História Mistick - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Armas, Aventura, Lendas, Magia, Religião, Romance, Super Herois
Visualizações 23
Palavras 399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Inicio da história

Capítulo 1 - Capítulo 1


Estamos em 2018, em uma cidade pacata, chamada Santory, localizada em algum canto dos EUA, aonde? Não sabemos, em uma rua deserta, está um rapaz, andando pela calçada, ouvindo o que parece ser dubstep, ele parece feliz, pois dança muito....

Ele ouve gritos :

- socorro, alguém me ajude

Ele logo procura de onde vem esse grito, desesperado, por sinal, até que ele avista um garoto, sendo levado por moleques, para uma travessa.

Ele corre, para tentar ajudar

-soltem ele, o que ele fez pra vocês - diz ele

Um dos moleques o olha e se aproxima falando: 

- o que você quer ? Apanhar também ?

Nosso amigo do dubstep parte pra cima do moleque, dando um soco na cara dele, e um chute logo em seguida, apesar de parecer bom de luta, logo ele começa a apanhar de todos os moleques, eram 4, ao todo, depois de uns 2 minutos apanhando, um açogueiro aparece, com uma espécie de peixeira, todos os moleques correm, e nosso amigo agradece

- você ta bem ? - pergunta o açogueiro

- sim, estou

- qual seu nome ?

- Mark, me chamo Mark

- está tarde pra ficar na rua

- eu sei eu sei, estava indo pra casa

- então vá

Mark agradece, e procura o garoto que logo tentou ajudar, o mesmo não é encontrado por Mark, que balança a cabeça, e sai andando.

Muito bem, vamos conhecer nosso amigo Mark, ele mora com a mãe, e com o padastro, é loiro, do olho castanho, tem 1,69 de altura, gosta de musica eletrônica, e estuda na IEP, uma escola de meio periodo, esta na primeira serie do ensino medio, e tem 15 anos de idade

Chegando em casa ele avista seu cachorro:

- vem cá Smoky, vem - grita Mark

Smoky não vai, pois estava doente, estampando uma carinha de tristeza em Mark, que vai tomar banho, um banho demorado, e logo vai jantar. Sua mãe ? Esta trabalhando, ela trabalha até meia noite, em uma pizzaria, e seu padastro está viajando, provavelmente visitando os pais.

Mark liga o seu videogame, um ps4 que ele ganhou no natal, do tio, passa aproximadamente uns 50 minutos, até que ele olha no rélogio, 22:29 PM, ja está tarde, e Mark precisa estudar logo cedo, então ele vai dormir, se deita, reza, pois nosso amigo é católico, mas não fanatico, e dorme.

 

 

 


Notas Finais


Gostaram ? Deem suas opiniões :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...