História Modelo Privado (jikook) - Capítulo 3


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), J-Min, Kim Nam-joon / Rap Monster
Personagens Jimin, Jungkook, V
Tags Amor, Bts, Hentai, Jikook, Jimin, Jungkook, Sexo, Yaoi
Visualizações 142
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá queridos!!
não sei se ficou muito bem esse capitulo..
mas..fazer o que?, é o que tem pra hoje kkk
Boa leiturinha :3

Capítulo 3 - Reprovado?


Fanfic / Fanfiction Modelo Privado (jikook) - Capítulo 3 - Reprovado?

@[email protected]

Olá Senhor Park jimin

Informamos que o senhor foi reprovado em nossos testes, infelizmente.
Para mais informações, acesse nosso e-mail e fale conosco.


By: MoldelINC

 

(...)

 

Depois daquele e-mail, eu tinha ficado sem chão. Passei horas assistindo a qualquer coisa na TV.. sem a menor vontade de me levantar dali. Alguma horas depois, as lagrimas tinham acabado.. então decidi ir falar com a empresa para ver o por que de não ter sido aceito. Peguei o notebook e fui até p site da empresa:


@[email protected]
Olá
Desculpem-me, mas queria saber o porquê não fui aceito?


By: Parkchimchim

 

Enviado o e-mail, peguei o celular e fui falar com Elisa, queria ocupar minha mente com alguma coisa (E também pra me tirar desse sofrimento e tédio).

Duas horas depois e eu ainda estava esperando Elisa terminar de se arrumar. Nós íamos para uma casa noturna que ela havia me dito que era ótima, chamava-se Octagon. Cansei de ficar esperando e fui até o quarto da mesma, chegando lá dei de cara com ela andando pela sala, apenas de lingerie..

 

 

(P.O. V Elisa)

Estava à procura de um bendito vestido que eu não sei onde havia colocado, quando vi meu celular apitar. Ele estava na sala, então fui até lá quando a porta se abre de repente num estrondo, revelando um homem.. Chamado PARK JIMIN!

 

 

- JIMIN! . Peguei uma almofada pra me cobrir e outra que joguei nele que só morria de rir.

- A culpa não é minha se você fica andando pela sala assim querida hahaha.

- A casa é minha seu... seu..

- Olha a boca.. baixinha

- Aish...

- Vai se trocar logo porque acho que estou virando hetero com essa visão. Ele pisca pra mim, me fazendo corar de leve.

 

Dou língua pra ele e saiu andando pra me trocar (apesar de ainda não ter encontrado o vestido).

 

(...)


(P.O. V Jimin)

 

Demorou alguns minutos para chegar, mas, pelo menos, o taxista era legal. Fomos a corrida inteira conversando. Chegamos lá por volta das 21:00 horas. A festa ia começar de 11. Fomos entrando e já dava pra ouvir a música alta de fora. Elisa tinha convidado algumas amigas, que, ao me verem, ficaram dando em cima de mim. Elisa só ria da situação, pois só ela sabia que eu era gay. Fomos para a mesa que reservamos e pedimos algumas bebidas de começo. Ainda não tinha muita gente, então ficamos bebendo e conversando por alguns minutos, até que alguns rapazes vieram chamar as meninas para dançar, me deixando sozinho na mesa. Por um tempo fiquei observando-as dançar quando vejo um rapaz que já pensei em ter visto antes.. só que não me lembrava onde. Ele vai até Elisa e pede licença pro rapaz na qual ela estava dançando. Não sei qual era intenção dele, mas acho que estava afim dela, pois estavam conversando como se já se conhecessem um ao outro.. quando de repente vejo ela vindo até mim..

 

- Jimiiiiinnnn

- Oiiiiiiii

- Ta vendo aquele cara com quem eu tava conversando. Ela aponta disfarçadamente.

Eu o olho de relance.

- Sim..

- Pronto.. eu pensava que ele estava afim de mim e tals..mas não, infelizmente

- E? ..

- E daí que..ele veio falar comigo.. sobre você querido. Ela me olha com uma cara pervertida.

- E-eu?.. como assim?

- Ele me disse que estava tímido demais pra vir falar com você diretamente.. então me pediu para te apresentar a ele sem que você soubesse kkkk

- É.. mas eu já sei..

- Isso mesmo..você não vai estragar essa oportunidade né? Ahh não Jimin.. olha aquele homem.. que inveja!

- N-não li.. estou com vergonha..

- Que vergonha o que macho! Você vem comigo sim, nem adianta!

- Ta ta... só porque você vai..

- Huhum.. sei kkkk

 

Confesso.. eu estava muito nervoso.. desde meu ultimo namoro (que não acabou muito bem) ninguém tinha se interessado por mim.. então não sei mas como agir. A medida que fomos nos aproximando do garoto, eu pude ver melhor como ele era. Alto, Magro bem definido.. Cabelos lisos e morenos.. Meu Deus.. que isso gente, pedaço de mal caminho..

 

- Jimin!

Elisa me tira dos meus devaneios, quando percebi que eles me olham, olhando fixamente para o garoto que fica meio sem jeito, e eu corado.

- O-oi..

- Até que enfim né, Bom, Jimin esse é o jungkook, jungkook esse é o Jimin. Ele estende a mão até mim, e eu aperto a mesma.

- Muito prazer.. Jimin. Ele sorri.. e... ahh que sorriso!.. controle-se Jimin!

- Prazer.. Jungkook.

- Então.. quer dançar um pouco Jimin, antes que a pista fique cheia demais?

- A-acho melhor na..

Elisa me da uma cotovelada nada discreta.

- Sim.. vamos. Eu sorrio forçado por causa da cotovelada que tinha doido.

 

Ele pega minha mão e sai me levando para pista de dança. Sem perceber.. me peguei fitando sua costas, que, mesmo com a roupa, era bem atraente..
 Paramos no meio da pista e ele se Poe de frente pra mim, chegando um pouco mais perto. A música estava lenta e só tinha casais na pista, nesse momento. Na medida em que ele chegava mais perto para poder dançarmos eu ficava mais sem jeito e vermelho. Ele, pois a mão na minha cintura e me fez ficar mais perto dele do que já estava. Levantei a cabeça por um momento e me perdi em seus olhos castanhos escuros que nem percebi as horas passarem.. Eu não conseguia tirar os olhos dele.. nem ele dos meus.. era como se precisássemos daquele momento a anos. Ele encostou sua cabeça em meu ombro e sussurrou..

 

- Nunca pensei que ficaria assim por alguém...

 

Eu me arrepio pelo sussurro e pelas palavras do mesmo. Ele estava tão perto que pude sentir seu perfume delicioso. Nossos corpos estavam praticamente colados um ao outro, quando de repente ele levanta sua cabeça e me olha.. eu sabia o que ia acontecer.. Ele vai chegando mais perto, tentei hesitar... mais já não estava mais no controle de mim mesmo (um pouco por causa da bebida).. então só me deixei levar. Estávamos quase nos beijando, quando..

 

~~~~~~~~~~~~~~~~


 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!
Até o proximo Cap. ^^
Beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...