História Miraculous: um amor sem limites - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Sabine Cheng, Tom Dupain
Visualizações 36
Palavras 700
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo minna
Demorei muito pq eu não estava com tempo pra escrever mais eu vou atualizando história por história já que eu tô perdida de verdade
O capítulo é pequeno pq é uma prévia pra mim volta ._.
Mas então ...
Desejo uma boa leitura

Capítulo 9 - Festa.


Marinette on 


Eu estava com as malas em mãos até o Adrien me parar e ficar com aquela cara de paisagem.


- e pavê ou é pacume? - perguntei sorrindo. 

- pacume.


Eu sorri maliciosamente mais Lucy entrou no meio. 


- oie casal.

- oi Lucylla - Falei com raiva por se intrometer.

- calma cunhada , mais bom , Adrien meu irmão gay quem não é gay , vai sair com a Marinette hoje? 

- sim.

- VOCÊ NÃO ME CHAMOU PRA SAIR.

- eu não preciso. 


Eu fechei a cara e fui para o meu quarto coloquei um vestido lilás curto que batia acima da coxa , decotado em meus seios e prendi o cabelo num rabo de cavalo e desci.


- vai aonde? - Adrien perguntou e eu lhe acertei um soco no estômago. 

- AGORA NÓS VAMOS SAIR , BAKA.

- t-tá , ma...mais pra que tanta violência? - disse recuperando o ar.

- hu.


Lucy on


Eles saíram e eu fechei a porta , começamos a limpar a casa , depois que a casa já estava limpa peguei as bexigas.


- Anny e Alya , enche as bexigas , Nino e André , decora as paredes com um "Não vai embora , te amamos" Lynn e eu vamos fazer o bolo e os doces , e quem terminar primeiro por favor arruma a mesa com panos rosas com gliter , Adrien tá com o trabalho de distrair a azulada , Yago , você vai ficar para comprar umas coisas ai.

- tipo oque? 

- huum , oque sua irmã mais gosta? 

- celular , notbook , tablet e bla bla bla.

- então vou te dar minhas mesadas que juntei , e você vai comprar tudo que ela gosta.


Eu fui para a cozinha com a Lynn e juntei tudo oque precisariamos , ah .. tô lembrando aqui pela Ana , essas pessoas que vocês nunca viram na história são da história original , Miraculous as aventuras de Ladybug , já que essa é baseada naquela , e ela não achou problema colocar... só quem lê aquela entende essa.


- Luxy , já fiz o bolo *^*.

-como?  

- sou uma anja , tenho minhas habilidades assim como você Luxy tem muitas como uma dimonia hihi.


Fitei o bolo que estava com uma aparência boa e na sala Tavares tudo organizadinho , as mesas com doces e bebidas , bexigas penduradas , parede decorada , e comecei a chamar um monte de gente comos meus primos , primos da Anny...por aí vai , apagamos as luzes quando ouvimos o portão abrir. Ela adentrou em casa e caiu assustada com todo mundo gritando : SURPRESA!! 


- SEUS IDIOTAS EU JÁ TIVE UM ATAQUE CARDÍACO E VOCÊ QUER ME MATAR ? 


Adrien chegou logo atrás sem camisa e todo molhado.


- as meninas piraram ai a Mari indoidou e ai eu fui empurrado na lago pela raiva ai eu sai sem camisa e ela ficou toda vermelhinha... fofa.

- AAAAARGH VOCÊ É SÓ MEU E DE MAIS NINGUÉM!!!!!!


Eles se beijaram , ela subiu mais desceu com uma roupa descolada



- DAE CARAIO , dps dessa nem vo mais.

- mente fraca. 

- hehe.


Ouvimos gritos de garotas e quando fomos ver Adrien estava rodado por meninas que tinha o olhar de boba apaixonada , vi ela sair e se meter naquele mar de peitos até encontrarmos o loiro.


- ELE É MEU CARALHO.

- PROOOOVA GATA!! 


vi Mari enfiando a mão dentro da calça do Adrien e mexendo em alguma coisa lá enquanto Adrien esboçava uma cara de safado como se pedisse por mais.


- ISSO É NOJENTO , TOMARA QUE PEGUE AIDS , KAMI-SAMA OUÇA EU!!!.


parei na parede proxima até ela tirar a mão. 


- ele deixou , mais se isso for verdade eu duvido você colocar um dos seios da azulada e chupar.


- isso é m o l e z a.


Parei ele no mesmo instante.


- no que tá pensando? Aqui nesse monte de gente pra eles verem oque é seu ? 

- não....

- você quer isso , certo? 

- sim..

- então vamos pro quarto que hoje quem vai tomar a liderança vai ser eu.


Eles subiram e eu ouvi uma porta fechar com certa força lá encima , eu olhei as meninas que estava provavelmente chingando a Mari de puta ou isso..


**



Notas Finais


Obrigado por lerem até aqui , até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...