA SAIA! Aí siiimm! É disso que estamos falando!

Alya: Mas essa blusa aí não da, não.

Marinette: Eu sinto muito, mas esta é minha última blusa! Vocês já viram todas as outras! Eu não vou nessa festa!

Tikki: Para de drama! Ta usando isso de desculpa! Se esse for o problema, eu te impresto uma, venha aqui!

Nós três nos reunimos em volta da mala de Tikki, omde a garota revira as peças ali dentro.

Tikki: AACHEEEEI! - grita, nos assustando.

Assisto emquanto Mari retora a bçusa que estava e veste a de Tikki. Meu queixo cai, junto ao de Marinette, que estava com uma expressão horrorizada.

A blusa, preta e colada, tem um decote enorme! É coberto por um fino tule, mas ainda sim é emorme!

Sem dúvidas ficou magnífico na Mari, mas eu não consigo imaginá-la saíndo assim.

Marinette: VOCÊ ESTÁ LOUCA?! OLHA ISSO!

Tikki: Exatamente! Está ótimo de olhar, você vai causar!

Marinette: Ah não, gente! Eu não vou usar isto.

Tikki: Você vai sim! Tem que parar de esconder esse corpo, usando roupas infantis ou moletons enormes!

Marinette: Eei! Não faça pouco caso dos meus moletons! Eles são caros!

Tikki: Não perguntei. Agora vá se maquiar! Eu e a Alya ainda temos que nos vestir.

Marinette: Alya! Você acha que eu devia ir assim? 

Alya: Sem dúvida nenhuma!

Marinette: Aff!

Tikki e eu rimos, enquanto Mari saía batendo o pé.

Nos viramos cada um pra um lado, para nos vestirmos. Eu, como disse que faria, vou com um vestido preto, porém, do contrário do que eu disse hoje cedo, vou trocar o de couro. Acho que seria muito chique pra essa ocasião. Escolhi então um vestido preto e colado, de tecido normal e uma jaqueta curta jeans.

E, pelo jeito, não fui só eu que mudei de ideia. Tikki está vestindo um vestido rodadinho. Eu até iria zoá-la, lembrando que a mesma criticou Marinette por estes vestidinhos, mas quando a ruiva se vira, apresenta um decote em V, bem grande. Me calo hahahaha.

Seu vestido tem uma estampa muito linda e moderna: uma estampa galáxia, em tons de roxo, azul, rosa e cinza. E, de complemento, a garota usava uma jaqueta de couro preta, bem justa à seu corpo.

Nos encaramos e avaliamos uma à outra.

"ARRAZOU!" exclamamos ao mesmo tempo, nos fazendo rir.

É então que Marinette passa por nós, esbanjando um perfume muito bom.

Alya: Uau! Vai pegar todos os boys da festa, hoje!

Mari ri.

Fez uma maquiagem bem leve, bem a cara de Marinette. Mas não reclamo, afinal, é o jeitinho Marinette de ser.

Me maqueio também, deixando tudo muito leve, com exceção da boca, ondel passo um batom marrom médio. Nem tão forte, nem tão fraco... Perfeito!

Tikki fez um delineado gatinho, maquiagem leve e um batom meio roxinho. Ficou linda também.

Em meu cabelo, prendo só a primeira camada, deixando a segunda por inteira solta. Aqueles penteadinhos clássicos de princesa hahaha.

Mari deixou seus cabelos azuis soltos, apenas com um broche pequeno, enfeitando-o.

Tikki fez uma trança lateral bagunçada, com vários fios e mechinhas soltas. Tipo aquelas meninas parisienses de fime. Aliás, não sei de onde tiram isso, Paris não é virada apenas em tranças, boinas e pão, aff hahahahs.

Como seria na floresta, todas fomos de tênis. Mais confortável, e igualmente bonito.

Terminamos de nos arrumar e pegamos um celular para olhar a hora: 23:52! MEU DEUS!

Alya: Vamos nos atrasar, suas raparigas!

Tikki: VAMBORA, CAMBADA!

Apagamos a luz do quarto e saímos em silêncio, observando ao redor. Barra limpa. Como o chalé marcado era muito diatante, fomos o caminho inteiro correndo, tentando ao máximo ser discretas.

Depois de muito sufoco, conseguimos chegar no local. O lugar estava cheio de gente! Caralho! Eu não achei que tanta gente viria... Acho que todo mundo ta aqui!

Nos aproximamos e percebemos um cara no meio de uma enorme roda.

???: Faltam 1o segundos para Meia noite! Vamos fazer a contagem, e então iremos começar essa bagaça!

Todos contamos junto a ele, e, no final, saímos correndo feito crianças, mata a dentro. Eu e as menias fomos andando, seguindo o fluxo, enquanto ríamos como idiotas.

Estou feliz, mas algo no fundo... Me diz que hoje será um dia especial. 

VAMOS CURTIR SABAGAÇAAAA!












Notas Finais


Goxtaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...