História Miraculous; Meu Caipira - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais, Sabine Cheng, Tom Dupain
Visualizações 104
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - PERIGOS


Capítulo 17:

Chat: quem é você?

XX: não se lembra de mim? eu estou tão diferente assim?

Chat: Mel? é você mesmo?

Mel: não está feliz em me ver?

Chat: feliz não é bem a palavra eu diria surpreso, Zak já sabe que você está aqui?

Mel: não, mais creio que ele logo logo vai saber (Zak vai em direção de Mel e Adrien )

Zak: Ei o que está aconte......... Melissa Colin (fala surpreso)

ZAK_ON

Meus olhos só podem está me pregando uma peça depois de tanto tempo ela não pode voltar vai estragar meus planos

Mel: Olá Zak, estava com saudades? Amorzinho (irónica)

Zak: Adrien será que eu posso ter um particular com a Melissa

Adrien: tá, qualquer coisa grita Mel (Adrien sai)

Zak' escuta aqui. (Pega em seu braço e puxa para perto dele)

Mel: escuta aqui você

(ela lhe dá uma joelhada nos países baixos o que fez ele a solta e se encolher de dor)

Mel: nunca mais encoste essas suas patas em mim de novo

Zak: sua desgraçada (gemido de dor)

Mel: eu já sofri muito com você, e não vou deixar você fazer isso com outras garotas nem maltratar seu irmão, meu recado tá dado (Depois disso ela sai andando)

Zak: ela não poderia ter voltado, tenho que me livrar dela o quanto antes

Adrien: eii Mel está tudo bem?

Mel: Sim o Zak não me assusta mais eu mudei muito desde da última vez que nós vimos

Adrien: fico feliz em saber disso

Mel: você diz uma coisa mais seus olhos dizem outra, vai me fala o que tá acontecendo?

Adrien' é uma longa história

Mel: que conhecidencia eu amo "longas histórias"

Chat: é que eu realmente não posso falar, mais eu tenho que vencer essa corrida

Mel: Zak está te ameaçando não é?

Chat: é

Mel: eu sinto muito Adrien mais eu também preciso vencer para provar o Zak que sou capaz e vou fazer o que for para vê-lo atrás das grades

Chat: o meu motivo é mais simples ou melhor ela

Mel' Vai me falar ou não

Chat: está bem o nome dela é Marinette e ...........

*Numa parte mais distante*

Alya caminha até a porta da casa de madeira como se não tivesse acontecendo nada

Alya: Olá rapazes e-eu estou meio perdida será que vocês podem me ajudar

XX: você não devia estar aqui mocinha, volte já

Alya: até que gostaria mais estou perdida

MARI_ON

"Confusão" assim que estava minha mente, aconteceu tudo de uma vez, acho que nunca serei a mesma não só meu emocional como no meu coração. mentiras e mais mentiras, além do meu problema com o meu pai, discutindo sem parar com minha mãe no momento minha única amiga (Chloé) está longe de mim e para piorar a única pessoa que amei, que abaixei os muros do meu coração mentiu para mim e não sei se voltarei a confiar nele, porque? Porque será que isso aconteceu comigo? Minha mãe diz que as coisas ruins acontecem com pessoas fortes e capazes de aguentar coisas que outras pessoas não conseguiriam pessoas que serão grandiosas um dia, e fico pensando será que eu sou uma delas?

Minha mente estava tão cheia que acabei adormecendo.


 Enquanto isso do lado de fora do quarto, Nino estava segurando um pedaço de ferro e acerta contra um dos guardas na cabeça, o outro ele acerta no joelho fazendo o cair e dando uma cotovelada na nunca do homem, já no outro lançou o pedaço de ferro na cabeça de outro guarda e cada vez chegando mais perto do quarto.

(Nino era professor de artes marciais e várias outras lutas)

Nino passa por todos os capangas de Zak e por fim no último já desacordado pela pancada na cabeça, pega as chaves do bolso do homem abrindo a porta ele vê Mari dormindo na cama com um dos pés acorrentados.

Ele vai depressa abrir a fechadura da corrente o que acordou Mari

Mari: quem é você (fala sonolenta) Nino!

Nino: Olá Mari, posso te chamar assim não é?

Mari: Sim, mais como me encontrou?

Nino: é uma longa história mas agora temos que ir

Mari: está bem tem razão

me levanto da cama mais quando ponho os pés no chão eles se contraem e perco o equilíbrio

Nino: você está bem?

Mari: acho que fiquei na mesma posição por muito tempo

Nino: ok, venha eu te ajudo

(Nino a pega no colo saindo do quarto, é a leva até a saída da casa mais quando chega lá vê Zak apontando uma faca no pescoço de Alya)

Zak: é o seguinte Nino, a Marinette pela vida da sua namoradinha

Nino' largue ela Zak!!!

Zak: eu vou contar até três 1......2.....

Mari: PARE!! solte ela e eu vou com você

Alya' não Mari não faz isso

Mari: eu não tenho escolha, pode me soltar Nino

Nino: eu não.......

Mari: por favor, e chame Adrien (sussurra em seu ouvido)

Nino acente com a cabeça e a coloca no chão

Nino: você consegue andar ?

Mari' sim agora vai!!!

Nino sai correndo em direção a estrada que dava a corrida enquanto isso Marinette caminha até Zak é o mesmo solta Alya

Alya: Mari não faz isso ( a abraça)

Mari: eu vou ficar bem agora vai com o Nino e se cuida

(Alya olha pra trás e vê Zak se aproximando rapidamente ela corre com lágrimas nos olhos por deixar sua amiga lá sozinha com aquele monstro)

Zak: agora você é minha (a pega pelo braço)

Mari: o que você quer comigo

Zak: não se preocupe logo você vai saber, agora vamos dar uma voltinha pela floresta

( Zak entra na densa floresta puxando Marinette junto)

*Enquanto isso na corrida*

Chat: e isso basicamente

Mel: não acredito que Zak chegaria tão longe só pra ganhar dinheiro, sequestrar uma garota

Chat: não é qualquer garota, e a mulher que amo eu não ia me perdoar se algo acontecesse com ela

Mel: não se preocupe nos vamos te ajudar

Chat: nós?

Ane: sim priminho nos (Uma moça de pele branca e de olhos azuis sai dos boxs onde estava o carro de Mel)

Chat: ANE!

(grito ao ver minha prima favorita corro para abraçá-la e a levanto no colo já que ela é baixinha)

Chat: o que você tá fazendo aqui?

Ane: vim aqui para ajudar você é a Mel, para se vingarem de Zak

Chat: não quero vingança quero justiça mais do jeito certo

Mel: por favor Adrien não seja ingénuo Olha o tanto que ele já lhe fez mal...... a nois dois

Chat: eu sinto muito (a abraça) sei que ele te fez sofrer mais não podemos fazer justiça com as próprias mãos vamos fazer isso direito esta bem?!

Mel: está bem

Ane: mais Mel

Mel' (ela a olha com reprovação e ela entendi o recado)

Chat: agora temos que nos preparar para correr

Mel: certo e quem vença o melhor (eles apertam a mão)

 No meio da conversa um homem alto e moreno vem correndo até Adrien eufórico

Nino: ADRIEN ADRIEN ADRIEN

Chat: Nino!!! O que ouve porque está assim?

Nino: Marinette........ cabana........ Zak......Alya.........na ....... floresta....... corre perigo (fala pausando as palavras)

Chat: fale de uma vez!!!

(Antes que Nino pudesse falar Alya chega logo atrás)

Alya: ADRIEN!! O Zak levou a Marinette pela floresta

Chat: o que

Mel: ele não fez isso!

Alya: fez, e ele está levando pela floresta a dentro se não nós apressarmos pode ficar ainda mais em perigo

Chat_on

Pronto, nessa momento meu mundo desabou, meu coração acelerou de raiva de Zak e preocupação por Marinette ele não pode fazer nada com ela

Chat: eu vou atrás dele

Alya: vá rápido

Ane: pode usar a minha moto se quiser

Chat: obrigado

CONTINUA 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...