1. Spirit Fanfics >
  2. Mommy loves you - Imagine Park Jimin(Incesto) >
  3. Capítulo 17

História Mommy loves you - Imagine Park Jimin(Incesto) - Capítulo 19


Escrita por: e RaqRaq


Notas do Autor


Me desculpem pela grande demora, eu tive um bloqueio de criatividade.


Perdoem o capítulo curto.


Por favor não desistam de mim ;-;

Capítulo 19 - Capítulo 17


Taehyung não esboçava mais nenhuma reação após as palavras daquele maldito velho o que me deixava mais apreensivo.

- Você não é um assassino Tae! - eu gritava para o garoto em pé encostado na parede o mesmo parecia travar uma luta interna, como um verdadeiro psicopata - eu estou confuso - digo sentindo minha visão embaçar pelas lágrimas que tomavam em meu rosto.

- esta confuso? - o velho rir se aproximando do meu rosto - agora está sozinho... não você não está.

- quem... quem está comigo então? - o pergunto olhando para seus olhos.

- esta comigo oras, sou a sua família agora - ele sorrir de lado, e anda até a porta acendendo mais um de seu charuto fedorento - tenho um ótimo destino pra você - ele da uma cuspida no chão - vou fazer um favor se te matar também, você merece viver com esse sentimento de perda pra sempre - o mesmo se retira me deixando novamente a frente do meu "amigo".

Taehyung não me olhava mais fazia meia hora apenas fitava o chão, o que me faz pensar que ele havia mesmo matado S/n, e nesse mesmo tempo minhas lágrimas não cessavam e permaneciam a rolar fazendo minha cabeça doer, eu queria gritar queria chamar pela minha amada, mas aquela tristeza me trazia um nó na garganta, e apenas sons quase que inaudíveis saim de meus lábios. Porque me deu falsas esperanças Tae, porque? Eu estava tão confiante que ele estava ao meu lado, que ainda sobrava um pingo de esperança pela nossa amizade.

- pode fazer silêncio agora Jimin?

A sua voz saiu tão vazia quanto aquela sala branca e opaca. O mesmo ainda não me direcionava olhar e eu pude entender tudo agora.

- você mentiu para mim, me deu falsas esperanças para não ouvir meus sussurros quando chorasse - eu disse ainda o vendo parado em pé fitando o chão - você é um psicopata! - grito forte e o mesmo olha para mim com um sorriso nos lábios.

- está correto Jimin - ele me responde e meu coração dispara, então a S/n esta mesmo morta.

- SEU MALDITO, SEU DESGRAÇADO! - grito tentando me soltar daquela cadeira - COMO PODE?!

- é melhor você não saber Jimin - ele diz se sentando no chão abaixando a cabeça entre as pernas evitando novamente olhar em meus olhos.



Flashback on


- seus amigos são tão simpáticos Jimin - S/n sorrir ao ver os meninos brincando de lutinha enquanto Suga tirava um cochilo no sofá.

- sim - dou uma risada - obrigado por ter voltado Omma - ela olha pra mim com os olhos brilhando como se estivesse vivendo o melhor momento de sua vida
.

- Jimin - Tae me chama atraindo minha atenção - sabia que eu sou um belo ator? - o mesmo da um sorriso de lado.

- Ok, isso foi muito assustador - eu digo dando uma risada e o castanho rir junto.



Flashback off


Não sei o que aconteceu realmente com ele, se foi mesmo abusado pelo velho, mas com certeza não bate bem da cabeça. Agora definitivamente acredito que estou sozinho, onde estás você Deus? Abaixo a cabeça e mais uma vez molho a minha roupa com lágrimas, meus olhos estavam inchados e acredito que estejam vermelhos. Eu só quero a morte agora, porque não me matam de uma vez? Só pode ser castigo, eu e S/n estamos pagando pelo nosso pecado.

- esta se perguntando a Deus se ele te ouve? - Tae pergunta se deitando no chão com o corpo esticado e braços abertos como uma cruz - eu clamei por ele a vida toda e nunca fui atendido, porque você seria especial?

- cala a boca... - sussurro pela voz embargada.

- você está sozinho Jimin - ele continua - me acha louco?

- tsc - olho para aquela figura que ainda permanecia deitada no chão, eu podia sentir o peso que havia em sua áurea. Ele parecia ter aquela sombra negra que o velho Kim tem sobre as costas,como se fosse um verdadeiro monstro.

- talvez eu seja louco - ele rir olhando vibrado para algum ponto do teto.

Após isso o mesmo ficou em silêncio, e pelo passar das horas acabei adormecendo, pelo cansaço e choro.


[...]


- eii Jimin, você é forte...


Acordo com um flash de luz em meus olhos eu me encontrava sem camisa penas com as roupas debaixo.

- pensei que havia morrido - Tae diz olhando para mim com a lanterna que o mesmo apontou para o meu rosto antes de acordar.

- porque estou sem camisa, e...que coisas são essas? - pergunto ao ver várias ferramentas sobre uma mesa de alumínio.

- o chefe quer que eu entrerta você - ele diz pegando uma tesoura.

- não faça isso Tae isso é loucura - arregalo meus olhos ao ver o mesmo se aproximar de mim com o objeto cortante.

- Você acha que está aonde? Num spa? - ele sorrir lambendo a lâmina - e eu deixei bem claro que sou louco - Eu mais uma vez tento me soltar da cadeira machucando meus pulsos e pernas - o seu inferno acabou de começar Jiminzinho.



Kim Namjoon(on)


- quem é você? - pergunto ao abrir a porta e ver uma garoto quase da minha altura de cabelos negros.

- me diga por favor - ele olha em várias direções para dentro de meu apartamento.

- o que você quer? - o empurro para trás e fecho a porta atrás de mim.

- Você se chama Namjoon?

- sim e você?

- me chamo Jungkook e vim para acabar de uma vez por todas com o Sr.Kim




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...