1. Spirit Fanfics >
  2. MoonLight - Fack >
  3. Cap 2 - Sábado tedioso.

História MoonLight - Fack - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 2 - Cap 2 - Sábado tedioso.


Fanfic / Fanfiction MoonLight - Fack - Capítulo 2 - Cap 2 - Sábado tedioso.

   A sexta a feira á noite de Jack não foi nem de longe agradável,seus pensamentos voavam longe, voavam pelas flores do parque e acompanhavam o garoto da venda caminhando pela chuva, o Grazer imaginava tudo, cada detalhe e se sentia péssimo.

  Comprimentou seus pais assim que chegou, ambos estavam na sala assistindo ao jornal, normalmente perguntavam sobre o dia do garoto mas graças aos céus o deixaram subir em silêncio. Pensou em ligar para Jaeden e contar o que tinha acontecido, mas estava completamente envergonhado, se sentia sujo, um verdadeiro monstro.

   Esperar nunca foi o forte de Jack, paciência? Bom ele tinha...não não tinha, as palavras do garoto se repetiam em sua cabeça, e domingo estava longe, sem falar que ele não tinha mencionado um horário.


-Eu me odeio - Disse o Grazer como um sussurro esparramado em sua cama minutos antes de adormecer, a muito tempo Jack não sonhava, às vezes de perguntava qual era o seu problema e porque não poderia ter uma boa noite de sono como uma pessoa comum, mas era uma daquelas interrogações que jamais seria respondida.



    Os Sábados para o garoto não costumavam ser muito animadores, assim que levantou foi imediatamente tomar um banho pois percebeu que dormiu com a roupa molhada, depois arrumou sua cama, pegou o celular e notou as várias mensagens de Jaeden coisas do tipo "Vamos sair amanhã?" "Ei Jack!" 

   Ignorou todas, não por mal, mas sim porque não estava com vontade de conversar com ninguém naquele instante, não tinha deveres de casa, e mais cedo ou mais tarde teria que sair para acabar com o tédio.


-Filho?- Indagou Angela, abrindo a porta do quarto lentamente e dando de cara com o garoto secando seus cabelos - Achei que ainda estava dormindo, ah querido porque não aproveita o sábado para dormir até mais tarde? 


-Gosto de acordar cedo mãe - Respondeu ele com um sorriso fraco, para um adolescente de dezesseis anos aquilo era algo no mínimo peculiar - Acho que vou sair antes do almoço se não se importa.


-Jaeden ligou, ficou preocupado por você não o responder ontem a noite, e Perguntou se queria almoçar na casa dele, pelo o que entendi Wyatt chegou de viagem, você vai? - Perguntou ela,vendo o sorriso alegre se formando nos lábios do filho, apenas por ouvir o nome do amigo, Angela não conseguiu evitar de dar uma risadinha fazendo Jack ficar vermelho - Vai não é?


-Claro! - Exclamou ele, fazia quase 5 meses que não via Wyatt, e estava morrendo de saudades do amigo, por mais que tentasse negar, Jack se sentia muito sozinho sem ele e Jaeden.


-O que houve com seus cotovelos filho? - Indagou a mulher assim que Jack jogou a toalha azul sobre a cabeça, imediatamente o sorriso do garoto se fez e a lembrança da tarde anterior fez seu coração apertar - Caiu de novo? - Ele assentiu sem dizer uma palavra sequer, Jack não costumava esconder nada de sua mãe, sempre contava tudo a mulher, segredos, sentimentos absolutamente tudo, mas não teve coragem de abrir a boca para falar quando ouviu ecoar em seus pensamentos o barulho da lente se partindo contra seu peito.Ela suspirou lhe lançando um olhar de reprovação - Tem que ter mais cuidado, agora vá se arrumar para ver seus amigos sim?


-Pode deixar - respondeu engolindo em seco assim que sua mãe fechou a porta o garoto  respirou aliviado, deixando a toalha pendurada em um cabide. 


  Jack não era do tipo que se vestia de forma chamativa, a maioria de suas roupas tinham tons claros, e simples que deixavam o Grazer com uma aparência "fofa", suas feições eram delicadas e as sardas em seu rosto faziam as pessoas lançar elogios do tipo "você é adorável Grazer" elle não se importava nem sentia vergonha, agradecia da forma mais educada que podia.


   Vestiu o que tinha de mais confortável, pegou seu celular e a carteira que sempre estava vazia, afinal dinheiro não cai do céu ainda mais para um adolescente, e desceu as escadas despedindo-se de seus pais que estavam tomando café.

  A casa de Jaeden ficava apenas a duas quadras de distância e em uma caminhada rápida Jack chegou, vendo ele e Wyatt na varanda,o clima estava frio, e ambos vestiam seus pijamas ainda, o Martell tragava um cigarro enquanto o cacheado ao seu lado fazia uma cara feia.


-É tão bom ver que você vai morrer cedo Jaeden - disse o Grazer ao se aproximar, Wyatt imediatamente abriu um sorriso e levantou para abraçar o amigo - Estava com saudades.


-Eu também,mas uma noite na casa desse idiota e eu já quero me mandar - Falou ele, Jaeden revirou os olhos, os três eram melhores amigos desde a infância, sempre juntos, mas Wyatt costumava viajar bastante com seus seus pais, ficava meses fora. - Vou ter muita coisa para recuperar?


-Já disse para parar de pensar em aula cara, você acabou de voltar e é sábado! - Exclamou o Martell apagando o cigarro pisando no mesmo - Precisamos sair.


-Não - Murmurou Jack de cara Feia.


-Sim! - Exclamou Wyatt alegremente passando a mão pelos cachos loiros que tinham sido cortados e não estavam mais batendo em seu ombro. Jaeden sorriu convencido e o Grazer lhe lançou um olhar raivoso.


Por mais que brigassem e discordassem na maioria das coisas os três sempre se divertiam no final das contas. Almoçaram o que Jaeden não queimou e então se arrumaram,no começo o Martell insistiu para irem ao parque mas depois de muita gritaria, decidiram que iriam ao shopping da cidade.


-Eu não me importaria de ir ao parque- disse Wyatt enquanto subiam pela escada rolante - Você adorava o lugar Jack.


-Ah é Q-que estive lá ontem - Disse ele com certa dificuldade - E já estou enjoando de ir até lá.


-Eu quero ir na loja de instrumentos -Comentou Jaeden, fazendo os dois amigos o olharem estranho - Que foi?


-Cara você não sabe tocar nada - Falou Jack e o Oleff assentir ao seu lado enquanto caminhavam em meio às pessoas carregadas de sacolas de compras - Porque quer ir lá?


-Eu não posso querer aprender a tocar algo!? Acham que está tarde demais para mim? Meus próprios amigos! - Disse ele alto suficiente para fazer os outros dois corarem de vergonha - Você não acreditam no meu potencial e…


-Tá bom tá bom, pode parar, fala a verdade Jae, nós te conhecemos se te derem um violão com uma corda só,você não vai saber pra que serve - Disse Wyatt rindo da situação, era muito comum Jaeden inventar planos idiotas e acabar metendo todos em problemas.


-Talvez eu esteja interessado em uma pessoa da loja - Comentou ele em voz baixa- Não se preocupem eu fiz o dever de casa tudo bem? Sei tudo sobre guitarras, baixos, teclados…


-Na teoria - Acrescentou o Grazer.


-É na teoria, mas mesmo assim posso ficar horas falando sobre instrumentos com essa pessoa, e quem sabe até pegar o número e…


-Ou um fora - Acrescentou Wyatt.


Enquanto os dois discutiam Jack não pode deixar de notar, o viu entrando em uma loja de eletrônicos a passos calmos, não viu seu rosto apenas os cabelos bagunçados e o nó da venda atrás de sua cabeça, com roupas folgadas e escuras, esqueceu totalmente de seus amigos, e foi em direção ao garoto, entrou na mesma loja vendo ele conversando com outro garoto e com um atendente, que lhe mostrava câmeras fotográficas, Jack sentiu novamente um aperto em seu coração enquanto via os dedos do garoto rodendo as câmeras que lhe eram mostradas.


-Fique aqui Finn eu já volto, não irrite os atendentes - Disse o garoto que o acompanhava saindo e passando por Jack.



"Finn…"-Pensou ele- "É um nome legal"


Ele se aproximou devagar, mas com certa urgência, percebeu que Finn sentiu sua presença quando o mesmo soltou a câmera.



-Chosen? - Indagou ele.


-N-não, eh sou o garoto de ontem eu, te vi entrando na loja e pensei em vir perguntar como está e…- Ele planejava toda a conversa em sua mente mas foi interrompido pela voz roupa do garoto.


-Claro claro, estou ótimo! Muito melhor depois que um idiota me atropelou na porra do parque ontem a tarde - Disse ele ríspido, mas Jack ignorou sua grosseria procurando palavras para continuar.


-Vou deixar vocês conversando - Falou o atendente se retirando.


-Olha eu já disse que foi um acidente e já pedi desculpas milhões de vezes, sabe eu fiquei preocupado com você indo embora a noite, e só saberia de você no domingo, porque no domingo? Que horas no domingo? Sei que errei, é um milagre eu estar vendo você aqui pode ser no mínimo um pouco educado? - Esse é um daquele momentos em que Jack fala tão rápido que perde o Fôlego quando acaba, e foi isso que aconteceu. O silêncio pairou entre ambos, mas logo foi preenchido por um adorável…


-Não - De Finn que sorriu sínico- Lamento mas educação não é o meu forte.


-Quer saber? Eu não ligo, eu tentei tá legal! - Exclamou o Grazer dando de costas e andando até a saída da loja, Finn suspirou fundo, ele mesmo sabia que às vezes era estúpido a um nível gigante, e sabia que o garoto só estava tentando se desculpar.


-Ei - Chamou ele antes que Jack saísse pela porta, lutou contra seu próprio orgulho para dizer aquilo, Finn não queria novos amigos, não queria pessoas novas perto de si, pois tinha medo de que o magoassem , mas prometeu a Chosen que tentaria ser mais... legal? Simpático? Menos babaca? - As sete é meia, no domingo.


-O que você disse? - perguntou Jack incrédulo e aí mesmo tempo sorridente.


-Não me faça repetir seu idiota! - Exclamou Finn, Jack soltou uma risada baixa e então saiu da loja ao mesmo tempo que Chosen voltava.


-Já escolheu alguma Finn? - Indagou ele segurando o braço do amigo que negou com a cabeça.


-Só me leve para casa...




Se Jack pudesse voltar no tempo,as sete e meia não existiriam


Notas Finais


Gostaram? O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...