História Mon euphorie; Taekook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V)
Tags Drama, Jungkook, Romance, Taehyung
Visualizações 27
Palavras 627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei

Capítulo 3 - I like you Jungkook


Talvez eu tenha ficado ansioso para ir até o museu com Jungkook. Mas o uma coisa que tenho medo é de meu pai volte para casa novamente. Ultimamente ele havia bebido muito e batido na minha irmã, eu não quero sair de casa e ter que ficar pensando nisso. Meu pai me dá medo, me assusta e me dá raiva.

Eu queria apenas ser um adolescente normal, com um pai normal, com uma família estruturada, mas eu não tenho isso.  

As lembranças do dia em que minha mãe morreu voltam a minha memória, só que ainda mais piores do que da última vez; a saudade e a dor tomam conta de mim como de costume.

Mas antes que eu comece a me afogar em meus pensamentos, ouço minha irmã me chamando,  dizendo que o almoço está pronto.

- Ei, Tae. Vem comer!

- Ooh Yonna, o que você preparou hoje? Está muito cheirosa a sua comida!

- Isso é ensopado de galinha, e tá uma delícia. Só que não fui eu que fiz maninho. É que sabe... eu tive de pagar umas contas e acabei me atrasando, ai então quando estava vindo resolvi passar num restaurante aqui perto. – diz Yonna se sentando.

- Aahh entendi.

 

Yonna era a irmã mais velha de Taehyung. Cinco anos mais velha que ele. Mas ela era tão frágil e sensível, tinha um coração enorme. Era a pura bondade, mas assim como Taehyung, Yonna não entendia algumas coisas, como a questão de seu pai ser tão agressivo, as vezes.

- A comida estava ótima Yoonnie, você quer ajuda para lavar a louça? – diz Taehyung se levantando.

- Ai, se não for pedir muito... é que  estou muito cansada sabe. – fala Yoona bocejando. – vou ir cochilar um pouquinho tá?

- Beleza Yoon, pode deixar que irei deixar os pratos brilhando!

- Espero mesmo. – diz Yonna rindo e subindo as escadas até seu quarto.

 

JUNGOOK

As tardes são entediantes, me dão sono e preguiça de fazer as tarefas. Mas uma coisa que está me despertando é Taehyung, queria saber mais sobre ele. Mas não tenho nem o número dele. O que posso fazer?

Resolvo dar uma volta pelo quarteirão, só pra ver as pessoas mesmo e encontro com Hoseok, um dos meus amigos que praticam dança comigo.

- Hey, Hoseok, o que você está fazendo por aqui? Sua casa é muito longe daqui não é?

- É que eu me mudei hoje pra cá! Bem pertinho de você.

- Olha, que surpresa, onde fica a sua casa?

- É aquela laranja ali, perto da esquina. Quer ir até lá? Já está tudo arrumado. Eu e minha tia trouxemos poucas coisas, e mano você precisa ver meu quarto. – diz Hoseok animado.

- Oh, ok então. Vamos lá.

 

A casa era realmente muito linda, os portões eram verdes e as paredes laranjas. Tinha um cheiro inconfundível de nova.

- Hoseok querido, você já chegou? – diz a Tia de Hoseok.

- Sim tia! Eu encontrei um amigo, ai resolvi trazê-lo aqui.

- Ooh, quem é ele? Tão lindo, não me diga que é seu paquerinha – diz a tia de hoseok com um tom animado.

 

  - Não tia! Ele é só meu amigo. Jungkook essa é a minha tia Seulgi, tia esse é o  Jungkook.

Jeon cumprimenta a mulher, e ela faz o mesmo.

- Aham, entendi. Pode ficar a vontade Jungkook, vou fazer um suquinho pra vocês tomarem.

- Tá tia, a gente vai lá no meu quarto.

 

A tia de Hoseok assente e eles vão até o quarto.

 - Mas que historia era aquela de que eu era seu paquerinha, hein Hoseok? A sua tia é uma peça.

- É que eu preciso te contar uma  coisa Jungkook.  – diz Hoseok apreensivo.

- Eu gosto de você. 


Notas Finais


iiiihhhh, vai dar treta!
Desculpem pelos capitulos curtos, eu não estou acostumada a escrever tanto :( prometo melhorar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...