História Mitologia Grega - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Apolo, Grécia, Medusa, Mitologia Grega, Mitos, Zeus
Visualizações 2
Palavras 328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 6 - Medusa


Medusa era, na mitologia grega, um monstro ctônico e uma das três Górgonas.

Na versão mais famosa, ela é dita como filha de Fócis e Ceto, apesar de que o antigo Higino diga que, na verdade, ela é filha de outro casal.

Suas irmãs são Esteno e Eríale, e ambas são imortais, diferente de Medusa.

Numa versão relatada pelo poeta romano Ovídio, Medusa era dita como uma mulher muito atraente, com belas bochechas e cabelos lindos. Ela foi sacerdotisa do templo de Atena, e era muito invejada pela mesma por sua beleza.

Poseidon também havia reparado na aparência de Medusa. Ele se encantou por ela e a estuprou dentro do templo de Atena.

Atena e Poseidon estavam constantemente disputando, então, quando soube que sua sacerdotisa havia se deitado com seu rival, a culpou e a castigou, fazendo seus cabelos se tornarem serpentes, sua pele ser feita inteira de escamas e sua face tão horrível que qualquer mera visão transformaria aquele que olhasse em pedra.

A partir disso, ela passou a viver isolada e, tempo depois, foi decapitada por Perseu enquanto esperava um filho de Poseidon. Perseu entregou sua cabeça a Atena, que a colocou em seu escudo.

Perseu obteve o auxílio de Hermes, que lhe deu sandálias aladas e de Hades, que lhe deu um elmo de invisibilidade, um escudo espelhado (que ele usou para ver o reflexo da Medusa, para não ter que olhar em sua face diretamente quando a decapitou) e uma espada.

Quando Perseu retirou a cabeça do resto do corpo da Górgona, duas criaturas nasceram: o cavalo alado Pégaso e o gigante dourado Crisaor.

 Perseu, após isso, teria voado sobre o titã Atlas e o transformado em pedra. Os corais do Mar Vermelho se formaram a partir do Sangue de Medusa derramado sobre as algas quando Perseu colocou a cabeça num trecho do litoral. As víboras venenosas que infestam o Saara também foram ditas como nascidas a partir das suas gotas de sangue derramadas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...