História Monofobia (Kyungsoo) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Visualizações 60
Palavras 680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Segurança apesar de tudo.


Quando eles iriam sair do quarto, uma enfermeira apareceu correndo entrando no quarto e recuperando o fôlego logo em seguida. 

Lay= -Por que disso, enfermeira Park? -Perguntou ele parecendo preocupado.

Park= -Um dos pacientes escapou da ala psiquiátrica e andou em direção ao estacionamento dos funcionários. Me falaram que o seu carro foi prejudicado, Doutor Do Kyungsoo. -Falou ele e logo Kyungsoo saiu correndo do quarto e foi em direção ao estacionamento seguido da garota, de Lay e da enfermeira, que reclamou um pouco quando ele correu.

Seus cabelos ao vento, seu rosto que estampava certa preocupação, a maneira precisa em que seus pés entravam em contato com o chão dando o impulso suficiente para ele continuar correndo no mesmo ritmo, parecia que ele praticamente corrida todas as manhãs.

As pessoas, funcionários e pacientes,  olhavam para aquelas pessoas, correndo por dentro do centro hospitalar, com expressões confusas e inrritada.

Kyungsoo chamou o elevador e não teve paciência o suficiente para esperar o mesmo descer até o quinto andar, o andar onde nós estávamos. Kyungsoo desceu pelas escadas de emergência. Quando aquela porta se fechou,  a porta do elevador abriu, os três,  a enfermeira, a garota e o Lay, se olharam e logo fizeram um gesto com seus ombros e caras de riso enquanto entravam no elevador e apertavam o botão para irem ao estacionamento.

Park= -Deveriam colocar uma música daquelas de filme americano para o elevador. -Falou ela enquanto o elevador descia até o andar.

S/n= -Aquelas de elevador? Que toca nos filmes quando os personagens usam o elevador? -Perguntou ela para a enfermeira que logo concordou e a porta se abriu cortando a conversa.

Os três saíram correndo do elevador, quase levando a porta dele junto. Encontraram Kyungsoo saindo das escadas de emergência e olhando intrigado para os três.

Ele não ligou muito e começou a correr em direção a parte H13, onde seu carro estava estacionado.

Pararam de correr quando viram o estrago, dois pneus furados e o retrovisor quebrado.

Kyungsoo= -Put...Ashi! Desgraça! Filha da...ASHI! -Falou ele analisando se carro enquanto tentava não xingar. -Nada está dando certo hoje! -Falou ele chutando o pneu vazio e logo reclamou de dor em seu pé.

S/n= -Isso não irá ajudar em nada. -Falou ela tentando parecer o mais calma o possível.

Kyungsoo= -"Não irá ajudar em nada?" Você sabe o quando de prejuízo eu irei ter? -Perguntou ele se aproximando dela e encarando profundamente em seus olhos.

Lay= -Não faça isso. -Falou ele ficando entre Kyungsoo e a garota. -Você sabe o que pode acontecer se você fizer isso...Você sabe, não? -Perguntou ele se referindo a mesma coisa que aconteceu quando Kyungsoo a achou.

Kyungsoo= -Sim...eu sei...mas como eu vou levar ela? Melhorando, como eu vou ir para a MINHA casa? -Perguntou ele e logo Lay colocou a mão em seu bolso e tirou de lá as chaves de seu carro.

Lay= -Use o meu, irei hoje com um amigo que passará aqui, depois que o meu turno acabar. -Falou ele colocando as chaves de seu carro na mão de Kyungsoo. -Ele está estacionado no D15...Você saberá qual é. -Falou ele e logo Park e Lay voltaram para o elevador, fazendo da maneira certa.

Kyungsoo= -Vamos logo, garota. -Falou ele começando a andar e ela logo o seguiu olhando o estacionamento e os poucos carros, alguns extremamente caros e outros não, todos juntos nas poucas vagas ocupados.

Chegaram no D15 e logo avistaram um carro conversível amarelo.

Kyungsoo= -Tenho absoluta certeza que é esse. -Falou ele apertando no botão do alarme da chave e teve a extrema certeza. -É esse mesmo. -Falou ele dando de ombros e andando em direção ao carro.

Ele colocou as poucas coisas dela no porta-malas e logo se dirigiu ao banco do motorista. Ela se acomodou no banco do passageiro e logo que Kyungsoo iria ligar o carro, ele resolveu olhar para o lado.

Kyungsoo se inclinou um pouco para o lado da garota e colocou o sinto de segurança nela, fazendo questão de apertá-lo para que, apesar de tudo, ela ficasse em segurança.

Kyungsoo colocou seu sinto de segurança e logo ligou o carro partindo em direção a sua casa, ou melhor, o seu apartamento.


Notas Finais


Desculpem por ser curto!!!
Espero que tenham gostado.
Comentários são bem vindo ( construtivos, por favor gente!)

Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...