1. Spirit Fanfics >
  2. Momentos >
  3. O plano - parte 2

História Momentos - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Gente me perdoem a demora, não foi abandono, mas comecei meu canal no YT e esqueci de escrever rsrs mas to aqui! Espero que gostem!

Capítulo 4 - O plano - parte 2


Fanfic / Fanfiction Momentos - Capítulo 4 - O plano - parte 2

Ao retornarem à livraria, Crowley se encarregou de começar a receita de bolo, visto que Aziraphale queria organizar os chás certinho por intensidade. Cuidadosamente separou tudo que parecia ser necessário e ficou parado encarando as coisas na bancada.

 

-Encarar faz parte da receita?

 

-A caixa diz que basta acrescentar ovos, manteiga e leite, mas não diz a ordem.

 

-Eu não acho que precise de uma, você por acaso sabe quebrar ovos?

 

-É claro que sei!

 

Crowley bufou quebrando três ovos, jogando as cascas diretamente na lixeira, esticou o braço para pegar a caixa de leite, quando sentiu algo o envolver, e ao olhar para baixo, estava com um avental branco de babados enrolado na cintura.

 

-Mas o que...

 

-Não questione querido, apenas continue.

 

Aziraphale tentou segurar a risada, e Crowley apenas sibilou e voltou a focar na receita.

 

-Achei que era mais difícil fazer isso.

 

-Eu suponho que a dificuldade esteja no tempo que leva para assar.

 

-Bom agora falta a manteiga, mas será que não deveria ser derretida?

 

-Eu não tenho micro-ondas aqui querido.

 

-Que seja.

Crowley disse estalando os dedos, e adicionando a manteiga na mistura. Após tudo estar misturado em uma massa laranja, colocou em uma forma redonda.

 

-Você tem um forno aqui não é?

 

-Claro, ele está embutido no fogão.

 

-Dizia pra pré-aquecer, não fizemos isso...

 

-Eu fiz enquanto você parecia distraído lendo a caixa.

 

-Já te disseram que você é um anjo?!

 

Aziraphale riu, Crowley colocou o bolo no forno e bateu as mãos.

 

-E agora?

 

-Temos que esperar...

 

-Só isso?

 

-Bom o que mais você espera? Que o bolo saia falando?

 

-Talvez se fizer do zero seja mais complicado.

 

-Se ele não sair queimado já vai ser uma vitória anjo.

 

-Que pessimismo. Mas já que temos tempo, estava pensando no que Anathema disse.

 

-Sobre o garoto?

-Acha que é seguro deixarmos ele sem supervisão?

 

-Bom, um garoto prestes a entrar na puberdade com poderes divinos, o que poderia dar errado anjo?

 

-Falo sério, se estamos realmente do lado da humanidade, talvez ele ainda tenha um papel a cumprir.

 

-A ideia de inefável não é ser algo inexplicável?

 

-Podemos deduzir ao menos. E também, tudo que temos é quase inteiramente a base de milagres, e se desfizerem tudo?

 

-Bom eu não tenho tudo a base de milagres. E não acho que alguém vá se importar com quantos livros você tem.

 

-Eu colecionei todos de forma manual, a propósito.

 

-O que você sugere então?

 

-Eu sinto que falhamos com ele, ele pode precisar de nós, somos os únicos que vão entender como ele se sente.

 

-Eu não vou bancar a babá de novo.

 

-E não precisa, ele só precisa de...

 

-Um Obi-Wan Kenobi?

 

-...

 

-Dois?

-Vamos pensar sobre isso mais tarde, me sinto cansado.

 

-Deve ser a energia do feriado, não é lá angelical.

 

-Tem razão. Vou descansar na sala.

 

-Quer um chá?

 

-Sim querido. Na verdade, é realmente interessante ver você de avental de babados assando bolo e me oferecendo chá.

 

Aziraphale riu rumando ao sofá sem ao menos dar chance de Crowley responder.


Notas Finais


Vou tentar att amanhã, prometo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...