História Monólogo de Isabella - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Misticismo
Avisos: Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal!! Esta é mais uma obra de minha autoría. Espero que gostem e boa viagem!!

Capítulo 1 - Monólogo de Isabelle


Fanfic / Fanfiction Monólogo de Isabella - Capítulo 1 - Monólogo de Isabelle

                              Papai!!

Pego meus brinquedos, coloco-os em uma bolsa, na qual minha madrasta me dera. Pego umas roupas e acessórios de cabelo e guardo-lhes em minha porchete de mão.

Um pouco cansada e com uma leve vontade de chorar, caminho até meu papai, que estara no quarto sozinho, se derramando em lágrimas. -Não choras papai, em breve virei lhe visitar. Ponto.

Andamos por 20 a 25 minutos, para a estação do trem e como uma nuvem negra que passa por mim a uma velocidade incrível, tenho a sensação de que era melhor não fazer tal viagem - se quizesse viver. Porém, não ligo á tal sentimento. Irei ir embora.

O trem chega. Entro. Sento-me. Encosto minha cabeça na janela e observo o rosto de papai derramando-se em choro - assim como a água que escorre na vidracaría daquela locomotiva.

Adeus. Beijos. Até não sei quando papai.

30 minutos depois, a locomotiva esbarra de frente com outra.

O impacto é imenso. Sou jogada contra os bancos e bato-me nas janelas e malas, que alí estavam sendo levadas por ninguém de um lado para o outro. Logo acordo-me e me encontro nos braços de papai.

-Fora outro sonho minha princesa?. -Sim papai, acho que foi. Ainda bem.


Notas Finais


Este é um dos monólogos amigos! A cada dia postarei 1 monólogo. Sendo ao todo 12.
Espero que desfrutem de tal obra.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...