1. Spirit Fanfics >
  2. Monstros são Humanos >
  3. Sinto Muito

História Monstros são Humanos - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi de novo, tá vendo aquele olho lá em cima? É o olho da Kayllane, ok? Tá meio ruim mas ok....

Capítulo 2 - Sinto Muito


Fanfic / Fanfiction Monstros são Humanos - Capítulo 2 - Sinto Muito

??? (P.O.V.).         

Kayllane: - Agora que você entrou... Quem diabos é você!?

A garota está... Nervosa... Estou com... Medo.... Não quero... Responder....:

- Eu... Daitya... Você...?

Kayllane: - Seu nome é Daitya, ok. Meu Nome é Kayllane. Kai-la-ni, entendeu?

- Kai... Kai-la-ni... Kayllane... Kawaii

Kayllane: - hehe, obrigada ... O que você veio fazer aqui?

- ......

Kayllane: - Certo.... De onde veio?

- .....

Kayllane: - Assim não dá! Uhm.... Você conhe...

- Amiga... Kayllane... 10 anos... Ataque...

Kayllane: 10 anos atrás...?  Isso não foi quando aconteceu um ataque de uma organização contra essa cidade?

- eu... Conheci... Kayllane...

Kayllane: - 10 anos atrás eu era muito nova então não me lembro de você...

- Pai... Kayllane... Matou... Daitya... De novo. Eu ser... De organização.. Mas Kayllane... Ser amiga!...

Kayllane: - se você é daquela organização, Por que você veio aqui?

- ... Eu tentar... Pedir desculpas... Para mãe... Kayllane. Eu matar... Mãe... 12 anos... 

Kayllane: - então foi você? Foi você quem matou minha mãe quando eu tinha 2 anos!?

- ... Sinto muito... Eu ir.. embora daqui...


Kayllane (P.O.V.).     

Isso foi algo muito repentino, não estava esperando ele falar isso. Quando vejo Daitya saindo pela janela, agarro seu "rabo" e o puxo para dentro. Daitya olha para mim e o vejo chorando, não sabendo o que fazer fiquei a olhar ele... De repente Daitya me dá um abraço, ele parecia estar mais feliz quando fez isso, então ele murmura em meu ouvido:

Daitya: - eu sentir muito... Daitya não entender... Sentimento de humanos...

- está tudo bem, tenho certeza que não foi sua intenção de matar minha mãe.

Daitya: - você confia em Daitya?... Eu confiar em você... Amiga :3

- eu pude ver que você é doce, tenho certeza que não vai tentar me machucar..

Eu e ele sorrimos e aquele sorriso me lembrou de quando eu fugi de casa e encontrei uma garota que me ajudou... Acabei chorando e Daitya me abraçou e me deitou na cama. Eu acabei dormindo....



Notas Finais


ÙwÚ tá bom assim?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...