1. Spirit Fanfics >
  2. Moon Glow (TaeYoonSeok) >
  3. Capítulo 13

História Moon Glow (TaeYoonSeok) - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction Moon Glow (TaeYoonSeok) - Capítulo 14 - Capítulo 13

Assim que os passos estavam inaudíveis eu grito com todas as minhas forças,como se aquilo fosse aliviar a dor que eu sentia por ter uma vida de merda. Eu sei que Jin ia vir correndo,mas foi impedido por algum dos meninos. Meu rosto estava vermelho,e lágrimas de puro sofrimento completavam a minha face triste. Enquanto minhas unhas cravavam em meus braços,deslizando e arranhando o mesmo,podia se ver gotículas de sangue que escorriam pela minha pele. Eu tentava a todo custo me manter calmo,mas nada ajudava. Então eu não me segurei e fui até o banheiro cambaleando e peguei uma lâmina,voltei para o quarto e me permiti iniciar cortes fundos.Se por algum acaso eu esbarrasse em alguma veia,não seria surpresa.

Na mesma intensidade que o sangue escorria pelos meus braços,eu sentia que meu corpo pesava cada vez mais para baixo,como se a gravidade quisesse fazer o mesmo ser enterrado.

Aquilo doía,doía muito.Sentir seu corpo sendo perfurado e sua pele sendo cortada ardia,mas não ardia mais que o meu coração,que errava batidas todas as vezes que lembrava da vergonha que aqueles filhos da putas que diziam-se meus pais me fizeram passar.

 

Quando já estava fraco,meus braços sem espaço para novas marcas,minha cabeça girando e sem água para derramar de meus olhos,eu me deitei no chão gelado que no momento era o lugar mais confortável que poderia me abrigar. Comecei a encarar a porta,que parecia estar a quilômetros de distância. Eu não tinha mais nenhum pensamento,apenas as vozes de todos que me humilhavam rodeavam minha mente. Eu só queria poder me levantar e ir até o banheiro para acabar com a porra de vida que tenho,mas nem forças para isso eu tinha mais. Não conseguia mover um músculo se quer. Sem nada o que fazer eu senti a última lágrima fugir dos meus olhos,e me entreguei ao sono mais pesado que já tive durante toda a minha vida.

 

Acordei no outro dia com a cabeça latejando,sentindo o sangue seco em minha pele. Me levantei com a pouca energia que tinha recuperado com a noite anterior e fui até o banheiro para tomar banho. Assim que entrei debaixo do chuveiro senti meus braços queimando,mas apenas continuei com a expressão totalmente séria,triste e sem sentimentos.

Quando terminei de tomar meu banho saí enrolado em uma toalha,peguei uma blusa de mangas compridas e uma calça. Tinha sorte de estar frio hoje.Poderia usar aquela roupa sem ninguém me interrogando.

Senti minha boca seca,não ia comer,mas ao menos água eu ia beber. Escovei meus dentes,peguei meu celular que eu provavelmente ficaria mexendo pelo fato de não ter nada para fazer. E desci sem medo de alguém estar alí,até porque tinha aula.

Mas quando cheguei na cozinha vi todos os meninos tomando café da manhã. Eu me assustei um pouco mas não deixei transparecer nem um único traço de surpresa,como eu disse meu rosto não expressava nada,era como um cadáver. Eles me viram então eu só dirigi algumas palavras aos mesmos.

 

-Me desculpem,não sabia que ainda estavam aqui.-Fiz uma referência e virei de costas,na intenção de voltar para o meu quarto.

Assim que eu ia dar meu primeiro passo,sinto meus dois braços sendo puxados. Doeu,doeu muito sentir meus cortes sendo pressionados,mas eu não ligava. Como eles estavam fundos,meus braços começaram a sangrar,assim sujando a blusa fina de manga comprida que eu havia vestido.

Me virei para ver quem eram as pessoas que seguravam meus braços,e tive a imagem de Hoseok e Yoongi. Mas assim que eles sentiram algo molhado em meus braços se assustaram. Tinha muito sangue,minha blusa estava encharcada.

 

-Taehyung o que você fez?-Hoseok diz assim que levanta minha blusa.Eu não conseguia chorar,falar nem ao menos me mexer.

 

-Você falou que não ia fazer nada,por que fez isso?-Yoongi falou lembrando das minhas palavras

 

-Eu não acredito nisso.-Jin falou com os olhos inundados pelas lágrimas.-QUE MERDA PASSA NA SUA CABEÇA TAEHYUNG? -Jin gritou fazendo todos se assustarem.-NÓS FALAMOS COM VOCÊ,DIZEMOS QUE ESTÁVAMOS AQUI. MAS PARECE QUE VOCÊ NÃO PENSA EM NINGUÉM,NEM EM VOCÊ MESMO.-Então eu vi inúmeras lágrimas rolarem no rosto de Jin,e percebi que uma solitária também escorregava pelo meu rosto.

 

-VOCÊ NÃO SABE O QUANTO EU JÁ ME IMPORTEI,O QUANTO EU TENTEI ME MANTER FORTE PARA NÃO VER NINGUÉM SOFRER.VOCÊ NÃO SABE O QUE É PARECER UM LIXO QUANDO ESTÁ PERTO DOS OUTROS,POR SE SENTIR FEIO,GORDO E DESLOCADO. NUNCA MAIS DIGA QUE NÃO PENSO NOS OUTROS OU QUE NÃO PENSO EM MIM,PORQUE O TANTO QUE EU ME IMPORTEI COM VOCÊ,O TANTO QUE EU ME SEGUREI PARA NÃO FAZER ALGO COMIGO POR VOCÊ É ALGO INCOMPREENSÍVEL.- Eu saí da casa tão rápido que eles nem ao menos conseguiram me acompanhar com os olhos. Eu sei que acabei de magoar meus amigos,meus únicos amigos.

Mas eu nunca mais vou ter um,até porque tudo acaba hoje.

 

Eu andava em direção à um lugar isolado,onde havia uma ponte. Era um lugar bonito,que foi abandonado. E acho que era exatamente por isso que era bonito.

Eu tinha atravessado a pequena grade que havia de proteção e ia me jogar quando escuto uma voz dizendo "PARE". Então olhei para trás tentando visualizar quem era,e vi o menino baixinho de cabelo platinado que eu já tinha encontrado no shopping .

 

-Eu não te conheço,não sei o que você passou,mas não faça isso.-O platinado desconhecido por mim,disse tentando me impedir.

 

-Eu não quero viver,não quero mais sentir a dor.-Disse com um rosto totalmente sério e sem expressão.

 

-Não faça isso,sei que vai se arrepender. Pode estar tudo desmoronando,mas no final sempre dá certo. Eu não sei o que houve,mas se você fizer isso não vai poder ver tudo melhorando aqui embaixo.-Ele continuou tentando me fazer mudar de ideia.

 

-Eu não sei se as coisas vão melhorar,eu não sei se as pessoas irão me amar,não sei se meus únicos amigos vão me apoiar depois de todas as idiotices que eu falei para eles.

 

-Sei que eles vão te perdoar,e as coisas vão melhorar,eu te garanto isso,só que por favor não se jogue daí.

 

Eu pensei durante o curto período de silêncio,que durou por volta de dois minutos. Pensei que de certa forma as palavras daquele garoto pudessem ser verdades. Então eu saí da  beirada da ponte e logo senti lágrimas voltando a rolarem em meu rosto. Eu caí sentado no chão e senti braços não tão grandes me rodeando.

Eu começo a sentir meu corpo mole,e minha cabeça estava rodando,enquanto minha visão ficava embaçada.

 

-Ei,ei. Você tá bem?-Foi a única coisa que escutei antes de apagar.

 

 

Eu acordei e olhei ao meu redor,era tudo branco,e aquele ambiente tinha um cheiro de álcool e soro. Então percebi que estava em um hospital." Quem me trouxe para cá?",eu ficava me perguntando. Mas assim que a porta da sala branca em que eu estava foi aberta,minhas dúvidas foram esclarecidas. A pessoa que me trouxe até aqui,foi a mesma que me livrou do meu quase suicídio. Então me lembrei do ocorrido e do meu desmaio.

 

-Você acordou. Que bom.-O mais baixo diz se aproximando de mim.

 

-Me desculpe por ter dado tanto trabalho. Não precisa ficar aqui. Muito obrigado.

 

-Não se preocupe com nada. Eu entreguei seu celular para a recepção,eles ligaram para algum conhecido,e disseram que ele já estava a caminho.

 

-Ah sim, obrigado.-Eu agradeço mais uma vez,sabendo que quem viria era Seokjin.

 

-Bom eu não sei qual o seu nome. Pode me dizer?-Ele pergunta sorrindo.

 

-Oh,me desculpe. Sou Kim Taehyung.-Faço uma reverência com a cabeça.

 

-Me chamo Park Jimin.-Ele me responde e eu fico totalmente surpreso.

 

-Você é o Minnie?-Eu pergunto.-O amigo do Jin?

 

-Você conhece o Jinnie?-Eu vejo seus olhos lacrimejando. E eu assinto.-Ele está bem?

 

-Ele está sim.-Eu sorrio e vejo o mesmo fazer uma expressão feliz.

Quando eu ia dizer que quem viria era Jin eu vi a porta sendo aberta rapidamente,tendo em vista meu hyung.

 

-Taehyung o que acon...-Ele parou assim que viu Jimin.-Jiminnie.-Eu reparei lágrimas em seus olhos.

 

-Jinnie.-O Park se levantou encarando o mais velho.

 


Notas Finais


VOLTEI MEUS AMORES.

Como vcs estão? Espero que bem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...