História Missing Delivery Boys - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Irene, Joy, Sehun, Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Baekhyun, Exo, Irene, Joy, Red Velvet, Sehun, Seulgi, Wendy, Yeri
Visualizações 22
Palavras 1.021
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi :)

Capítulo 4 - Entrando No Jogo


"Mais um corpo de um delivery boy é encontrado morto em uma pequena rua localizada na centro de Seul. A vítima, identificada como Honda Taichi, estava desaparecido há duas semanas. Ele não era o entregador oficial do restaurante de comida japonesa pertecente aos seus pais, estava apenas cobrindo as faltas do antigo entregador que foi demitido, mas isso não importou para o assassino que a polícia ainda procura. O corpo do jovem estava sem a blusa do fardamento de entregador que, segundo seus pais, era a blusa que ele vestia pela última vez que o viram, ele possuía diversos hematomas por todo corpo, mas a perícia concluiu que ele foi morto por sufocamento. O assassino continua sendo uma incognita, as investigações da polícia continuam na estaca zero, pois eles não tem nenhuma informação ou pista sobre esse serial killer que anda rondando a cidade, apenas sabem que o mesmo deve possuir algum tipo de fetiche por entregadores e suas blusas que utilizam para trabalhar. Mais notícias sobre esse e outros casos, você verá logo após nosso intervalo, fique ligado." -O âncora do jornal finaliza e um Sehun permanece estático observando a televisão de sua sala.

-Ai Deus me ajuda -Ele pede e olha para o teto -Não me deixa ser vítima desse assassino louco, por favor -Se ajoelha, mas logo se levanta -Tenho que ir logo no mercado, desse jeito vou acabar indo quando tiver que ir pra pizzaria -Pega as chaves de seu pequeno apartamento e um boné, logo saindo rumo ao mercado que ficava na esquina de seu prédio.

Assim que chega no estabelecimento, pega um carrinho e saí vagando pelos corredores.

Pega algumas comidas congeladas, rámen, cereal e outras besteiras.

-Huh! Meu soju tá acabando -Ele diz assim que passa pelo corredor de bebidas e pega algumas garrafaz de soju e as põe no carrinho.

Passa pelo corredor de salgadinhos e enche quase o carrinho inteiro. Quando ele vira e entra no corredor de chocolates, se depara com uma garota escolhendo e pegando alguns deles.

-Acho que pepero de baunilha seria melhor -Ele diz assim que chega atrás dela, fazendo-a soltar um pequeno grito de susto -Desculpa -Sehun pede enquanto recolhia os doces que haviam no chão e ri baixinho.

-Sehun? -Ela pergunta sem acreditar.

-Eu mesmo -O garoto se levanta sorrindo -Como vai senhorita Irene?

-Vou bem, obrigada -A Bae retribui o sorriso e ele lhe entrega os chocolates.

-O que faz por aqui? Não é um pouco distante da sua casa? -O maior pergunta confuso.

-Sim, mas eu trabalho aqui perto, então passei antes de ir pra casa -Mente e o garoto assente.

-Quer ajuda?

-Não precisa se incomodar, posso me virar sozinha.

-Não, imagina, uma bela moça merece ser ajudada -Ele diz e pega alguns doces para si os chocolates que Irene carregava e os põe em seu carrinho.

-Compras do mês? -Ela pergunta curiosa.

-Nah, isso dura no máximo só duas semanas, eu já como muito e ainda tem uma amigo meu que vai lá em casa de vez em quando e acaba com meu estoque de comida -Responde negando com a cabeça -Aquele cara ainda me leva à falência.

-Ele deve ser muito legal, pelo visto -A Bae o ajuda a colocar as coisas na esteira do caixa.

-Tirando a parte em que ele come toda comida existente na minha casa, sim ele é legal.

Eles passam todas as coisas no caixa e Sehun paga a conta sozinho, mesmo com os protestos de Irene para deixá-la pagar a parte dela.

-Obrigada Sehun -Ela agradece quando eles chegam na saída do mercado.

-Por nada Irene, nos vemos outra hora?

-Claro! Por que não vai lá em casa hoje a noite? -Pergunta e ele logo se anima.

-Pode ser! Hoje saio mais cedo do trabalho, passo lá depois.

-Ótimo! Até mais tarde então Sehun -Ela se despede.

-Até Irene! -O garoto acena e sai andando feliz da vida até seu apartamento.

-Mordeu a isca -Joohyun observa o garoto entrar no pequeno prédio que ficava quase no final da rua -Não vai demorar muito para conseguirmos você Sehun -Sussurra para si mesma e sorri de maneira sombria enquanto rumava para seu carro.

Mais tarde, naquele mesmo dia...

Sehun saiu da pizzaria às nove horas da noite. Seu turno terminara mais cedo naquele dia em especial e ele já estava quase chegando na casa de Irene.

Mesmo não indo fazer uma entrega, ele levava uma pizza consigo, iria dar aquele pequeno presente para sua crush e as garotas que viviam com ela.

Ao chegar no destino final, ele ajeita os fios de seus cabelos loiros, pega a pizza e vai até a porta principal.

Enquanto isso na casa, ao ouvir a campainha tocar, Irene correu pela casa até chegar na porta e abrir a pequena cortina que cobria um vidro que havia na parte de cima da madeira.

Sorri abertamente ao ver Sehun e abre a porta.

-Sehun! -Abraça o garoto -Dessa vez eu não pedi nada -Ela brinca vendo o garoto com uma pizza em mãos.

-Esta é um pequeno presente meu -Ele sorri -Posso entrar?

-Claro, fique a vontade -A Bae dá espaço para ele adentrar a casa.

Assim que entra, Sehun observa cada detalhe do local, pasmo com o tamanho e a decoração do mesmo.

Era bastante rústico e grande, jamis iria imaginar que ali viviam garotas.

-Meninas! Temos visita! -Joohyun avisa assim que os dois adentram a sala.

O Oh fica espantado ao ver a quantidade de caixa de pizzas e de outras comidas no local, mas decide ignorar.

Logo, as outras quatro garotas chegam na sala e se apresentam.

Eles começam a conversas animadamente enquanto comiam a pizza que Sehun trouxera.

Até que fica tarde e o garoto diz que precisa ir embora, mas o mesmo promete que logo voltaria após o pedido de Yeri.

Não havia como ele recusar um pedido sequer da maknae, ela era adorável.

Após se despedirem do garoto, todas se jogam uma por cima da outra no sofá.

-Acha que ele suspeitou de algo? -Joy pergunta para as outras.

-Acho que não, ele parece ser bem lerdo -Seulgi responde.

-O que importa é que ele irá voltar graças à mim -Yeri fala de maneira convecida.

-O que realmente importa é que ele já está caindinho por nós -Irene declara de maneira entediada.

-E que iremos matá-lo na primeira oportunidade -Wendy completa e todas concordam.


Notas Finais


Tudo psicopata... sksksksksk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...