História Mistérios a solta - Capítulo 3


Escrita por: ~, ~Bella3107, ~MyLadySamy e ~Monije

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 39
Palavras 1.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hello leitores e leitoras do meu kokoro!!!
Tudo bem com vcs?? ?
Espero que Sim!!!

Mas então cheguei com um capítulo fresquinho vindo direto do forno da minha imaginação!!!
Espero que gostem!!!

Capítulo 3 - Poderes?!


Bella abriu os olhos.

A claridade do lugar a deixou cega por alguns instantes.

Mas logo depois sua visão recuperou e ela pode notar que estava em casa novamente.

Mãe: Finalmente você acordou filha!

Bella: O que aconteceu?

Sua mãe começou a contar os últimos acontecimentos.

Mãe: Foi isso que aconteceu... E até agora ninguém sabe o paradeiro daquele louco que quase explodiu a escola com aquele gás!

Flashbacks daquele momento vieram a cabeça de Bella.

Bella: E as meninas estão bem? Cadê a Manu?

Mãe: Sim, elas estão bem. A Manu já acordou e está la cozinha, se alimentando. Pelo o que parece aquele gás não prejudicou a saúde de vocês...

Bella: O que era aquele gás?

Mãe: Ninguém sabe. Mais os policias recolheram alguns resíduos dele e pesquisas mostraram o que esse gás é. Mas o que importa agora que você está bem.

Isso era o que ela pensava.

(...)

Depois de tudo aquilo, sua mãe a deixa sozinha no quarto e a menina aproveita para dormir um pouco mais. Mas fazia frio e por isso ela foi até o guarda-roupa, a abriu para pegar uma coberta. Ao toque de sua mão na coberta, a mesma começou a literalmente a pegar fogo.

Bella: AHHH! QUE MACUMBA É ESSA!?

A garota joga a coberta pro lado e corre até o banheiro. Com as mãos em forma de concha, ela desesperada começa a pegar a água da torneira e jogar na coberta em chamas, até que cessa o fogo.

Mais calma, ela fica se perguntando como aquilo tinha acontecido.

Decidida ela pergunta seu celular e digita no grupo onde suas amigas faziam parte a seguinte a frase: "Algo estranhando tá acontecendo comigo desde aquilo aconteceu... ALGUÉM SABE ME DIZER O PQ?!"

Logo ao receber a mensagem de sua irmã, Manu apareceu no quarto. No seu rosto era possível vê que ela estava assustada com algo.

Bella: Manu! Você viu...?

Antes que a irmã pudesse dizer mais alguma coisa, Manu a pegou pelos os dois braços e começou a sacudi-la.

Manu: Algo errado, esta acontecendo!

Bella: Com você também?

Manu: Sim! Eu falei... F-F-Falei... Com a...

Bella: DIGA LOGO COM QUEM VOCÊ FALOU CARALHO!

Manu: Com a Nina!

Bella: Ãn? Você falou com a nossa gatinha? Você falou com um animal?!

Manu: Sim!! O que ta acontecendo com a gente Bella?!

Bella: Tambem não sei... Será que temos... Poderes?!

(...)

Mãe: Ah Eric, se nossa filha não acordar mais... Eu não vou aguentar!

Pai: Calma amor. A Bibi esta bem, lembra que os médicos disseram?!

Foi a primeira coisa que Bibi ouviu ao abrir os olhos e se deparar com seus pais sentados ao seu lado. Ela estava em uma cama de hospital.

Bibi: Mãe? Pai?

Os mesmo rapidamente se levantaram e ao terem certeza de que aquela era voz de sua filha, a abraçaram fortemente.

Mãe: Não faça mais isso com a gente Beatriz! Quase nos matou de susto! Eu tinha ate prometido a mim mesma que se você não acordasse ate amanha, eu mesma iria atrás daquele doido que lançou aquele gás na sua escola! E filha... Acredita que Os doidos dos médicos disseram que você estava bem e que podíamos te levar pra casa...? Mas eles parecem que não batem bem da cabeça! Você não tinha nem acordado e queriam mesmo assim te dar alta?! Fiz um barroco e graças a isso, você esta aqui! Alias... Eu to pagando e...!

Pai: Fique Calma querida. Pense em sua pressão, você não pode ficar estressada!

Mãe: Tem razão amor. Ah propósito esse estresse todo faz mal a minha pele!

Bibi sorrir diante ao comentário de sua mae, mas seu sorriso se desfaz assim que lembra dos últimos momentos que havia passado na sua escola.

Bibi: O que foi aquilo na escola?

Pai: Não sabemos meu amor, mas não se preocupe, os policiais estão investigando.

Depois disso, os pais da menina a deixaram a sós.

A menina então resolveu levantar-se, não aguentava mais ficar deitada, em sua cabeça aquele tempo que ela tinha ficado desacordada e sem fazer exercícios haviam prejudicado a sua saúde, acumulando assim alguns quilos. Coisa criada somente em sua cabeça.

Bibi: Eu bem que podia fazer alguns exercinhos agora que meus pais saíram.

Ela começa então similar uma corrida no mesmo lugar onde estava.

Começou devagar, mas logo depois percebeu que a velocidade estava aumentando demais.

Bibi: O que esta acontecendo?!

Do nada, sem que a menina quisesse, suas pernas velozes começaram a percorrer o quarto inteiro. Nem segundos eram capazes de contar a rapidez de uma volta que ela dava no quarto inteiro. Bibi sem controle nenhum sobe no teto, mas seu desespero foi tanto que não conseguiu completa a volta e por isso caiu. Felizmente sua queda foi menos impactante, porque com uma velocidade impressionante, a garota conseguiu se virar a tempo e cair em pezinha no chão.

Bibi: O QUE FOI ISSO?!

Nesta hora seu celular vibra em cima da comuda e sem perceber ela corre em menos de um segundo, acalcando assim o objeto.

Ela percebe que era mensagem de sua amiga, falando que algo estranho estava acontecendo consigo. O engraçado era que... Não era diferente com ela.

(...)

Moni finalmente abriu os olhos após muitas horas desacorda.

Olhou em volta, e pode perceber que estava em sua casa novamente. Mas seu quarto estava vazio e escuro.

Moni: O que foi que aconteceu?

Ela perguntou a si mesma.

Mas logo em seguida se levantou e foi em direção a cortina para abri-la por conta da falta de luz no local. Ela então abre a cortina e a luz do sol se mostra bem forte e cegante do que imaginava. Moni se arrepende amargamente e tenta fechá-la, mas Aparecia ate que o contato da luz fazia mal a si mesma. Ela com os olhos fechados se afasta da luz, dando alguns passos para trás. Ao perceber que sua pele não ardia mais, a menina abre os olhos, mas não se depara com seu quarto e sim com a presença de sua mãe fazendo almoço na cozinha. A mesma estava de costas, mas logo em seguida se virar, levando assim um grande susto.

Mãe: Filha! Você acordou! Eu não te vi chegando aqui na cozinha!

Moni: *extremamente assustada* Nem eu... *sussurro*

(...)

Samy abre seus olhos instantaneamente. Parecia que tinha acordado de um terrível pesado.

Sua cabeça doía, mas a mesma se sentia leve como uma pena.

Não demorou muito para Ela entender porque se sentia assim. Ao olhar para baixo de si, percebeu que estava voando e não deitada em sua cama como deveria estar.

Samy deu um forte grito e do nada, aquela espécie de magia acabou, fazendo assim que a mesma caísse por sorte em cima de sua cama.

Samy: O que foi isso?!

Ela não escutou a resposta de sua pergunta, mas sim a presença de duas pessoas entrando em seu quarto.

Mãe/Pai: Você esta bem?! O que aconteceu filha?!

Ambos perguntaram ao mesmo tempo assim que se aproximaram de sua filha.

Samy: Nem eu sei ao certo.

Foi assim que Os mistérios começaram a surgir...

O que estava acontecendo com as meninas?!

Será que o nome pra aquilo... Era poderes?!

Será que novos heróis ou vilões estavam prestes a surgir?!

Mas a resposta pra todos aquelas perguntas as próprias meninas que deviam encontrar...


Notas Finais


Deixei aquele ar de mistério no final kkk.
Então...
Gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...