História Mistério Em Paris - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Luka Couffaine, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathanaël, Nino, Sabine Cheng, Tom Dupain
Tags Miraculous
Visualizações 8
Palavras 1.205
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi volteiiiii, aqui está mais um capítulo novo pra vocês, espero que gostem

Capítulo 13 - A Agência


Fanfic / Fanfiction Mistério Em Paris - Capítulo 13 - A Agência

Que? - Eu me sinto bem mais acordada - Não existe nós - Eu aponto pra mim e pra ele - Eu já te disse


Eu sei, mas... - Ele tenta me beijar e eu esquivo 


- Você só está carente, nada mais, é só porque a Kagami morreu, se ela estivesse viva você nem ligaria pra mim - Eu tento fechar a porta


Espera... você não lembra? De quando nos beijamos? - Ele me olha triste 


*7 anos atrás*


Quer saber, por quê não terminamosde uma vez? Assim você para de mandar em mim e querer... - Adrien está tão vermelho que parece um pimentão 


Ta bom, assim eu tiro um fardo das minhas costas - Eu seguro o choro e vou embora correndo 


*Luka On* 


Eu não acredito que a Kagami me largou pelo idiota do Adrien, de novo, ela não percebe que ele nunca vai gostar dela? - Alguém cai em cima de mim - Mari? O que faz na rua e nesse estado?


Ela olha nos meus olhos e ela está com a cara inchada de chorar e os olhos cheios de lágrimas, seus cabelos estão soltos e bagunçados. Eu então a abraço e escuto seus soluços, até que ela me olha e eu a beijo, mas pensando na Kagami.


*Agora*

*Marinette On*


Eu tinha acabado de terminar com o Adrien, estava muito triste e você se aproveitou disso, não foi? - Eu puxo ele pra dentro pro Adrien não vir reclamar também 


Você não me impediu - Ele se joga no meu sofá 


Eu estava assustada - Eu grito - Queria que eu te batesse? Você se aproveitou da minha fragilidade!


Serio mesmo? Ou foi por outro motivo? - Ele vem na minha direção 


Eu vou em direção da porta por não gostar do rumo da conversa, de repente Luka me prende contar a porta e tenta me beijar de novo, eu aproveito sua distração e abro a porta fazendo com que ele batesse na porta do Adrien fazendo um barulho bem alto.


Mas o quê? - Adrien aparece na porta olhando pra mim e pro Luka cruzando os braços - Sério? Tá dando uma de Bela do filme Bela e a Fera? Tem que parar de ver muito filme de princesa, mas você parece mais a Mulan 


Eu faço meu chinelo nele e acaba caindo no Luka e eu e o Adrien começamos a rir - Vem logo... - Luka caminha na minha direção - ...Adrien e traz meu chinelo


Eu me arrumo e vou na sala pra conversarmos sobre o plano, mas ele não parece ligar muito - Como descobriu a agência? De verdade


Por quê quer saber disso Adrien? - Eu ergo uma sobrancelha 


Sei lá, queria saber como o Batman virou o Batman ou o Capitão América, tanto faz... - Ele se joga no chão 


Taaaaá... Eu conto - Ele senta no chão na minha frente como se fosse uma criança 


*7 anos atrás no ano novo*


Não acredito que estamos passando o ano novo em São Francisco - Eu refiro os olhos - Não tem nada de empolgante aqui


Eu concordo com a Marinette - Nino fica ao meu lado


Me poupem - Alya e Adrien dizem ao mesmo tempo e Alya completa - Estou com fome


Quando você não tá? - Eu cruzo os braços 


Nós andamos por toda a cidade procurando um lugar que todos gostem de comer, sem querer eu esbarro em alguém.


Me desculpa - Dizemos ao mesmo tempo 


Ele fica olhando pra mim de uma forma assustadora - Então, sem querer incomodar, mas... sabe aonde tem alguma lanchonete boa?


Claro, alí - Ele aponta pra uma rua - Naquela rua tem várias muito boas e prazer, sou Tom - Ele estica o braço 


O prazer é meu, me chamo Marinette - Adrien pigarreia - Tchau, temos que ir 


Ele sussurra algo, mas não escuto e ignoro seguindo até a eu a aí ele disse, cada dupla escolheu uma diferente.


Não acredito que o Adrien e o Nino escolheram pizza - Alya revira os olhos - Hambúrguer é mil vezes melhor


Eu vou até o caixa e pego nossos lanches, mas quando eu ia embora um ladrão me segura e aponta uma arma pra minha cabeça.


Marinette! - Alya corre na minha direção e ele pressiona mais a arma na minha cabeça 


Não se aproxime ou ela morre - Alya começa a chorar - Você, chorona pegue todo o dinheiro daqui ou eu mato ela 


Alya obedece e quando ele se distraí eu consigo me soltar e pegar a arma da mão dele apontando pra ele logo em seguida.


Te peguei - Eu escuto sirenes de polícia e o derrubou no chão pra ele não escapar 


A polícia entra é leva ele pra delegacia no mesmo instante me deixando aliviada, Adrien e Nino entram correndo pra falar conosco, nos levando embora no mesmo instante.


*Agora*


Disso eu já sabia, mas aonde a agência aparece nisso tudo? - Ele me olha emburrado


Eu reviro os olhos - Você tem que aprender a ser paciente 


*7 anos atrás no ano novo*


A Alya e o Nino foram pro quarto deles e eu e o Adrien pro nosso para irmos dormir, eu eu estava prestes a fazer isso, mas ouço batidas na porta.


Adrien - Ele não responde - Adrien?


Eu reviro os olhos e vou até a porta, eu abro, mas não tem ninguém.


Oi? Alguém aí? - Eu me viro pra entrar, mas antes que eu consiga alguém me segura e tampa meu rosto - Me solta


Eu desmaio sem mais nem menos. Eu acordo, mas não reconheço o lugar e estou... em uma cama? Ai não, eu olho pra baixo e vejo que estou vestida com a roupa de ontem, ou seja, meu pijama de flores.

Levanto e tento procurar uma saída, mas não encontro nada, o que me leva a opção mais idiota de todas que alguém pode ter.


Socorro!! Alguém? Eu tô presa! - Começo a bater na porta de ferro e ela é aberta - Quem É você?


Sente-se Marinette, temos que conversar - A mulher fala está com uma roupa justa em seu corpo - Sou Marianne Lenoir, eu fiquei surpresa com o que fez ao ladrão, você foi incrível 


Aonde quer chegar com isso? - Eu sento na cama 


Eu sou a chefe de uma agência secreta, a Miraculous e você seria perfeita pra entrar nela, então... aceita? - Ela sorri 


Eu adoraria, mas tenho escola, família, namorado e amigos que não posso abandonar agora - Levanto e ela me olha preocupado 


Está bem, mas me prometa uma coisa - Eu afirmo - Quando quiser, prometa que vai me procurar na hora, sei que pode demorar, mas pelo menos considere 


Tá bom, eu vou pensar melhor, mas terá que ser muito paciente - Ela afirma


*Agora*


Sério? Foi assim? - Ele parece não acreditar


Eu olho pro meu celular e vejo a hora - Meu Deus estou atrasada pra ver minha mãe!


Eu corro e pego minhas coisas pra não me atrasar mais e minha mãe odeia isso.


Vê se não esquece de ir viu? É sai logo - Nós dois saímos e eu tranco a porta



Notas Finais


A lista de suspeitos será colocada só quando tiver alguma mudança nela.
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...