História Mitologia Grega - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Apolo, Grécia, Medusa, Mitologia Grega, Mitos, Zeus
Visualizações 10
Palavras 722
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


desculpe qualquer erro, mesmo revisado, não posso confiar em mim mesmo.

Capítulo 1 - Zeus


 Zeus é o pai dos deuses que exercia autoridade sobre eles. É o deus dos céus, dos raios e dos relâmpagos, que mantêm a ordem e justiça.

Seus equivalentes são: Júpiter na mitologia romana, Tinia na mitologia etrusca e Perun na mitologia eslava. Alguns autores dizem também que no hindu seu equivalente é Indra.

Ele é filho do titã Cronos e Reia, sendo o irmão mais novo.

Cronos teve diversos filhos com Reia, eles sendo Héstia, Deméter, Hera, Haedes e Poseidon, porém engoliu-os (menos Poseidon, Hades e Hera) assim que nasceram, após ouvir de Gaia e Urano que ele estava destinado a ser morto por um de seus filhos.

Quando Zeus estava prestes a nascer, Reia e Gaia fizeram um plano para salvá-lo de Cronos e o punir por suas ações contra seus próprios filhos e Urano, que foi morto por ele da mesma forma que ele acreditava que seria por um de seus filhos.

Reia deu a luz na ilha de Creta, e entregou a Cronos uma pedra enrolada em uma roupa de bebê, que ele imediatamente engoliu.

Reia escondeu Zeus em uma caverna na ilha de Creta. Foi criado por Gaia, por uma cabra chamada Amalteia, por uma outra cabra chamada Aix, por uma ninfa chamada Adamanteia, por Cinosura e por Melissa, que o amamentou com leite de cabra e mel.

Como Cronos era senhor da Terra, dos céus e do mar, então Adamanteia o escondeu pendurado por uma corda de uma árvore, de modo que ele, não estando nem na terra, nem no céu e nem no mar, teria ficado invisível para seu pai.

Um pelotão de curetes dançavam, gritavam e batiam suas lanças contra seus escudos para que Cronos não ouvisse o choro do bebê.

Quando Zeus chegou à idade adulta, forçou Cronos a vomitar a pedra que lhe havia sido dada em seu lugar e seus irmãos, na ordem que haviam sido engolidos. Em algumas versões, Métis teria dado a Cronos um emético para vomitar os bebês, enquanto noutras, Zeus teria aberto um corte em sua barriga. Em seguida, Zeus libertou os irmãos de Cronos, os gigantes, os hecatônquiros e os ciclopes, que estavam aprisionados num calabouço no Tártaro, após matar Campe, o monstro que os vigiava.

Em forma de agradecimento, os ciclopes lhe deram o raio e o trovão, que havia sido escondido anteriormente por Gaia. Então Zeus, junto a seus irmãos e irmãs, os gigantes, hecatônquiros e ciclopes, derrotaram Cronos e outros titãs na batalha pela ascensão ao poder. Os titãs, depois de serem derrotados, foram mandados para o Tártaro, enquanto Atlas foi condenado a segurar os céus em seus ombros.

Após a batalha, Zeus e seus irmãos dividiram o mundo entre eles. Zeus ficou com o céu e o ar, Poseidon com a água e Haedes com o mundo dos mortos. Porém a antiga terra, Gaia, não podia ser dividida, então ficou para todos os três.

Gaia não teria aprovado o jeito que Zeus tratou seus filhos, os titãs. Logo após Zeus teve que assumir o trono como rei dos deuses, Zeus teve de combater os outros filhos de Gaia: o monstro Tifão e a Equidna. Zeus derrotou Tifão e o aprisionou sob o monte Etna, porém poupou a vida de Equidna e seus filhos.

Há muitas versões sobre quem é a sua esposa, mas na maioria das tradições ele se casou primeiro com Métis, gerando Atena, e depois se casou com Hera. Já no oráculo de Dodona, sua esposa seja Dione, com quem gerou Afrodite.

Zeus é muito conhecido pelas suas aventuras eróticas, que geralmente resultavam em descendentes divinos e heróicos como Atena, Apolo, Ártemis, Hermes, Perséfone (com Deméter) Dioniso, Perseu, Héracles, Helena de Troia, Minos, e as Musas (de Mnemosine). Com Hera, teria tido Ares, Ênio, Ilítia, Éris, Hebe e Hefesto.

Ele também era irmão de Hera, que sofria muito de ciúmes gerado pelas aventuras eróticas Zeus, e foi dita como inimiga das amantes.

Zeus então encarregou Eco, uma ninfa, de falar incessantemente e distrair a atenção de Hera dos casos de seu marido. Quando foi descoberta, Hera a castigou, a condenando à repetir tudo que as pessoas diziam para sempre.

Entre as pessoas nada quais ele se relacionava estavam: Leto, Deméter, Dione, Maia, Sêmele, Io, Europa e o jovem menino Ganímedes, que Zeus o presenteou com a eterna juventude e imortalidade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...