História Moments - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Personagens Originais
Tags Stony, Thorki
Visualizações 81
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie meus bolinhos ^-^
Me desculpa pela demora, mas eu sempre tenho um problema para começar a escrever um capítulo. Mas eu escrevi esse em algumas horas por isso deve estar com alguns erros, mas já peço desculpas.

Capítulo 18 - Capítulo 15



Tony On

 

Ainda era bem cedo quando Steve voltou da preparação do encontro Thorki, mas eu ainda não estava falando com ele por me fazer emprestar um dos meus bebês para o Thor que podia muito bem arranhar a tinta ou qualquer coisa que prejudicasse o meu bebê.

- Tony? – Ouço Steve me chamar, mas vou continuar a ignorar.  – Você não pode me ignorar para sempre Tony, já faz horas que você está assim por causa de um carro. Aliás o Thor sabe cuidar muito bem do seu precioso carro.

Claro que ele vai cuidar muito bem do meu carro ou eu mesmo faço questão de o matar com as minhas próprias mãos, mas isso não me impedia de ficar ignorando Steve, eu sei que estou sendo infantil fazendo isso porém, não posso mudar isso da noite pro dia. Steve me pediu em casamente já sabendo dos meus defeitos.
Eu estava tentando me distrair desde o momento em que Steve tinha saído de novo para levar o carro para Thor, mas agora o loiro também estava fingindo que eu não estava aqui. Está na cara que ele ficou visivelmente chateado comigo, mas não posso mudar nada do que aconteceu e ele sabe muito bem disso.


- Tony, estou indo para casa prometi ao Bucky que teríamos uma noite de irmãos hoje. – Ele diz aparecendo no quarto.

- Achei que ele fosse ficar com o Matt! – Digo.

- Sabia que não tinha prestado atenção em mim! – Ele diz visivelmente irritado. – Mas isso não muda o fato de que vou ir ficar com o Bucky hoje. 

- Meu amor, mas não é culpa minha. - Digo.

- "É por causa do carro" - Ele diz me imitando. - Você devia crescer. Até amanhã Tony! - Disse ele saindo do quarto ainda mais irritado. 

- Steve, não fique assim. Não queria te magoar amor. - Digo indo atrás do loiro que fingia não me ouvir.

- Acho melhor você ir fazer o que estava fazendo, mas nada de beber. - Disse Steve. Ele volta até mim me dando um beijo na testa e vai embora sem me dar uma chance de dizer nada.

- Jarvis! - Grito já de volta ao meu quarto. Jarvis é uma governanta na minha casa, mas ele é da família. 

- Qual merda você fez agora? - Ele pergunta, até parece que eu só faço coisa errada.

- Não fiz nada de errado, mas sabe me dizer o que aconteceu com o Matt? - Pergunto.

- O Sr. Rogers, não contou? Bem o pai do Sr. Murdock faleceu! - Disse Jarvis. Me senti mal por ficar apenas pensando no carro quando Steve estava mal por seu amigo.

- Obrigado Jarvis! - Digo ao senhor que assente e sai do meu quarto. - Agora só preciso fazer com que os pais de Thorki faça o trabalho deles.


Andei até a sala de estar pegando o meu celular que eu havia deixado na mesa de centro e liguei para o pai de Loki. 


- Tony? Aconteceu alguma coisa? - Diz Farbauti preocupado.

- Não, não aconteceu nada! Eu só liguei para lhe pedir um favor!  - Digo tranquilizando o mais velho.

- Sendo assim pode falar! - Ele diz.

- Preciso que meia-noite você ligue para o Loki. - Digo.

- Por que? Você sabe que ele está no encontro, certo? - Ele pergunta.

- É claro que eu sei, e é por isso que eu preciso que ligue para ele. Thor é o homem ideal para Loki, mas eles precisam ter certeza de que sentem algo um pelo outro. Por isso não posso deixar que eles acabem transando no observatório.

- Tony, você não precisa ficar cuidando para sempre de Loki, ele já é um homem tem que saber se virar. - Diz Farbauti, ele estava tentando me conscientizar.

- Eu sei disso, mas quero continuar cuidado do meu irmãozinho! - Digo com um bico nos lábios como se ele estivesse ali para ver. 

- Tudo bem! Só farei porque é você pedindo, mas se ele surtar comigo eu te castigo! 

- Não irá acontecer nada, eu te amo tio! - Digo e ouço ele dizer que também me amava e desligo.


- Um eu já convenci agora falta a mãe de Thor. - Digo para mim mesmo.


- Tia? Está me ouvindo? - Pergunto, a linha ainda estava em silêncio.

- Desculpe meu querido! Esse celular novo que Thor me deu de presente é quase um bicho de sete cabeças para mim. - Ela diz rindo. Era bom ouvir ela rindo depois de tudo que aconteceu. 

- Thor é um desajuizado, aposto que nem lhe ensinou como mexer no aparelho. - Digo em divertimento. 

- Foi exatamente o que ele fez. - Diz ela enquanto continuava a rir. - Acho que vou trocar esse celular pelo meu antigo, lá era mais fácil de atender uma ligação. 

- Não se preocupe eu lhe ensino a mexer, mas bem eu liguei para te pedir um favor. - Digo.

- Pode dizer querido! - Ela diz. Gente essa mulher é um amor.

- Bem eu gostaria que meia-noite você ligasse para Thor pedindo que volte para casa. - Digo.

- Mas ele não está tendo um encontro com o rapaz que ele gosta? - Ela pergunta.

- Está sim! Mas estou tentando fazer eles perceber que se amam e que deviam se casar o quanto antes. - Digo entusiasmado.

- Tony, não é porque você vai se casar que eles também precise se casar. - Ela diz rindo. 

- Mas também não quero que eles acabem... bem você sabe. - Digo envergonhado.

- Que eles acabem trancando no primeiro encontro ou no lindo observatório onde foi o encontro? Não precisa ter rodeios, também já tive a idade de vocês. - Diz tia Frigga como se aquilo não fosse constrangedor.

- Mas conversar sobre isso com você é muito constrangedor. - Digo. Eu podia sentir o meu rosto queimar.

- Não tem nada de constrangedor dizer que meu filho faz sexo com quem ele gosta. Mas pode deixar que eu irei fazer o que me pediu. 

- Obrigado, eu te amo tia! - Digo e ela diz o mesmo e logo desliga. 


Tudo acabou saindo como eu esperava, agora eu teria que esperar até a manhã seguinte para obrigar Loki vir até aqui para conversarmos sobre o maravilhoso encontro que eu aposto que eles tiveram. 

 
Volto para o quarto e o vejo vazio, sempre é muito ruim é solitário quando Steve tem que ficar uns dias com Bucky para que ele não se sentisse abandonado. Tá agora eu não o odeio tanto por ter dado um selinho no Steve, não depois que ele também me deu um e de ter descoberto que Natasha também já tinha dado um nele. Prometi para ele que não iria mais surtar por ciúmes bobo, mas quem não teria ciúmes tendo aquele homem como noivo? Ele chama atenção por onde passa. Mas ainda bem que ele homem é apenas meu.
Me deito na cama no lado em que Steve dorme e fica o seu maravilhoso cheiro, fico abraçado a um dos seus travesseiros até que o sono venha. 


Notas Finais


Espero que gostem!! 💜
Obrigada por lerem!! 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...