História Moonlight - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela e a Fera
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Exo
Visualizações 36
Palavras 770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola galerinhaaaa, estou aqui com mais uma fic, na verdade essa será minha primeira fic aqui no Sipirt, estou animada pra escrever aqui, espero que todos gostem... boa leitura

Capítulo 1 - Chapter One


Enfim malas arrumadas e tudo acertado. Estou partindo do Brasil para Seul com a Lorrayne. Ela é minha irmã mais velha. Eu me chamo Lua e somos filhas de um CEO da Samsung. Brasileiras, Lorrayne com 22 anos e eu com 20; Lôh é morena de cabelos longos e negros com as pontas azuis, olhos cor de âmbar - herança da nossa avó. Já eu sou branca dos olhos verdes, meus cabelos também são negros, mas com pontas vermelhas. Estamos saindo do país para recomeçar, pois, após a morte de nossa mãe, nosso pai se afundou no trabalho nos deixando meio a vontade demais e com isso fizemos umas pequenas burradas. Lôh está grávida de 8 meses de um panaca que se diz amigo da família. Ele se aproveitou disso e de uma fraqueza dela para a embebedar e a engravidar. Ela não se arrepende de querer ter o bebê, só se arrepende do progenitor. E eu larguei a faculdade por um ano por conta de farras, mas com a situação da Lôh, tomei vergonha na cara e terminei a faculdade. A única coisa que nosso pai fez de bom foi conseguir uma vaga de emprego em Seul - dentro da Samsung de lá. Nesse momento estamos chegando no aeroporto. Lôh está tão animada quanto eu, afinal, sair de perto do traste fará bem a ela. Essa viagem será nossa carta de liberdade...

•••

Em qualquer canto de Seul, um grupo de amigos está saindo do trabalho...

— Então, partiu uma cerveja? – disse Jimin – Merecemos, hoje tudo estava um saco nesse stúdio. Esse povo vem com uns desenhos rídiculos pra serem tatuados e ainda reclamam que dói!

— Você tá precisando transar, Jimin. – me pronunciei – Teu mal é falta de foda! Por que você não faz igual ao Sehun que come quieto? Por isso não reclama de nada.

— Não como quieto, eu namoro! – Sehun rebateu – Ao contrário de vocês dois que não param com ninguém.

— Santa Angélica te salvou, porque você também vivia essa vida “perdida” – o baixinho fez aspas com os dedos, fazendo Sehun e eu rirmos da situação.

Chegamos à uma lanchonete que de dia serve só café e agora á noite serve de tudo, além de ter musica ao vivo. É um bom lugar.

Não me apresentei né?!Sou Park Chanyeol, tenho 25 anos. Jimin e Sehun são meus amigos de infância. Sehun com 24 anos e Jimin com 23 – nosso Maknae, porém tem horas que parece o hyung do grupo. Vivemos uma vida leve; sou formado em artes e cultura, enquanto eles estão terminando a faculdade. Jimin faz desenho e Sehun administração. Este último namora a Angélica tem cerca de um ano. Desde então mudou bastante: se tornou mais alegre e menos irresponsável. Angélica é brasileira e tem 22 anos; se mudou para cá tem 3 anos. Ela trabalha na Samsung - seu pai é CEO do lugar. Geralmente ela fica com a gente todas as noites, mas, hoje ela está com o pai arrumando o apartamento para umas meninas que estão vindo do Brasil trabalhar aqui. Ela disse que não conhece as tais meninas e que mal recebeu uma foto das mesmas, além de apenas saber que uma está grávida.

Entramos na cafeteria e pedimos uma cerveja. A atendente - que tá mais vestida de vadia do que atendente - quase esfrega os peitos na cara do Hunie, perguntando se queremos algo a mais. Respondemos que não em uníssono e ela sai, nos deixando a esperar que volte com as cervas geladas.

•••

Aeroporto - Brasil

— Eu tô com fome e o Ryan não para de mexer! Ele ta agitado... – Lôh diz, olhando sua barriga que está nesse momento, fazendo movimentos levemente ondulares.

— Você tá agitada e sempre com fome. – Falei, me levantando – Espera aqui, vou buscar um lanche no Burguer King pra nós. Fica de olho que já já temos que embarcar.

Saio de perto dela indo em direção ao BK. Faço dois pedidos; espero e volto pra perto dela, lhe entregando seu lanche e ela sorri. Mas seu sorriso logo se fecha, pois, assim que vai começar a comer nosso vôo é anunciado. Nos direcionamos ao salão de embarque; entregamos as passagens e vamos direto para o avião.Nos sentamos na primeira classe – eu no canto e Lôh na ponta, já que ela faz xixi de 5 em 5 minutos ultimamente. Comemos os lanches enquanto o avião decola e logo o sono bate, afinal são 11 horas de viagem. Lôh apaga ao meu lado, deitando sua cabeça em meu ombro e logo começo a cochilar também. Acabo entrando em um sono profundo, enquanto sobrevoamos o oceano em direção a Coréia.


Notas Finais


Espero muito que tenham gostado desse inicio, ainda essa semana eu posto mais um cap pra vocês

Beijinhos pra vocês docinhos 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...