História Moon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Behind The Scenes, Bts, Fluffy, Happy Birthday Andy, Taekook, Vkook
Visualizações 14
Palavras 828
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIE BEBÊS!

Então, eu não escrevo bem, por favor releva, mas é uma data importante! Minha Unnie linda está fazendo aniversário, bbzinha.
Confesso que não gostei tanto, e que por isso não queria postar, mas eu passei quase 3 semanas morrendo para ter uma ideia (e não quero deixar essa data passar em branco!).
E foi difícil, porque nem em mil anos eu me imaginei escrevendo VKook (ala, a JiKooka), mas o que não fazemos por uma amiga??

Unnie, mesmo em pouco tempo você é muito importante para mim, obrigada por ter deixado eu entrar em sua vida! Espero que eu possa ficar por aqui muitos anos só para te alegrar, porque isso vale a pena.
Se eu não parar agora eu mesma choro, então vamos lá~

Capítulo 1 - Capítulo Único - You're my Moon.


"Às vezes, alguma coisa te machucar tanto, que você não consegue sentir mais nada."

Quando adentrei a casa do Kim logo percebi o clima depressivo que parecia preso lá, extremamente silencioso - não estou brincando, consigo ouvir minha respiração.

Corri os olhos pela sala extremamente bagunçada, e nesse percurso vi algumas embalagens de chocolate... O Tae com certeza não está bem, ele jamais fora desorganizado de tal forma.

Subi as escadas, parando no topo e vendo a porta do quarto aberta (e, sem contar que, o quarto parece estar sendo usado para uma seita satânica de tão escuro). Adentrei o local, sem nem ao menos bater na porta ou avisar, e vi um bolo fofo enrolado nos edredons com uma expressão triste.

- Tae? - minha voz saiu calma, como se eu estivesse falando com uma criança (o que Tae, mesmo sendo meu Hyung, parece ser em muitos momentos).

- Gukk... - sua voz falhou por um instante, e os olhos dele pareciam querer "transbordar" a qualquer momento.

- O que houve Hyung? - andei calmamente até a parte da cama em que ele se encontrava, ajoelhei e acariciei seus fios -agora- platinados.

- Eu não sei Gukk... Eu só não tô com ânimo... Não quero ter que levantar, encarar o mundo. - Suspirou, como se aquilo fosse, de alguma forma, aliviar tudo. - As vezes parece melhor ficar na minha cama, as pessoas parecem tão más...

- Nada é fácil Hyung, e você é forte o bastante para superar isso... E amanhã é seu aniversário! Temos que fazer alguma coisa, é especial Hyung. - Sorri, e logo ele me encarou e sorriu de canto.- E, bem, estarei do teu lado o tempo todo de qualquer forma.

"É louco o que você faz por um 'amigo'"

Ele afastou um pouco, e entendi que ele queria que eu deitasse com ele. Tirei meus tênis e minha blusa de frio.

Assim que deitei ele "deitou" em meu peito, e ficou traçando linhas imaginárias pelo meu abdômen... O que faz cócegas, mas ele parece não se dar conta.

- Sinto falta dos Hyung's Kookie... Eu espero que ele estejam... Bem agora... - seu corpo tremeu, como se fosse voltar a chorar.

Depois de um tempo ele acabou dormindo...

E eu não nego, algumas lágrimas saíram sem permissão... Os Hyung's estariam felizes por tudo que fizemos?

"A triste realidade de que só posso te ver através dessa 'tela' me persegue."

Kookie começa a morder os lábios, e por instinto eu acabo prestando atenção nisso... Ah, os lábios dele.

Ele preparava pipoca, já que no meu aniversário eu optei por apenas ficar em casa, e não seria o JungKook se ele não me convencesse que também ficaria ali comigo.

Porém não iríamos assistir um filme; isso seria muito entediante.

Gukk queria ir a praia, mas depois ele desistiu e ficou um tanto quanto estranho.

Logo o garoto sentou ao meu lado, e seus lábios pareciam estar bastante machucados - a ansiedade dele atacava sempre que tinha algo errado acontecendo.

- TaeTae, você se lembra de quando fizemos o passeio com os Hyung's? - assenti, enquanto "atacava" a pipoca". - Aquela noite eu estava bastante inseguro, não sei ao certo o motivo, mas algumas coisas me ajudaram... E eu sinto que você está tão mal quanto eu, mas já que não temos os Hyung's... Eu serei seu "Hyung"! E irei te ajudar. - ele sorriu radiante, e eu apenas concordei enquanto ele me abraçou de lado e começou a comer da pipoca também.

Depois disso acabamos jogando o resto do dia, e eu estava vencendo muitas vezes - algo incomum.

Depois de um tempo ele sorriu e me encarou, logo levantando e me ajudando a levantar também.

- Vamos lá para o jardim brincar com o Ruffles (sim, nome de salgadinho. O cachorro é meu, se eu quiser coloco o nome de ChanBaek e ainda coloco o sobrenome de OTP da Nação)

Assim que saímos vi um pula-pula, e Ruffles dormia lá. Olhei para JungKook, que esperava alguma reação, e simplesmente saí correndo e adentrei o brinquedo, e logo comecei a pular.

JungKook veio logo atrás, e pulou junto comigo...

"Por mais longe que você esteja eu estarei tentando alcançar-te."

Deitamos no pula-pula e observamos as estrelas, logo lembrei que meus Hyung's sempre observavam as estrelas quando íamos acampar. Jin Hyung sempre dizia que as estrelas são como paixões, por isso existem várias... Mas a lua é o amor, por isso só existe uma (pelo menos no "nosso planeta").

-Kookie... Eu estou feliz por você ser minha lua.- ele me encarou, sem entender nada, e eu apenas ri.

Uma luz pareceu acender para ele, e logo o vi corar fortemente.

- Eu sempre soube que você seria minha lua, Tae.

Eu agradeço todos os dias por ter JungKook junto comigo... Obrigado Hyung's, vocês se foram, mas deixaram um dos pedaços mais importantes do meu antigo mundo aqui... Quando estivermos juntos novamente lembrarei disso, mas até lá, nos protejam como conseguirem daí...

JungKook não é só minha lua, se brincar é meu sistema solar e até mais.

" Adeus até o dia em que nos encontraremos novamente, adeus."


Notas Finais


Acho que ficou pequeno, e eu quase tive um ataque cardíaco porque "apaguei" isso, mds, meu coração quase saiu pela guela ;-;

Obrigada por ter lido!

E, novamente, parabéns Unnie, você merece tudo de bom! @Andyursinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...