História MONSTERS - Ivar The Boneless X Daenerys Targaryen (Ivyr) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Alex Høgh Andersen, Emilia Clarke, Vikings
Personagens Alex Høgh Andersen, Aslaug, Emilia Clarke, Floki, Ivar, Lagertha, Personagens Originais, Ragnar Lothbrok
Visualizações 59
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi, demorei, mas graças a Odinn finalmente voltei!

Vocês pediram e eu quis tanto trazer a vocês!
Vamos lá, Boa leitura!

Capítulo 9 - Nine - Nunca me abandone...



Capítulo Nove


Nunca me abandone...



— Acho que temos que ir... - Alertou ela vendo o por do sol.


Bjorn olhou lagherta e seus olhos pediam ajuda.


— V-Voce não quer ficar para comer? - Olhou-a esperando por uma resposta.


— Já está tarde. Podemos deixar para outro dia?


— Por que não agora? - Bjorn a repreendeu. 



— É  que...


— É o Ivar, né? Tem que estar lá por ele... - Falou como se aquilo nem lhe afetasse.


— Não. Prometi a Judith que ajudaria ela com o jantar para os rudes Vikings, poderá ir la, O que acha, Lagherta?


— Melhor não... - Lembrou da rivalidade com ivar.


— Então amanhã? Eu farei a janta! Vamos esquecer a rivalidade por algumas horas, e vivênciar o momento! - Sorriu.


Lagherta reparava, o quanto Daenerys lembrava Ragnar. Alegre, sempre com vontade de ficar unidos. E todo sonhador. Talvez o sonho demais o fez levar a coisas irreparáveis. 


— Tudo bem. Eu aceito! - Sorriu. BJORN arregalou os olhos.


Ótimo, nada melhor que ir ao encontro dos inimigos e comer porco assado! Pensou Bjorn quase cuspindo isso na cara das duas.


— Bom, então vamos. - Daenerys dos. Tirando Bjorn de seus pensamentos odiosos. 


Subiu no cavalo, e cavalgava de volta para casa.





[...]




— Ela ainda nem chegou... - Dizia Judith.


— Vá logo preparar nosso jantar, mulher! - Falou sigurd. — Ela esta com o grande Bjorn, não vai ligar para ninguém mais. - Disse provocando Ivar. 


Que estava apenas observando, E bebendo a sua frente. 


— Sigurd... -  Pediu Hvitserk.


— Tudo bem...vou indo! - Falou meio desanimada.


— Judith! - Gritou Daenerys. Assustando todos e principalmente a ela.


Ivar sorriu, sorriu como mais uma Vitória. Ela veio, e cumpriu sua promessa, esperava que tinha sido por ele também.


— Daenerys! - Ubbe sorriu junto a Hvitserk. 


— Alguém aqui falava da sua falsa promessa de cumprir as coisas ditas. - Ivar entre olhou Sigurd.


— Não se preocupe, meu amor. Vamos Judith. - Passou por eles e descontou uma enorme tapa na nuca de Sigurd. 


E todos então dão risada. Ivar gargalha como nunca. Aquilo é como música para os ouvidos de Daenerys.


[...]



— Aqui está... - Dizia ambas colocando encima da mesa. 


— O cheiro esta incrível! - Ubbe elogia. 


Ele amava Daenerys, e muito. Porém, apenas como uma irmã nunca vista.


— Admito. - Diz Bjorn que se sentava ao lado de Sigurd.


— Alguns para acompanhar. - Colocou ao centro da mesa. 


— Hm...ai está a dúvida...É biscoito ou bolacha? - Sigurd provocou. Estava querenso briga. 


Daenerys ao deixar encima da mesa pegou uma faca, e fincou na mesa o mais forte possível assustando a todos ali, Judith deu alguns passos para trás. 


Ivar a olhava, confuso e curioso pelo seu ato.


— Come e CALA A BOCA! - Falou com um tom rude. 


— A e...a faca esta bem afiada... - Bjorn encarou espantado. — Perfeita para cortar carne de porco!


— De p-porco? - repetiu. 


— Sim, Sigurd. - Ivar sorriu.


— Hoje é porco, senhor Sigurd. - Falou judith. E ele logo encarou o porco a sua frente. 


Voltaram a rir, e Ivar apenas encarava sua gargalhada, Daenerys ria tão bonito. Ver seu sorriso era perfeito. 



[...]




Ivar estava em seu quarto, deitado na cama, travesseiros apoiavam suas enormes costas, estava apenas de calça. Com seu peitoral e abdômen de fora. 


— Fizeram o que de bom sem mim? - Ivar perguntou ao ver Daenerys entrar.


Ela sorriu.


— Nada. Por que algo só é bom com você...


Falou em duplo sentido, o que viu ele sorrir de lado. Estava apaixonado pela lua da vida dele.


— Diz perto de mim... - sua voz saiu mais rouca e manhosa. A fez arrepiar. 


Amava isso, E só Ivar, deixava de fogo



Caminhou devagar até ele, e seu corpo se correspondeu a ir por cima do mesmo.

Levantou seu vestido até sua intimidade, e se sentou certamente encima dele. Colocando os braços em seu abdômen. 


— Algo só é bom com você... - Disse agora provocando-o.


 — Eu sei, minha pequena. - Agarrou sua cintura, e fez caminho com as mãos até sua bunda, apertando suavemente arrancando suspiros da mesma.


— Percebi hoje que não consigo ficar sem você... - Assumiu. E ele amou 



— Eu sei. E eu também não. - Deu de mãos. Não era de mentir.


Nunca, Nunca me abandone...Ivar. - O abraçou. Ele nunca pensou...que poderia ouvir aquilo, principalmente de uma...Mulher...








Continua...


Notas Finais


Oooii, amores! Gostaram? Continuo^^?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...