História Monsters - Martin Garrix and Dua Lipa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dua Lipa, Dylan O'Brien, Holland Roden, Martin Garrix, Shelley Hennig, Tyler Hoechlin, Tyler Posey
Personagens Dua Lipa, Dylan O'Brien, Holland Roden, Martin Garrix, Personagens Originais, Shelley Hennig, Tyler Posey
Tags Mystery, Vampires, Werewolves, Witches
Visualizações 34
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - New creature


Dua caminhou atravessando a porta, especificamente a porta que ficava trancada por segurança, na verdade ela não sabia o porque de sempre ficar trancada afinal só tinham livros lá, sabe um monte de livros velhos e empoeirados que ela nunca leu por serem completamente chatos e entediantes e que provavelmente eram de sua vó. Ela anda pelo quarto procurando algo interessante para ler que não fosse tão chato, talvez ela estivesse procurando pelo impossível até encontrar um livro sobre sereias. 

 

- Mds, por que eles têm isso ? - quando ela puxou o livro algo se moveu, algo grande e uma porta começou a abrir rangendo. 

- Que merda é essa ? 

 

Ela entrou na parte secreta do quarto e andou até uma mesa que tinha vários livros e um monte de plantas que ela nunca tinha visto e elas pareciam novas, talvez aquilo fosse novo mas como ? Quer dizer como ela nunca viu isso antes ? 

 

- Dua ? - ela virou e viu o rosto de seu pai com uma expressão confusa 

- Pai ? Que merda é essa ? - falou trincando o maxilar 

 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Martin tava pensando sobre Alexia e a causa dela surtar e começar a apontar pra ele e gritar sendo que a única coisa que ele tinha feito noite passada era tentar ajudar, tudo estava estranho e alguma coisa tava acontecendo. 

Seu celular começa a tocar e ele ligo atende : 

 

- Eae Scott! 

- Você precisa vir pra floresta agora! - ele parecia assustado 

- Por que ? O que aconteceu ? - Martin levantou colocando deus vans 

- Só vem e rápido! 

- Tô indo! 

 

Depois de 5 minutos ele chegou na floresta que Scott disse, começou a se concentrar para tentar achá-los, até que ouviu a voz de Malia : 

 

- Eu disse que ela era alguma coisa mas ninguém me ouve nessa bosta! 

- Pera, o que tá acontecendo aqui ? - Martin disse se aproximando 

- Mano... 

 

Scott disse e Martin chegou perto e tocou seus ombros. 

 

- Dua ? - Ela se virou com sua expressão de terror 

- O que aconteceu ? - ele perguntou mas a única coisa que ela fez foi começar a chorar muito e a tremer, então Malia com sua paciência veio perguntando chegando perto. 

- Responde a pergunta que a gente não tem o dia todo! - ela disse 

 

Então Dua abriu sua boca mesmo tremendo e começou a falar : 

 

- Eu...eu tava na minha cara e eu vi um quarto diferente e...eu entrei nele e depois meu pai também. - então começou a chorar mas não tanto quanto antes pois tava tentando se controlar 

- Eu tava falando com meu pai e eu não sei o que aconteceu direito mas alguém quebrou a janela e invadiu a casa, eu e meu pai corremos pra ver o tava acontecendo e...e - Dua começou a tremer mais ainda 

- E o que Dua ? - Martin perguntou 

- Ele tinha olhos pretos, quero dizer completamente pretos e garras e presas grandes e fumaça preta saindo do seu corpo.

 

Nesse momento Martin começou a olhar para seus amigos e ninguém sabia o que era aquela criatura. 

 

- O monstro apontou pra mim e disse " nós viemos por você" e nos atacou, então meu pai e eu começamos a lutar com ele mas ele era muito forte. - Dua disse se acalmando 

- E como você veio para aqui ? - Scott perguntou 

- Meu pai pegou uma arma, atirou nele 3 vezes e disse pra eu correr o mais rápido possível sem olhar pra trás por causa que as balas só iam segurar ele por alguns minutos, então eu corri e ouvi mais um tiro fazendo com que eu tropeçasse e caísse aqui. - ela disse e ninguém falou uma só palavra até Scott se pronunciar :

- Dua, como você ouviu o tiro sendo que sua casa fica do outro lado da cidade ? - Scott perguntou olhando para seus amigos 

- Eu...eu não sei por favor só me leva pra casa. - e ela começou a chorar de novo 

- Nem fodendo! - Stiles disse completando com : 

- Você não pode voltar o monstro pode tar lá!

- Ele tá certo então ela fica em um hotel. - Malia disse 

- Não, não eu não tenho dinheiro pra pagar um hotel e meu pai ? O que aconteceu com ele ? - Dua perguntou assustada 

- Ok, ela pode ficar na minha casa e amanhã vamos procurar seu pai okay ? 

- NAO! Óbvio que não, a gente tem que achar ele agora! 

- Dua seu pai deve ter conseguido fugir, calma já tá escurecendo amanhã a gente procura por ele. 

- Se vocês não forem eu vou sozinha! - ameaçou a sair mas Martin segurou seu braço e sussurrou : 

- Amanhã, espere até amanhã! 

- Amanhã de manhã então e não venha que com esse papo de que a gente tem escola! - Dua falou o encarando 

- Amanhã. 

.

Martin levou Dua apoiando ela com seu braço e rezando pra que o monstro não tenha seguido a mesma. 

Ele estava confuso afinal ele nunca havia ouvido falar dessa criatura e por que ele veio pra pegar ela sendo que ela é uma simples humana? 

Ele começou a criar muitas paranoias e começou a lembrar do ataque daquela noite, talvez seja ser um desses monstros, talvez. 

Quando eles chegaram Martin ajudou ela a andar novamente apoiando a em seu braço, quando eles estavam andando pela casa até seu quarto seu pai os parou e começou a fazer perguntas.

- Ei filho, quem é aquelas garota ? - Dua não tinha voz para responder e Martin respondeu sussurrando 

- Ela chama Dua e eu acho que coisas sobrenaturais estão acontecendo e ela está envolvida, então ela não pode ficar na sua casa e é melhor ela ficar aqui. 

- Olha, é melhor ela não espoe a gente okay, então mantenha o disfarce. 

 

Martin andou até seu quarto e depois  fechou a porta pondo à Dua na cama, eram 8:00 da noite e hora do jantar. 

- Você tá com fome ? - ele perguntou chegando perto 

- Sim - ela disse, portanto eles pediram pizza e enquanto comiam o tempo passou rápido. Já eram 23:00 e ela decide dormir então os dois voltam para o quarto 

- Entao a cama tá arrumada e eu vou dormir no lá embaixo no sofá, boa noite. - Martin disse saindo do quarto 

- Não espera, por favor não sai! - Dua nao queria dizer essa frase mas ela estava muito assustada Ainda, por isso disse de novo : 

- Quero dizer sua cama é grande o suficiente pra você dormir aqui também. 

 

Martin pareceu considerar a hipótese, entrou no quarto de novo fechando a porta e indo em direção a cama, ela deitou logo sem seguida ele também, Martin se aproximou e passou o braço rodeando sua cintura aconchegando mais. 

- Boa noite, Dua. 

- Boa noite, Martin. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...