História Missão [Arkyos Angel] - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Arkyos Angel, Arkyos Angel 2, Romance, Violencia
Visualizações 37
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pq esse é o nome do título? Bom... Daqui a mais 23 capítulos vcs vão entender o pq.....


~Boa leitura~

Capítulo 8 - Código 00


Ele estava prestes a fazer um corte em Ian.

          ..............X...........

Na sala do escritório...

— Não temos motivos para ir resgata-lo!

— Temos! Ele é o seu irmão! Você deveria fazer algo! — disse a garota de cabelos vermelhos com um olhar desafiador.

— Sim... Mas, ele já deve estar morto nas mãos de Luka! — disse o de cabelos platinados — Viu? Até você ficou sem argumentos porque sabe que não vale a pena!

— Credo! Nunca vi uma pessoa tão pessimista como você! Deveria pelo menos procurá-lo pois ele é seu irmão! — disse o cosplay de Wesley.

                         .... 

(Autora: — Não resisti, daqui a pouco tô colocando os apelidos de todos!

Yori: — VAGABUNDA, ME DESCUBRIU!)

                      ....

— Olha quem fala... Vê se não é o cara que queria matar seu próprio irmão só porque assassinou sua família!

— Nessa parte você me pegou...

— Em que parte eu não te pego?

— QUÊ?! — gritou Rose rindo.

                      ....

(Yori: — Meu Deozu, que errado! ;-;

Jujubinha: — A Rose não aguentou e estragou o roteiro... Essa maliciosa!

Rosemarie: — Qual é? Não me segurei, disgurpa!

Autora: — -.- Posso voltar com o roteiro original?

Trio: — Pode, deve É OBRIGADA!

Autora: — Nouza ;-;)

                    ....

— Mano... Até desisto da vida! 

— Luther?! — respondeu o trio ao ver o moreno na porta.

— Mal chego... E já tem essa putaria?! Tão achando que isso aqui é o que?!

— Cala a boca! Você não manda em nada! — respondeu o outro socando sua mesa.

— Será? Quem paga seu salário mesmo... Ops! Acho que sou eu né?

— É o que veremos!

— Parte disso será descontado no teu salário... J.U.J.U.B.A. — disse entre pausas.

Ouve-se risos baixos dos outros dois no fundo da sala.

                       ....

(Jujuba: — Como assim?! Luther será "MEU CHEFE"?!

Autora: — ALERTA DE SPOILER!

Joker: — Bom... Talvez porque o Noah e ele fizeram a Katrina perder a memória e você não?

Jujuba: — Mas... Na rota do Ian, ela teve seu despertar... Isso conta?

Kat: — Por que tem que incluir a rota do Ian?!

Jujuba: — Porque ela é a única rota em que eu apareço e te chamo de vadia?

Kat: — Que dia foi isso? Tô lembrando não? Nunca nem vi!

Jujuba: — Pronto! Acho que agora eu superei o Noah e o Luther!

Noah e Luther: — NEM FODENDO!

Yunokami: — Que coisa infantil! Luka... Bota ordem nessa bagaça!

Luka: — ... 

Yunokami: — Luka?

Luka: — ...

Kat: — FALICEU!

Luka: — ATENÇÃO! FIQUEM QUIETOS QUE AGORA VOCÊS VÃO ESCUTAR UMA COISA RARA!

*Todos em silêncio*

Kat: — O que é?

Luka: — Estragou ;-;... Era o silêncio! Agora vê se cala a boca porque eu prefiro ouvir ele falar!

Kat: — Aff... Minha voz é tão irritante assim?

Luka: — Não, não... É que o silêncio não é tagarela como você!

Autora: — Sem tretas! Por favor, a tia agradece!)

                      ....

— Enfim... Mudando o assunto... Quero que tu assine uma papelada pra mim! — ele fala colocando uma pasta em cima da mesa de jujuba.

— Do que se trata?

— Leia que você saberá!

O mesmo bufou tirando os papéis.

            ..............X.............

— C-Chega... — disse o de olhos verdes todo machucado.

— Sério? Você não está mais aguentando? Que pena... Acho que você não suporta mais... ISSO! — sorriu medonho cravando a lâmina de seu punhal bem fundo na perna do outro.

— FILHO DA PUTA!

— Nossa... Não estou com nenhum um pingo de dó! — disse retirando o objeto que agora estava coberto de sangue. — Se não se importa... Acho que pegarei seus órgãos pra vender no mercado negro!

Ao mesmo tempo que iria fazer sua finalização, ele é interrompido.

— Não acha melhor parar? — perguntou a loira — Por que não faz um pedido de resgate?

— Porque ninguém se importa comigo! Como você mesma me disse... Eu sou apenas o cachorrinho do Julian.

— Patético! — disse Luka indo atrás da cadeira e puxando a cabeça de Ian para trás — Sabe... Você é muito fraco...

— LUKA! — ela gritou.

— Tão fraco, ao ponto de escolher seguir o seu irmão que nem valor te dá, só te usa como um objeto e quando ele vê que esse objetivo quebrou... Ele joga fora! — ele disse soltando um riso malefíco debochando do mesmo!

— E o que você quer que eu faça? — soltou um riso abafado.

— Fazer? Eu acho que você não pode fazer nada... 

— Luka... Pare!

— Por quê?

— Eu posso conversar com ele a sós? Caso ele negar eu te chamo!

— Por que isso está me soando estranho? — ele sorriu maliciosamente.

— Some logo daqui seu malicioso do caralho!

— Tá bom... Vou ficar ouvindo atrás da porta! — ele sussurra e sai rindo.

          ...........X.........

— Eu estou um pouco nervoso... Acha que não iremos pegar pesado pedindo este tipo de treinamento? — pergunta o ruivo dentro do carro ao lado do homem de cabelos brancos com heterocromia.

— Acalme-se... Você é jovem demais para se preocupar com esse tipo de coisa! — ele disse pegando um envelope e olhando para a casa do outro lado da rua.

— Bom... Mas... Como iremos levá-los até lá?

Ele ri de leve olhando para o ruivo.

— Barion... Espere e verá!

— Assim me deixa curioso!

Ele sorri e sai do seu carro logo em seguida. O ruivo o encarava pela janela.

O de olhos de heterocromia, tocou a campainha e rapidamente foi atendido pelo moreno dos olhos claros.

— Não é outra encomenda "especial" né?

— Ha, ha... Não! Enfim... Eu peço para que você leia para os outros que estão aqui com você é importante que eles também saibam do que se trata... Voltarei a vê-lo na semana que vem.

— Espera... Tu é um carteiro mesmo?

— Sim e não... 

— Explica melhor!

— Tô mais pra mestre dos disfarces! — ele diz mexendo os dedos na frente de seu rosto e saindo logo depois.

— FALA TEU NOME! — gritou o moreno.

— OLIVER! — gritou o outro.

Anthony o olha, depois volta seu olhar para o envelope que agora o deixou curioso também.

       .............X.............

— Sério? Então você vai ficar com a gente? — a loira comemorava. (Sim, eu trouxe o Ian pro lado deles porque sou dessas, logo trarei a Rose linda e maravilhosa também.)

— O QUE?! — gritou o de cabelos verdes.

— Pois é... Parece que seremos parceiros.

— Vai tomar no cu!

— CHEGUEI! — falou Nakamura ao lado de Luka.

— Cala a boca você também! — Luka sai esbravejado.

— O que eu fiz? — o japa pergunta triste.

— Nada... Ele que é chato pelo Ian trabalhar pra nós agora! — a loira disse colocando a mão no ombro dele.

— Ele? Vai tomar no cu...

— Qual é o problema?!

— Não confio nesse cara!

— Vou provar que não e vocês vão engolir suas próprias palavras! — ela disse enquanto o japonês se retirava dali.

Durante a noite a loira cuidou dos ferimentos de Ian.

— Qualquer coisa você pode me chamar, certo? — ela disse.

— Tá bom... Muito obrigado, cupcake!

— Cupcake?

— Vou te chamar assim!

           ............X..........

A loira desceu as escadas e se deparou com o restante olhando-a.

— O que foi? — ela pergunta.

— Estamos te esperando pra ler isso aqui! — disse o moreno de olhos claros balançando o envelope.

No título, o mesmo leu em voz alta: — Código 01.

- -


Notas Finais


EDITADO COM SUCESSO!



Enfim... Esse é o código 0, porque o 1 começa no próximo cap.
Quem entender de código morse, verá que ao longo dos capítulos formará uma frase. Usarei letras.


É isso, espero que gostem e mais uma coisa... QUEM MANDA MAIS?

Luther x Jujuba?

Até a próxima. 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...