História Mon Alpha - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


opa cheguei desculpa a demora trabalho e faculdade tá cansando mt

Capítulo 5 - Capítulo especial


 -sasuke…


- calma so faltou energia - ele continua a me beijar, seu beijo me deixa totalmente embriagada, lerda, é  incrivel o que seus toques causam em mim, sasuke passa sua mão entre minhas coxas as apertando, posso o sentir duro. 


- você me deixa louco sabia? - sasuke morde meu pescoço. 


-ah, nao faça isso é  meu ponto fraco.- o beijo sentindo sua mao, perto da minha intimidade. 


-estou duro por você sakura,eu te quero mas que tudo neste mundo!- ele diz me olhando. 


-me faça sua! - digo olhando em seus olhos.


-com prazer!- ele diz me pegando no colo com minhas pernas ao redor de sua cintura, suas mãos me seguram pelo bumbum, vez ou outra ela dá amassos gostosos, assim ele me levou para o quarto e me deitou na cama, sem cortar o contato de olhares, ele tira a camisa mostrando o lindo corpo de Deus grego que ele tem, ele me olha como se eu fosse sua caça e eu estou adorando tudo isso. Sasuke vem até mim e me beija novamente, e sua mão vai em direção ao botão da minha calça jeans, e logo abre o zíper começando a descer, puxo seu cabelo intensificando o nosso beijo, ardente minha intimidade clama por ele, é  incrível o que esse homem é capaz de me fazer sentir, apenas por um olhar um toque ou um sussurrar de sua voz, me deixa completamente louca de desejo, logo ele tira minha calça por completo e em então beija minhas pernas, dando leves mordidas cada trilha de beijo me deixa cada vez mas quente, de desejo eu tiro minha blusa, e fico apenas de calcinha e sutiã, na sua frente seus olhos brilham observando meus seios ainda coberto pelo sutiã, ele entao beija o vão do meu seios, e morde a carne macia onde o sutia nao tampa, depois passa a me beijar, sinto sua mão adentrar dentro da minha calcinha, sasuke começa a massagear meu clitóris, me deixando mas excitada ainda.



estou encharcada, um de seus dedos adentra minha entrada e eu me encolho ele tira o dedo e o lambe.


-tao doce. - ele me olha tão sexy, eu então o puxo para mim e o beijo novamente, inverto nossas posições e tiro sua calça, e a cueca vendo seu membro pulsante, a cabeça avermelhada escorre seu mel, e eu sem pensar duas vezes coloco em minha boca, o chupando massageio suas bolas passo minha língua, de cima para baixo o fazendo arfar, e segurar em meu cabelo.


-ah caralho,  mas que boquinha gostosa!- ele diz de olhos fechados, depois os abre e me olha, e sorri sacana chupo a cabeça de seu pênis, o fazendo delirar de prazer depois de alguns minutos sinto que ele está prestes a gozar, assim então, ele tira seu pênis da minha boca me deita na cama,e abre minhas pernas.


-minhas vez! - ele vai em direção ao meu clitóris  e o chupa, e eu gemo o seu nome, sua língua adentra  meu buraco e faz um "vai e vem", gostoso fico cada vez mas molhada, ele volta a me chupar, minha intimidade está loca, de tesão  estou prestes a gozar, quando ele retira sua boca e sem mas, nem menos adentra dentro de mim, me fazendo dar um grito de dor, e ele me olhar assustado, pelo o que acabara de descobrir.


-você  é virgem?


-n-não! - minto chorando.


-Sakura!-  ele me olha seriamente. - não adianta esconder…- ele se retira de mim com cuidado, a lua ilumina o quarto e podemos ver uma pequena mancha de sangue, sobre o lençol o que me deixa morta de vergonha, além de ele me olhar com as sombracelhas, arqueadas. - então me explica Isso!


-desculpa eu… sou uma idiota.- cubro meu rosto com as maos tentando esconder meu choro sinto o colchão se afundar e ele retirar minhas maos do rosto para secar minhas lágrimas.


-meu anjo não chore, não gosto de te ver assim, por que não me disse nada deixou, que eu continuasse?


-eu só queria… te ter comigo, como eu te disse antes você  tem algo que me atrai e é algo muito forte.- digo o olhando.


-eu te machuquei?- ele pergunta preocupado comigo.


-não… eu estou bem mas….- me levanto e sento em seu colo- eu quero, quero mas assim por favor!


-tem certeza? - eu confirmo com a cabeça, ele então me beija novamente e me deita na cama, se posiciona entre minhas pernas e me penetra lentamente, ainda doi demais sasuke, contina num ritmo lento para que eu me acustume com ele, até  que depois da dor finalmente senti prazer e digo "O PRAZER", sasuke vê que estou gostando começa a socar dentro de mim "FIRME FORTE E FUNDO", o sinto chega bem no útero. - ssss...Sakura você é tão gostosa!- ele geme em meu ouvindo me deixando como um picolé sobre o sol.


-awnn mas forte eu quero mas!- mordo o lábio inferior, ele então se retira de mim quase me fazendo chorar, novamente  e então me põe de quatro me penetrando com tudo, sinto mas fundo ainda dentro de Mim, nossos sexos ss chocam fazendo um barulho gostoso pelo quarto que exala tesão.


-gosta disso gosta?- sasuke bate forte em minha bunda e aperta. 


-uhuuummm- gemo manhosa.- tá  muito gostoso.- recebo outra tapa dele, e o sinto  puxar meus cabelos para trás, o segurando enquanto se enterra em mim gostoso.


-ah caralho, você  tira minha sanidade minha deusa.- sinto minha parede da vagina se aperta avisando que estou gozando.- isso minha deusa goza pra mim goza gostoso!- sasuke me estoca mas forte sinto que estou louca, meus gemidos são altos sorte que onde sasuke mora é longe de vizinhos, por que do jeito que estou gritando qualquer um saberá o que estamos fazendo, acabo gozando melado o membro de sasuke com meu gozo, meu corpo se treme todo ele rosna, alto ainda me penetrando me vira  de lado, se retira de mim e me chupa arqueiro meu corpo sentindo aquele maravilhoso tesão ele coloca dois dedos dentro de mim ainda me chupando sinto que vou gozar novamente, sasuke continua me penetrando com os dedos, até que não aguento e gozo em sua boca ele me lambe lave e me penetra com seu membro.- gostosa!- ele segura em meus rosto fazendo o olhar. - vou gozar se prepara que vai sair muito!


-awwn vai estou ficando assada! - ele rir e sinto seu membro ficar mas duro e Grosso, sasuke me penetra maa forte e então se retira de mim e se masturba pra Mim, até que derrama seu gozo nos meus na minha barriga.  Vem em minha direção e chupa meu seio e me beija.


-ta tudo bem?- sasuke tira uma mexa mesa de cabelo do meu rosto me analisando.


-Cansada.- ele ri.


-vem vamos tomar um banho Linda.- sasuke vai até o banheiro  liga a banheira me pega no colo, e juntos vamos banhar ele me coloca na banheira, e desliga a torneira que estava enchendo coloca algum produto, e começa a espuma logo sasuke senta atrás de mim começando a beijar minhas costas me fazendo uma massagem relaxante.


-isso é  incrível.- comento sentindo suas maos passearem pelo meu corpo.


-o que é  incrível? - sasuke pergunta e morde o lóbulo da minha orelha. 


-Nós… quer dizer a gente aqui, eu mau te conheço mas sinto como se te conhecesse a anos, séculos como se já tivesse te visto antes não me senti estranha como você  é algo tão íntimo você também sente isso sasuke? - me viro para olha-lo.


-Sim.-  responde.- meu anjo tudo que você sente eu também sinto e não estou mentindo estou falando a mas pura verdade.


-ainda bem.- digo e dou um sorriso e um selinho nele.- por que odeio mentira.- o abraço sentindo seu corpo quentinho me apertando com cuidado. Logo depois do banho vesti uma camisa sua e uma cueca a qual ele disse que fiquei muito sexy, se eu não tivesse tão cansada estaríamos trancando de novo.


********


o dia amanheceu e eu despertei não encontrando sasuke na cama, me sentei na cama e olhei para meu celular que esta no criado mudo vendo inúmeras ligações e mensagens da minha mãe e do meu pai perguntando onde estou, só então vejo a hora 9:56, dou um pulo da cama mas ao me levantar cai  com tudo no chão.


-droga!-reclamo, logo vejo a porta do quarto ser aberta.


-opa tá tudo bem aí?- ele ri com uma bandeja em maos e deposita na cama vem em minha direção e me ajuda a levantar.


-minhas pernas estão fracas.- digo e ele beija meu queixo.


- sorte a sua que foi sua primeira vez por que a próxima você vai ficar sem andar pir uma bons dias.


-seu tarado,não sabia que estava tão tarde dormi como uma pedra.-passo a maos em meus cabelos que por sinal devem estar horriveis.


-sua primeira noite de sexo,logo você  se acustuma por que eu vou usar e abusar de você.- ele diz e eu começo a rir até que meu estômago ronca alto chamando sua atenção.- uau, calma aí estômago fiz nosso café da manhã!  - ele coloca a bandeja em minha direção e junto tomamoas nosso café e ficamos conversando. 


******



Vocês não sabem onde ela está?- pergunta fugaku ele havia ido na  casa Dos haruno conversar com mebuki e Kakashi que estão nervoso pelo fato de Sakura ter sumido no meio da noite sem dar mas notícias. 


-ela saiu de casa transtornada, não atende o celular nem respondeu nenhuma mensagem.- Kisashi diz tomando um gole de café. 


-estou com medo ela saiu de carro a cidade está perigosa  e se…- mikoto a corta.


-calma minha amiga vamos pensar positivo.- o celular de fugaku toca é uma mensagem de sasuke.


"Sakura está aqui em casa, não se preocupem avisem os pais dela".


-podem ficar tranquilos ela está na casa do sasuke. 


-na casa do sasuke? 


-fico mas tranquilo sei que sasuke vai cuidar muito bem da sua marcada, só estou imaginado quando ela também descobrir que ele é  um Lobo alfa, você e mikoto….


-vamos dar tempo ao tempo sasuke vai saber quando for o momento sério.-  diz muito para mebuki.


*****


-aaaaah, Socorro!-  grita correndo desesperado.


-hahaha não adianta correr humano fraco - em instante aparece na frente do homem. - chegou sua hora!- ele segura o homem pelo pescoço o arrefeça longe e então chega novamente na frente dele onde criava seus dentes pontiagudos em seu pescoço tirando-lhe a vida.- perfeito  agora só preciso ir lara a cidade e fazer amizade com uma linda doutra rosada, que que estou facinado!- ele olha para os 4 corpos jogados no chão como se não fossem nada.


******



Alguns dias depois e tive que voltar para casa, afinal não posso ficar ma casa de sasuke, nós não temos nada e ele não é  obrigado a me aturar, conversei com os meus pais apesar de ainda não aceitar tudo aquilo, saber que me esconderam isso doeu profundamente em mim.



Sobre o Sasuke nossa, que homem meu Deus!  estou nas nuvens desde o dia em que ficamos juntos, é fascinante como cada toque dele me causa um arrepio gostoso no corpo. Quero muito entender o por que de sentir essas coisas, sera que tem alguma explicação? de uma coisa eu sei estou apaixonada, muito apaixonada por Sasuke Uchiha.



****



hospital 


-ele terá que voltar aqui para a primeira seção de quimioterapia.-  Sakura escreve algo no papel e entrega a mãe do paciente. 


-ele vai ficar curado doutora?-sakura segura  as mãos dela que estão geladas. 


-vamos ter fé,  ele ainda é uma criança descobrimos cedo tem mas mais chances-  sorri.


-obrigada doutora semana que vem às 9:30 estarei aqui com ele até mas.- diz a senhora que se levanta da cadeira.


-até vá com Deus! - Sakura a vê fecha a porta e suspira. - nossa coitada dessa mãe receber um notícia dessas….



*****



alcatéia 


-quatro mortos?  você só pode está brincando comigo!- Sasuke está visivelmente irritado e soca a mesa a partindo no meio.


-um homem e duas mulher cuidamos de enterrar os corpos recolhemos alguns objetos que eles usavam estão aqui- o loiro lhe entrega um saco plástico com alguns obejtos pessoais.


-Naruto você viu se eles tinham as mesmas marcas?


-Sim...no pescoço...braços pernas…. e os arranhões…. tem um vampiro se aproximando da cidade.


-a pergunta é por que disso? tem tantas outras cidades por aqui? -pergunta neji.


-por que deve ser aqui o local onde ele ou ela está procurando algo importante. - diz sasuke pensativo. 


****



Sakura toma seu chá no refeitório do hospital quando ver tenten correr desesperada em sua direção.


-Sakura, Sakura!- se senta na cadeira a frente de Sakura. 


-oi o que houve, ta eufórica.-  Sakura morde sua torrada.


-chegou um novo médico aqui, um pedaço de mau caminho, não sei ainda o nome mas é  da Rússia. 


-nossa e você já sabe tudo isso?-sorri


-Sakura é por que você ainda não viu ele, é de tirar o fôlego. - se abana.- nossa que calor!


-calor? com a chuva forte que está dando la lá fora, está com calor?- pergunta.


-o doutor ruivo é o motivo, do meu calor e olha só ele tem pircegin.


-sério isso?


-sim.


-estava na hora mesmo de deixar pessoas assim trabalhar, não sei pra que o preconceito com pessoas de tatuagens, ou  com pircengins ou homens de cabelos compridos, o que importa e a pessoa trabalhar!- Tenten bebe um gole de seu chá. ei!- reclama fazendo a Colega gargalha.


-aí meu Deus ele ta vindo,ele tá vindo!- cutuca  Sakura 


-quem?-  pergunta.


 -o ruivinho delícia ta vindo para cá! - suspira quando Sakura se vira se depara com um lindo homem ruivo, com pirceng sorrindo para ela.


-bom dia meninas, me chamo Yahiko!- sorri não tirando oa olhos de Sakura.

-muito prazer! 


-Sou Sakura é essa é  tenten.- diz Sakura que aperta a mão dele.



-muito prazer Yahiko!-tentem o comprimento e ele aperta a mão dela.


-bom a diretora shizune falou muito bem de você Sakura, e pediu que me levasse para conhecer melhor o hospital, é claro se não tiver muito ocupada.


-não tudo bem, estou folgada por agora.- Sakura se levanta.-  quer vir junto tenten?


-nao vai dar tenho um paciente, daqui a dois minutos-sorri, olhando para o relógio em seu pulso.


-tudo bem então,vamos?


-sim.- ele sorri e segue Sakura que vai lhe mostrando o hospital.

****



-Sakura está diferente esses dias não é  amor?-Menino pergunta enquanto prepara o almoço e Kakashi ele um jornal.


-sim parece que vou um passarinho rosa- gargalha.


-passarinho ou um Lobo chamado sasuke? 


-sim, eles se gostam isso qualquer um nota, e aquela noite eles ficaram juntos mas Sakura não disse nada sobre estarem namorando, quero que ele venha aqui e peça pra mim primeiro. 


-para de ciúmes meu amor-ela corta um legume-Sakura é  adulta.


-Sobre tudo é  minha filha.-diz Kakashi.


-é  marcada dele...


-não quero saber, seu pai fez o mesmo comigo e eu acho o certo.


-engraçado que no tempo você disse que meu pai, era exagerado não era?-se vira com a mão no queixo olhando para o marido.


-mudei de ideia- Franzi o cenho olhando uma notícia no jornal-" ataques numa pequena cidade da França, estão começando a serem investigados algumas vítimas foram encaminhadas ao o IML, para fazerem alguns exames…-  mebuki escuta o que o marido diz e suspira.


-mas uma vítima meu Deus o que está acontecendo com essa cidade era tão pacífica….


****


-rsrs você se acostuma- Sakura rir.


-com uma doutora linda assim vai ser um prazer!- oa dois chegam a recepção do hospital e Sakura ver sasuke assume a esperando com uma cara ma Boa fitando o ruivo do lado dela.


-sasuke o que está fazendo aqui?-pergunta.


-vim te levar para almoçar comigo.- ele cruza os braços.


-ah… esse é  Yahiko, ele é  novo por aqui é médico também…-comenta.


-muito prazer!-estende a mão porém sasuke não move um músculo.  


-Uchiha Sasuke, grave esse nome. - Sakura olha para sasuke com um olhar de repreensão. - vamos Sakura!- ela a puxa pela mão.


-ah… Yahiko a gente se vê depois qualquer coisa….


-pode deixar!-ele sorri.- namoradinho ciumento-sussura só para si.

****



-Qual é  o seu problema precisava ser tão grosso?-  Sakura para no meio do caminho olhando para sasuke.


-Grosso? eu? você ainda não me viu bravo Sakura.-  ele segura as Chaves na mão. 


-você foi rude precisava tratar meu colega de trabalho assim?


-claro que precisava ele só falta te comer com os olhos.- esbraveja.


-não diga tolices Sasuke nós mau nos conhecemos!


-e daí?


-e você?  pra que essa frescura toda? nos bem somos nada.


-claro que somos você  é minha.


-larga de papo furado sasuke não sou sua,  é mesmo se fosse não pode mandar em mim.- sasuke puxa Sakura pelo braço e a beija.


-você  está inrritadinha demais para meu gosto.- ele a olha vendo a se acalma.-  se acalmou agora?


-idiota!- ela ri e o beija.



''é  assim que se resolve as coisas."












Notas Finais


desculpa os erros troquei de celular e ainda nao me acustume com o teclado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...