1. Spirit Fanfics >
  2. Miss U more than U Know - Sofadil >
  3. Cap 4

História Miss U more than U Know - Sofadil - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Cap 4


■|Querido Diário|■


"Precisamos terminar, Sofia."


Foi o que ele disse...Ou melhor, foi o que ele quis dizer.
Nas entrelinhas do que escreveu, estava lá: me dê um tempo. Motivo, ou desculpa, também havia. Não chamaria de motivo bobo; pelo contrário, era um motivo que eu respeitava, assim como respeitaria qualquer decisão dele.


O problema é que eu estava cega... Cega de amor. Confesso que mesmo que parecesse tão claro o que aconteceria em seguir, ainda me restou uma dúvida, uma esperança. Foi como se ele me jogasse de um precipício, mas segurasse uma de minhas mãos enquanto eu estava pendurada e a esperança de que ele me desse sua outra mão, e me puxasse de volta, não passou de uma ilusão. Eu caí. Talvez o problema tenha sido eu, mas não me arrependo de nada que fiz. A todo momento fui sincera sobre o que sentia; mas talvez ele devesse ter dito a verdade logo de uma vez: foi lindo o que aconteceu com a gente, mas não dá mais. Me pouparia do sofrimento, e o pouparia de usar uma desculpa.


"Eu te amo", ele disse.


Mas um amor como ele descrevia não se acabaria em dias, em semanas. Pensava comigo mesmo: "talvez eu não fosse bom para ele", mas esse não é o ponto. Tudo o que fiz foi tratá-lo com respeito, com afeto, com amor; mas parece que, pra ele, eu fui só mais uma. Ele precisava de um tempo, e eu dei esse tempo, mesmo eu não querendo isso. Mas foi o melhor a se fazer. De que adiantaria o ter do meu lado, se o que ou quem, ele queria não estava ali? Eu mesmo respondo: nada.
Eu apenas estaria me enganando.


"Nunca vou esquecer o que aconteceu com a gente, o nosso amor"


Não, farei o possível para esquecer, porque, por mais lindo que tenha sido, aquela gota de esperança que ele deixou pingar sobre mim, me machucou ainda mais hoje.
Guardei os bons momentos em uma caixa, e essa caixa... Bem, essa caixa sempre estará ali, quando quiser me lembrar de tudo; mas como uma caixa de sapato, que guardamos no fundo de um armário, e esquecemos lá, espero que o mesmo aconteça com essas lembranças.
O amor? Não o culpo, mas quero esquecer. Não por raiva, não por ódio a ele, mas por mim, pra que eu possa me sentir bem. Apesar do amor ser aquilo que nos mantém vivos, eu não estaria viva por dentro mesmo que eu quisesse.


Eu o amei incondicionalmente, com todas as minhas verdades, mas se não era o suficiente: paciência.
Quem sabe, um dia, eu encontre alguém para quem o que eu tenho a oferecer realmente valha a pena, alguém que me ame da mesma forma. Até lá desejo a ele toda felicidade do mundo, e pra mim... Bom, pra mim eu desejo que cada dia mais aquelas lembranças sejam esquecidas, e que todas as palavras ditas e digitadas voem pelo ar, e se dispersem com o vento, e, além disso, felicidade plena, aguardando, não desesperadamente, mas sim que inevitavelmente ele apareça; não qualquer um, mas aquela que Deus modelou.


Tem motivo maior pra você deixar a pessoa ir embora do que ela não te amar mais? Não adianta, amor nenhum resiste a tua falta de tempo, o sentimento ficou perdido no meio das tuas indecisões. Me deixou ir, seguir, partir, seja lá como você chama essa vontade louca que eu estou de ir embora. Já estava cheia desse nosso relacionamento vazio, insisti, persisti e agora desisti, ciente que fiz de tudo por você que nem meu pouco merecia. Não me arrependo de te conhecer, eu precisava cometer esse erro pra poder valorizar meus acertos lá na frente.


Se a pessoa que você ama diz que quer ir embora, deixe-a ir. Não chore, não grite, não faça nada, se possível até abra a porta para ele sair. O momento de fazer alguma coisa era quando ele ainda te pedia pra vocês tentarem, se acertarem. Não agora, agora a decisão já está tomada. Não há mais nada a ser feito, a não ser, vê-lo partir.


Passaram-se alguns meses da última vez que nos vimos e foi tudo tão confuso e ao mesmo tempo tão triste, confuso porque não sabia o que seria de nós dali por diante, triste porque todas as nossas despedidas me deixavam dilacerada por dentro. Mas como eu já esperava não foi um ponto final foi mais um ponto na enorme reticência que nossa história se tornou. A verdade é que tudo me lembra você, das coisas mais intensas as absurdamente mais comuns, você sempre foi a ilusão mais palpável da minha vida.


Toda vez que em minha solterisse assumida eu quero me lembrar de alguém pra construir um nós e você que vêm a cabeça. Quando alguma coisa nova acontece no meio da monotonia dos meus dias é você a primeira pessoa que eu queria contar. Talvez você nunca irá saber disso mas você foi e está sendo mesmo de longe o homem da minha vida, o homem dos meus sonhos, todos esses clichês repetitivos que ouvimos desde sempre você era para mim. Você foi o meu melhor clichê, e a minha melhor novidade também porque toda vez que eu te vejo eu descubro uma nuance nova para o teu sorriso.


A gente nunca iria dá certo eu sei disso e pode acreditar não sofro mais com essa verdade, não vou te dizer que ela não está engasgada na minha garganta porque ainda está, mas ela não dói mais. O que me dói é saber que todo esse meu amor não vai servir pra nada, o que me dói é saber que um dia eu vou me casar com alguém e esse alguém não vai ser você. Nossa história vai ser meu quase mais triste.


Poxa eu quase passei no vestibular, eu quase ganhei aquele sorteio, eu quase tive você. Eu vejo tantas pessoas fazendo planos e quase sempre encontrar alguém está na lista, na minha sempre esteve reencontrar alguém. Porque por mais que eu conheça gente nova todo dia, eu sempre antes de dormir desejo sentir de novo tua pele quentinha com cheiro de paz, porque por mais que eu conhecesse o mundo seus braços continuariam sendo o melhor lugar pra eu voltar.


Por hoje é isso, diário!


Sofia Lauren Deccarett Char ♡




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...