História Monstro - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Sans, W. D. Gaster
Tags Diário, Dream, Nightdream, Nightmare, Sans, Sanscest, Songfic, Yaoi
Visualizações 41
Palavras 382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Meu diário, página 01


{Flashback} - P.O.V Error

Diário,

 Eu tava assistindo um capítulo de undernovela hoje de tarde. E justamente na cena de ação o Ink veio me atormentar! Ah, eu odeio isso! E mais uma vez eu tive de desligar a tv pra ele não ver, senão vai ter mais uma coisa pra zoar além da afefobia. Mas aí ele fez uma série de perguntas idiotas sobre se eu tava assistindo pornô, etc. 

 AFE. 

 Não vou escrever da minha doença porque eu não tenho vontade. Aliás eu quero até esquecer como é que eu desenvolvi essa merda. 

 Eu resolvi ir pra Outertale tomar um ar, ver as estrelas. É meu lugar favorito, onde eu posso ter paz, então porque não? Abri um portal e vi o Nightmare deitado escutando música. Até que ele tem bom gosto por escolher essa U.A.. Vou fingir que eu não vi ele porque não quero arranjar confusão desnecessária. Eu não tô no clima pra isso, talvez outro dia. 

 Eu deitei no chão pra ver as estrelas também. Aí eu lembrei do Ink. Mas que droga, porque eu tive que lembrar do Ink com aquela música!? 

 Eu me sinto uma merda. 

 Será que ele nunca vai saber como eu me sinto? 

Se por um acaso ele vivesse um dia na minha pele... 

Ele não entende as coisas! 

Eu não quero me declarar assim tão cedo...Vou ter de dar dicas pra ele antes. 

 Ele fica tão pequeno carregando aquele pincel! Aquele cachecol também ajuda a "diminuir" a altura dele! Tá, eu admito que fico zoando a altura dele, mas é a coisa que eu mais gosto nele! Além da cara que ele faz quando eu chamo ele de "baixinho"! Ele é fofo! 

 Até que é legal ter ele como inimigo. 

Mas se eu me declarar eu também vou ter que sair do armário...

É uma escolha difícil... Todo mundo vai zoar.



Enfim.

Eu tô começando a escrever esse diário porque eu tenho medo de que um dia eu perca as memórias. Mas se eu completar a última folha desse caderninho eu vou destruir ele. Evitar a vergonha alheia do passado, não é? E segundo, é um ótimo desabafo. Eu faço coisas de menina: faço crochê, assisto novela e faço fantoches. Eu faço porque eu gosto, e foda-se o resto.

Eu quero ter mais liberdade pras coisas.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...