1. Spirit Fanfics >
  2. Moonlight - Jikook >
  3. Two

História Moonlight - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


🌕🖤

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction Moonlight - Jikook - Capítulo 2 - Two

//Pov Jungkook//

Senti um leve toque no ombro, já foi o suficiente pra eu me afastar rapidamente, parece que estou sempre tenso, só relaxo quando fumo o meu cigarro. 

- Oi - Ele tentou segurar o riso ao ver minha reação - Sou..

- Jimin, eu sei. Aliás, eu percebi que vc estava me olhando durante a aula. 

Ele me olhou chocado e começou a aparecer um rubor em suas bochechas, não iria demorar muito pra ficar completamente vermelho. -

-C-Como. Vc..

-Pude ver vc através do reflexo da minha faca, que estava dentro do estojo. Ela é nova, por isso é como um espelho. 

Ele me olhou incrédulo. Deve estar pensando sobre que tipo de pessoa levaria uma faca afiada pra escola. Bom, já sabemos. Não, é? 

- Mas pra quê levar uma fa.. - O prendo na parede do lado de dentro da sala, tampando sua boca, não com muita força a ponto de machucá-lo, mas o suficiente pra que não saíssem mais palavras. 

- Shh..  - Coloco o indicador da outra mão próximo à boca, indicando pra ele ficar quieto. 

- Fale baixo, as pessoas podem pensar de forma errada. 

- Hm.. Jeon, vc está me apertando 

Ao perceber que estou maravilhosamente grudado ao seu corpo, vendo o suor de nervoso de Jimin escorrendo pela testa, e ele com aquela carinha de assustado.. Aquela cena era deliciosa de se ver. Senti como se quisesse devorá-lo naquele instante só por ter visto sua reação. 

Eu relutante, tiro minha mão de sua boca e o olho nos olhos, querendo que ele fugisse, fugisse e nunca mais me olhasse, era melhor do que eu acabar virando seu amigo e machucá-lo profundamente depois. 

- Estou esperando - Jimin parecia mais calmo.

O olho como se estivesse um ponto de interrogação enorme na minha testa, tentando assimilar ainda a situação. Qualquer pessoa normal já teria corrido até o último andar e falado com o diretor ou até mesmo ligado pra polícia. 

- Por que quer tanto saber ao invés de sair correndo como um animal indefeso? 

- Por que vejo que vc não é uma pessoa ruim, percebi ao olhar nos seus olhos - Ele se aproxima a passos lentos.

Como é ingênuo.. 

- Bom.. - Digo dando passos pra trás conforme ele ia se aproximando - Eu uso a faca somente pra afiar a ponta do meu lápis. 

- É.. O que eu pensei, mas não precisava tampar minha boca daquele jeito. 

- Foi o único método que achei viável... - Mentira. Mas não iria beijá-lo pra me aproveitar de sua fraqueza por mim, não sou tão monstro assim. 

- Certo, já se passou metade do intervalo e não cumpri minha responsabilidade. 

- Relaxa, pelo que vi, vc é o xodózinho dos professores, ele irá te perdoar. 

- N-Nada disso!! - Pega minha mão e corre pelos corredores comigo me apresentando cada local. 

❉No outro prédio próximo à faculdade❉

- E aqui estamos - Inclinou sua mão em direção a porta, esperando que eu a abrisse.

- É melhor do que o meu quarto.

-Este agora é o seu quarto, esqueça do anterior, Ah, e já ia me esquecendo 

-O que? 

//Pov Jimin// 

Lhe dou uma caixinha vermelha de camurça. 

- Já está me pedindo em casamento?

-Não, isso é um presente pros calouros - Eu começo a rir, sinto minhas bochechas queimarem novamente.

Ele pareceu gostar quando a abriu, eu pego a pulseira que tinha dentro, e gentilmente a coloco em seu pulso, encostando nos seus dedos uma vez ou outra. 

- Jimin.. Por que está sendo tão legal comigo? - Era realmente uma dúvida, já que ninguém me tratava bem desse jeito a muito tempo. 

-Eu.. - Jimin olha nos meus olhos, ficando um tempo me encarando, ele olhava cada traço do meu rosto, cada defeito que eu achava que tinha, cada detalhe.. Era como se quisesse descobrir todos os meus segredos com um simples olhar. 

- Este é o meu trabalho, recepcionar e auxiliar os alunos novos. Mas confesso que gostei de vc.

Meu coração bateu forte, não entendo os sinais do meu próprio corpo, que fará algum sentimento que eu achava, lá no fundo, que eu não tinha. 

- Bom.. Obrigado, de qualquer forma - sorri levemente - Vc merece estar neste cargo. 

Ele rubra novamente, acenando e  fechando a porta. 

Eu ainda tinha alguns minutos antes de acabar o intervalo, então me deitei na cama, aos poucos meus olhos foram ficando pesados sobre aquela cama confortável, com lençóis de seda, era tão macio quanto a pele de Jimin, fiquei pensando nele, até adormecer sem nem ligar pro restante das aulas que eu teria. 

<Primeiro erro: Faltei aula no primeiro dia, quebrando a regra de ser um aluno bonzinho e discreto.

<Segundo erro: Me deixei levar por um adolescente, tão ingênuo quanto uma criança, e agora ele não saía da minha mente, e agora eu precisava arrumar um jeito de afastá-lo.



//Pov Jimin//

Após o término das aulas, achei que Jungkook estaria se sentindo mal, pois não voltou. Resolvi ir procurá-lo, claro, como um bom representante de turma, tenho que cuidar dos meu colegas, não há nada além disso.

Abri a porta devagar, vendo Jungkook dormindo como um bebê. Ele era tão frio as vezes, mas com um rosto e um corpo tão angelical que parecia que foi esculpido por Michelangelo. 

- Jeon.. - Acariciei seus cabelos.

Ele abriu os olhos devagar, ao me ver, deu-me um sorriso. 

-Por que está aqui? 

-O professor nos deu um trabalho pra fazermos juntos. 

- E por quê não veio falar comigo amanhã então? 

Ok, dessa vez não pude fugir.

- Fiquei preocupado - Admiti, um pouco nervoso. 

-Jimin.. Acho que vc está criando expectativas demais por mim - Coloco as mãos nos olhos tentando ainda afastar o sono - Eu não sou o tipo de pessoa.. Que vc vai querer ter por perto, vai por mim. 

- E por que não seria? 

- Jimin, obrigado pela preocupação, mas vc precisa voltar pro seu quarto. 

-Mas..

Eu realmente queria saber mais sobre ele, isso tava se tornando um vício, logo no primeiro dia.

Jungkook se levantou, e apoiou-se na cama, nossos rostos agora estavam da mesma altura e ele olhava fixamente pros meus olhos e então ia abaixando pra minha boca. 

- Eu disse.. -Ele lambe os lábios devagar - Que você não vai querer me conhecer a fundo. 

- D-Desculpe, mas não consigo mais ficar longe de vc. 

-JIMIN, nos conhecemos hoje!! 

- E-Eu sinto.. - Estava tudo preso dentro de mim, eu queria chorar, mas não saía lágrima alguma. 

- O que?! O que você sente?! - Diz aproximando ainda mais o rosto do meu. 

- Que q-quero você! 

Ele se levanta, ao virar a cabeça pra ver as horas, ele tira seu moletom ficando somente com sua blusa preta, indo pra cima de mim novamente. Virando a cabeça devagar pro lado, me observando. 

- Se eu te der o que você quer, vai parar de falar comigo? 

Balanço a cabeça positivamente, afim de que ele acabasse logo com a minha vontade enorme de beijá-lo, de tocá-lo. Aquilo era um sofrimento pra mim. 

Jungkook se inclina mais, fazendo com que eu deite na cama.

E os lábios foram lentamente se aproximando, até que eles se unem, e Jimin, ao sentir a doçura e maciez daquela boca perfeitamente avermelhada, retribuiu, chupando e mordendo-a, como se fossem os doces mais gostosos do mundo, Jungkook pediu passagem com a língua, eu deixei o fazendo se aproveitar de minha boca por completo, e que língua habilidosa, as duas se encontravam de uma forma quente e profunda, me fazendo suspirar algumas vezes, me fazendo perder a cabeça. Jungkook, sem dúvida, me deixava sem chão. Meu coração estava tão acelerado, que eu não sabia se era o calor do momento ou se eu estava sentindo.. Algo a mais? Talvez, só talvez, eu esteja começando a me apaixonar por ele. 


Notas Finais


Não estava previsto ter beijo logo no segundo capitulo, mas não me segureiKKKKKK
🌕🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...